Nutricionista dá dicas de como preparar ceia de Natal mais light e saudável - Diário do Vale
segunda-feira, 27 de setembro de 2021 - 03:53 h

TEMPO REAL

 

Capa / Saúde / Nutricionista dá dicas de como preparar ceia de Natal mais light e saudável

Nutricionista dá dicas de como preparar ceia de Natal mais light e saudável

Matéria publicada em 15 de dezembro de 2020, 12:52 horas

 


Nutricionista recomenda não exagerar na quantidade, se atentando ao tamanho das porções e opções que levem menos gorduras – Foto: Arquivo.

Volta Redonda- Este ano devido a pandemia do coronavírus, a confraternização do Natal e Ano Novo com certeza vai ser num clima totalmente diferente dos anos anteriores.

E como muita gente devido ao isolamento social ficaram meses confinadas em casa sem atividade física e ganhando peso, é bom pensar em preparar uma ceia de Natal menos calórica para este ano.

Segundo a nutricionista Marcella Tamiozzo, o ideal é não exagerar na quantidade, se atentando ao tamanho das porções, além de optar por preparações que levem menos gorduras e açúcares.

A especialista recomenda a quem for preparar a ceia natalina que utilize as oleaginosas misturadas no arroz (são bem calóricas, e isso evita que sejam consumidas em grande quantidade). Outra dica é retirar a pele das aves e as gordurinhas das carnes; evite acrescentar bacon e embutidos na farofa, substituindo-os por cenoura raladinha, damasco e oleaginosas; capriche nas saladas; evite bebidas alcoólicas; faça uma mesa de frutas ao invés de doces e beba bastante água.

– Existem receitas lights que são gostosas e não tem custos tão elevados, como por exemplo maionese de couve-flor e salpicão de legumes utilizando maionese light, lasanha de berinjela, se o peru e o chester não couberem no bolso, substitua-os por frango assado e incremente com molhos como abacaxi ou laranja, rocambole de carne moída também é uma boa opção. As saladas de folhas e salada caesar também são deliciosas, baratas e possuem baixo valor calórico. Para beber, pode ser feita uma jarra de água saborizada com fatias de morangos, kiwi, laranja ou limão. Pode inclusive usar a água com gás saborizada em substituição ao refrigerante – destacou.

Para quem precisa manter o controle do colesterol, o alho é um bom aliado, ressalta a nutricionista Marcella.

– Acrescentar pedaços de alho no vidro do azeite é uma boa! Aumentar as fibras na alimentação também ajuda na redução do colesterol, então invista em saladas com legumes e verduras crus temperados com este azeite. A utilização de ervas naturais como orégano, manjericão, tomilho, coentro, salsinha, cebolinha, açafrão, também melhoram o sabor dos alimentos deixando-os mais atrativos – sugeriu.

E para quem não consegue ficar sem uma sobremesa, a nutricionista explica que não tem nada melhor que uma bela salada de frutas da época. “Pode ser feita também uma gelatina diet com pedacinhos de frutas ou uma musse de cacau com creme de leite light”, ressalta.

Em relação as carnes, a nutricionista Marcella lembrou que até as carnes dessa época como chester, peru, pernil, podem ser substituídas por frango e carne moída utilizada em alguma preparação como lasanha de berinjela e rocambole de carne.

 

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Artigo interessante, irei até retornar ao seu site com mais
    frequência, para mais artigos como estes. Obrigado. 🙂

Untitled Document