segunda-feira, 17 de junho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / O admirável mundo novo de Huxley

O admirável mundo novo de Huxley

Matéria publicada em 10 de junho de 2019, 08:00 horas

 


Clássico de 1932 critica a busca pela eficiência do capitalismo

Alguns dos maiores clássicos da ficção científica nunca perdem a atualidade. É o caso do romance “Admirável mundo novo” de Aldous Huxley, escrito em 1931. Há algumas semanas o livro estava na lista dos mais lidos, aí ao lado. Disputando o lugar com os best-sellers sobre auto-ajuda e os livros dos blogueiros da moda. O que mostra a atualidade da obra de Huxley. Huxley usa a ficção científica para criticar o mito da eficiência e do progresso a qualquer custo da sociedade capitalista. Curiosamente, o único livro de ficção tão popular quanto o “Admirável mundo novo” é o “1984” do George Orwell. Que usa a ficção para criticar o socialismo soviético da era Stalin.

A trama de Huxley se passa no ano 2540 do calendário gregoriano, ou no ano 632 DF (Depois de Ford, a sociedade do futuro idolatra Henry Ford, o criador da linha de montagem). Neste mundo perfeito pais e mães são figuras obsoletas. As pessoas são criadas em provetas e se desenvolvem dentro de úteros artificiais. Geneticamente programadas para a função que vão desempenhar na sociedade. Os Alfas são a classe dominante, com inteligência superior determinada desde a concepção.

Não existem mais guerras nem países. Apenas regiões governadas por um administrador. Mustafá Mond é o Controlador Residente da Europa Ocidental. Os personagens principais são o casal Bernard e Lenina. Ele é um psicólogo que desaprova os modos que o governo usa para manter a paz social. Que incluem o consumo de uma droga, chamada soma, que deixa as pessoas felizes e conformadas.

Durante uma visita a uma região selvagem eles encontram John. Um rapaz que nasceu de parto natural e foi educado lendo os romances de Shakespeare. John ainda acredita no amor romântico num mundo onde o sexo livre e sem compromisso é a norma. Bernard e Lenina levam John para a Londres do futuro e provocam uma tremenda confusão. O livro esta disponível no Brasil numa tradução da editora Azul. Ele inspirou uma ótima serie de tv, com o ator Keir Dullea do filme “2001”. Que infelizmente não esta disponível em DVD por aqui.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document