quarta-feira, 16 de junho de 2021 - 15:00 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Ônibus voltam a circular em Barra Mansa

Ônibus voltam a circular em Barra Mansa

Matéria publicada em 18 de março de 2021, 07:55 horas

 


Nova reunião, nesta quinta-feira, discute alternativas para o pagamento dos 40% referentes ao salários de fevereiro que estão em aberto

Barra Mansa – A paralisação dos rodoviários da Triecon de Barra Mansa Construções LTDA, concessionária de linhas de ônibus que atendem ao município, foi encerrada na noite desta quarta-feira, 17, mesmo sem um acordo, com relação ao pagamento dos 40% referentes ao salário de fevereiro. A categoria e empresas não chegaram a um consenso com relação a forma de pagamento desse percentual.

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Sul Fluminense, Raimundo Silva, as duas propostas apresentadas – uma por parte dos trabalhadores e outra por parte das empresas – foram recusadas. O assunto volta a ser discutido na manhã desta quinta-feira, 18, pela Comissão de Salário, composta pelos sindicatos, representantes do Ministério do Trabalho e prefeitura.

Propostas 

Pela proposta do Sindpass (Sindicato das Empresas de Transporte do Sul Fluminense), o pagamento do percentual em aberto referente ao salário de fevereiro seria pago em  quatro parcelas, sendo 10% do valor, a cada dez dias, com o primeiro vencimento em 30 de março. Esta proposta, no entanto, foi recusada pela categoria que apresentou a alternativa de pagamento em duas parcelas, sendo 20%, na sexta-feira, dia 19, e o restante na sexta-feira, dia 26 de março, que também foi recusada pelo sindicato patronal.

As discussões foram acompanhadas pela Procuradoria Geral do Município, César Catapreta. Uma das reivindicações das empresas de ônibus para sair da crise é a revisão das tarifas, apontado como um dos fatores da crise que atinge o setor, agravada com a queda de passageiros devido á pandemia, reajustes seguidos do óleo diesel – um dos seus principais insumos, e aumento do transporte clandestino por aplicativos.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Os empresários não sabem fazer gestão. Estão acostumados a receber apoio do poder público para aumentar as tarifas sempre que precisam de mais dinheiro.

  2. Os Empresários do setor de transporte coletivo de passageiros querem é se livrar do congelamento das passagens impostas pela justiça. Para quem não se lembra, foi no processo onde o pai de um determinado governador, que está preso, comandava um cartel das empresas de ônibus e comprava até sentença
    para aumentar absurdamente as tarifas de ônibus.

Untitled Document