sábado, 22 de setembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Operação em Angra dos Reis prende 24 pessoas e revista 8 mil pessoas e veículos

Operação em Angra dos Reis prende 24 pessoas e revista 8 mil pessoas e veículos

Matéria publicada em 14 de setembro de 2018, 11:09 horas

 


Operação do Exército prende 24 pessoas em Angra dos Reis (crédito Divulgação)

Angra dos Reis – As Forças Armadas já prenderam 24 pessoas em uma operação realizada em oito comunidades de Angra dos Reis. A ação, que faz parte das medidas da intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro, começou na manhã de ontem (13) e se estendeu por toda a noite e madrugada. Oito mil pessoas e veículos foram revistados nos dois dias de operação, iniciada há dois dias.

Além das prisões, os militares apreenderam uma pistola, três espingardas e cinco granadas, além de munição e drogas. Um corpo foi encontrado ontem na comunidade de Sapinhatuba II. Segundo o Comando Conjunto das Forças Armadas, a vítima foi morta durante um confronto entre facções rivais na noite de quarta-feira (12).

Ainda de acordo com o Comando Conjunto, não foram registrados confrontos entre criminosos e militares. A ação conta com o apoio das polícias Civil e Militar.

9 comentários

  1. indignado Costa Verde

    Parabéns exercito tive passando pela rio x santos e esta muito melhor do que antes, segurança para o povo sofrido, Vamos la forças armada combater esses bandidos ele são valentões com o povo desarmado quero ver com chumbo no lombo eles correm…..

  2. Mato nenhum bandido?
    Tá só perdendo tempo

  3. Nenhum pro tombo ?

  4. Revistas dos moradores: é isso que venho defendendo sempre por aqui.

    Se Angra chegou a essa bandidagem toda é justamente por falta de fazer revistas dos moradores nas comunidades. Façam isso, por apenas dois dias seguidos, a cada vez que apreenderem drogas.

    Incomodem os moradores que eles os próprios expulsarão os bandidos naturalmente. A justiça nem precisa se locomover, bastando apenas bloquear as entradas.

    E avisem os moradores: se encontrarem drogas novamente haverá novo bloqueio com revistas a todos.

    A mesma tática se aplica à VR.

    • EDMUR FERREIRA DA SILVA

      Os bandidos passam longe da revista. Se internam dentro de casa e saem em dois ou três dias quando a força for embora. Pegam um ou outro desavisado que ser a solto logo.

    • Tem de incomodar os moradores e deixá-los de saco cheio de tantas revistas que eles próprios se livram dos bandidos.

  5. Dois dias de operação e nenhum fuzil apreendido. sinal de que esta a operação já é um fracasso.
    Intervenção ou enganação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document