domingo, 25 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Padaria Escolar de Pinheiral forma seis turmas em curso de panificação

Padaria Escolar de Pinheiral forma seis turmas em curso de panificação

Matéria publicada em 23 de julho de 2019, 10:34 horas

 


Mais de 30 pessoas foram beneficiadas com a qualificação profissional

O curso dá oportunidade dos alunos incrementarem seus currículos para o mercado de trabalho
(Foto: Prefeitura Municipal de Pinheiral)

Pinheiral – A Padaria Escolar de Pinheiral entregou certificados de conclusão do curso de Panificação para seis turmas, que eram compostas por alunos da rede municipal e por pessoas da comunidade, neste último final de semana, no auditório da Prefeitura Municipal. As entregas foram realizadas pela vice-prefeita e secretária de Educação, Sediene Maia dos Santos, e pelo secretário municipal de Educação, Souza Júnior.

O curso de Panificação conta com aulas presenciais, que abordam disciplinas teóricas e práticas, onde os alunos devem cumprir a carga horária de 30 horas. A matriz curricular é composta por disciplinas como: Matemática, Projeto de Desenvolvimento em Panificação, Nutrição, entre outras.

Até ano passado, o curso era aberto somente para alunos das redes estaduais e municipais, já neste ano além dos alunos, os participantes também foram pessoas da comunidade com perfil de situação de vulnerabilidade, risco e exclusão social.

O secretário municipal de Educação, Fernando Antônio Cabral de Souza Júnior, comentou que todos os alimentos produzidos no curso são voltados para os alunos das escolas da cidade.

– A gente ensina eles a produzirem diferentes tipos de biscoitos e pães à base de leite. Tudo o que utilizamos na Padaria Escolar são alimentos utilizados dentro das escolas. Dessa forma, nós direcionamos alguns desses insumos para a padaria com o intuito de aumentar a produção e atender as escolas a partir disso, destinando tudo para os alunos da rede – explicou o secretário.

Para Cristiane Lúcia Roberto, de 39 anos, aluna do curso de panificação, disse que o curso dá muitas possibilidades pessoais e profissionais.

– Decidi fazer o curso porque atualmente trabalho em uma padaria e vejo uma necessidade de ter um padeiro, além de pensar em abrir meu próprio negócio. A criação do curso é uma iniciativa muito boa para ter uma nova oportunidade de crescimento e também ajudar nossos amigos e familiares. No meu caso, há instituições na igreja que faço parte onde saímos para distribuir sopões. Então o curso possibilita que eu faça pães e biscoitos e leve para essas pessoas, complementando a ação – afirmou a aluna.

Já o secretário municipal de Educação, concluiu que a proposta do curso é promover inclusão de pessoas e gerar uma nova perspectiva de vida.

– É uma nova opção para que essas pessoas não entrem no mundo das drogas e da criminalidade, não podendo deixar de destacar que se trata de uma ação empreendedora. Para essa turma em específico, nós conseguimos incluir a parte de ação empreendedora nas aulas para que os alunos possam aprender a fazer os pães e biscoitos e utilizar isso para a comercialização, gerando emprego e renda que não necessita de carteira assinada. Essa é uma medida que vamos buscar manter no curso – concluiu Fernando Antônio.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document