Parlamento da Catalunha aprova referendo separatista e governo espanhol recorre - Diário do Vale
quinta-feira, 23 de setembro de 2021 - 09:47 h

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / Parlamento da Catalunha aprova referendo separatista e governo espanhol recorre

Parlamento da Catalunha aprova referendo separatista e governo espanhol recorre

Matéria publicada em 7 de setembro de 2017, 14:22 horas

 


Barcelona – O Parlamento da Catalunha, com maioria favorável à independência da região, aprovou nesta quarta-feira uma lei para amparar o referendo separatista previsto para ocorrer no próximo dia 1º de outubro. A informação é da agência EFE.

O promotor-geral de Estado da Espanha, José Manuel Maza, afirmou hoje que vai abrir uma disputa judicial governo da Catalunha devido à decisão.

O Conselho de Estado, convocado pelo presidente de governo, Mariano Rajoy, apoiou o recurso do governo espanhol contra esta medida no Tribunal Constitucional (TC). Esta disputa se somará à anunciada ontem contra os membros da Mesa do Parlamento da Catalunha, que permitiram a tramitação da lei de referendo, convocado para o dia 1 de outubro.

O governo também recorrerá contra o decreto de convocação do referendo e as normas complementares para sua realização, bem como a resolução do Parlamento catalão designa os cinco membros da Junta Eleitoral.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Eles estão malucos como os separatistas do sul querendo se separar do resto do Brasil.

    Além de malucos estão é loucos da cabeça em sair de um REINADO para a REPÚBLICA como os idiotas do Brasil em 15 de novembro de 1889 que desde então só nos fez mais POBRES e com governantes ladrões até hoje e ainda por muito mais tempo.

    Se cada brasileiro procurasse saber o quanto éramos RICOS e respeitados no mundo inteiro arregaçava a manga para voltarmos a ser um BRASIL IMPERIAL.

    Diga-se de passagem que o movimento está crescendo. Neste ano já dobrou as manifestações da volta á monarquia em todos os estados.

    • الفتح - الوغد

      Vou ter que concordar contigo. A república nunca deu certo aqui, nos nascemos do império e a ele devemos retornar, por questões de respeito, ordem, civismo… O rei é difícil de ser deposto, então acabarão os ardis e tramóias que fomentam favorecimentos a empresas e indivíduos. Episódios de corrupção na busca desenfreada pelo poder tendem a diminuir para a escala municipal ou estadual (provincial?), e mesmo assim sendo apenas resquícios do que são atualmente… O rei, com seu poder moderador, teria maior autonomia para atacar questões ligadas à violência urbana: nas monarquias atuais, mesmo nos países não desenvolvidos, os índices são bem menores que nas repúblicas…

      Um rei é dono da casa e deve lealdade a ela. Um presidente apenas é contratado para administrá-la por um tempo… Quem vai cuidar melhor dela?…

    • Aparecem alguns criticando o movimento por não concordarem em sustentar uma família real, mas não conseguem justificar o sustento dos ex-presidentes vivos (mais de 3 milhões por ano com muitas regalias) sem contar que temos de sustentar quadrilhas de bandidos inteiras a cada governo que entra. Só o Geddel estava levando 51 milhões de uma vez só.

      Sustento próprio da família real no Brasil atualmente não deve passar de 10 mil por mês.

Untitled Document