>
domingo, 7 de agosto de 2022 - 18:23 h

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Patrulha de Proteção ao Idoso agiliza atendimentos e reforça segurança à Melhor Idade

Patrulha de Proteção ao Idoso agiliza atendimentos e reforça segurança à Melhor Idade

Matéria publicada em 6 de julho de 2022, 14:58 horas

 


Serviço recém-criado atua em conjunto com o Núcleo de Atendimento ao Idoso (NUAI), que funciona nas dependências da 93ª Delegacia de Polícia Civil (DP)

Volta Redonda – A Patrulha de Proteção ao Idoso de Volta Redonda já mostra resultados positivos. Criada no último dia 15 pela prefeitura, a força-tarefa especializada na proteção aos idosos da cidade atua dando maior agilidade nos atendimentos às ocorrências e no reforço à segurança da Melhor Idade. A patrulha atua em conjunto com o Núcleo de Atendimento ao Idoso (NUAI), que funciona nas dependências da 93ª Delegacia de Polícia Civil (DP), no bairro Aterrado.

Entre as supostas irregularidades registradas durante o período de atuação da patrulha estiveram: violação do direito à saúde; crime de lesão corporal; ameaças, sendo uma delas com arma branca; abandono material e maus-tratos. Todos os casos estão sendo investigados pela Polícia Civil. Em um deles, uma mulher suspeita de ameaça foi intimada pela equipe da Patrulha de Proteção ao Idoso para ser ouvida pelas autoridades.

“É a construção de um novo serviço. Semelhante ao que ocorreu com a Patrulha Maria da Penha, ele ainda está em processo de adequação. Os casos que estão surgindo estão sendo atendidos com sucesso, e como o volume ainda é pequeno, porque é um serviço novo, nós estamos indo naqueles casos antigos. A autoridade policial está verificando todos os processos que envolvem idosos para dar mais agilidade através da patrulha”, disse o secretário municipal de Ordem Pública, tenente-coronel Luiz Henrique Monteiro Barbosa.

Após o registro da ocorrência, a vítima é atendida pelo Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas) e pela equipe da patrulha que segue a acompanhando, também presencialmente, a fim de que os direitos da pessoa idosa possam ser efetivamente garantidos, completando a rede de proteção.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document