>
sexta-feira, 27 de maio de 2022 - 06:25 h

TEMPO REAL

 

Capa / Pergunte ao candidato / ‘Pergunte ao Candidato’: Claudio Manes (PSDB) prega governo independente para administrar Barra Mansa

‘Pergunte ao Candidato’: Claudio Manes (PSDB) prega governo independente para administrar Barra Mansa

Matéria publicada em 17 de setembro de 2016, 11:29 horas

 


Candidato à prefeitura pelo PSDB respondeu perguntas de internautas feitas através do Facebook

dsc00125

Plano de governo: Manes aposta em governo independente com responsabilidade administrativa (Foto: Franciele Bueno)

Volta Redonda – O candidato a prefeito em Barra Mansa, Claudio Manes (PSDB), participou na manhã deste sábado (17) do “Pergunte ao Candidato” na redação do DIÁRIO DO VALE. Manes respondeu aos internautas e apresentou suas propostas de governo. O candidato frisou a importância de se colocar como “independente”, como chamou, e sem alianças com políticos para governar a cidade. Ele destacou que se eleito pretende promover uma gestão técnica, com pessoas capacitadas e não feita por apadrinhados políticos. A entrevista foi transmitida ao vivo pelo Facebook e está disponível nas redes sociais do jornal.

Neste domingo, dia 18, é a vez do candidato a prefeito em Pinheiral José Augusto Cardoso (PHS).

A seguir, a transcrição das respostas adaptada à linguagem do jornalismo impresso.

Internauta – Considerando a grave crise que passa a prefeitura de Barra Mansa, o senhor já fez uma análise nas contas da prefeitura para confirmar a viabilidade de seus projetos levando em conta as condições financeiras da prefeitura? Sabendo que estado e governo federal também não tem verbas disponíveis, como viabilizar novos projetos?

Claudio Manes – O importante é entender que a crise econômica existe, é um fato, do governo Estadual, Federal. O Estado realmente está em uma situação de falência e justamente por isso, nós procuramos conhecer os números sim, os números são voláteis, na verdade, a cada dia o que se percebe cresce ainda mais o passivo da prefeitura municipal e o que precisamos fazer é, justamente, aproveitar as verbas legais, verbas carimbadas, verbas já existentes. E aí sim, gastando bem, com transparência, rever todos os contratos com fornecedores, oxigenando o grupo de fornecedores, qualificados e que sejam ainda melhores, evidentemente nós precisamos ganhar em qualidade e implementar descontos, por que não? Hoje nós vemos contratos que estão um pouco acima do valor de mercado, até porque por conta da crise também, principalmente quando se trata de serviço. Tem de serem revistos estes valores, estudar o que é o passivo, auditar, aí sim congelar esse passivo durante dois meses para que possamos conversar novamente com os credores, e a partir de então com os fornecedores novos, com mais qualidade eu repito, sobrar recursos e esses recursos sim, serem investidos nas questões básicas e essenciais que são a Saúde, Educação, Segurança Pública, Saneamento Básico, tudo isso nós precisamos ver em Barra Mansa. Não tem aqui grandes promessas, mas o que a gente precisa cuidar é de uma cidade que se torne melhor ainda aos jovens, criar condições de mais empregos atraindo novas empresas. Mas ainda falando dos recursos, têm quadras de esporte em situação de abandono, outras não foram concluídas ainda. Entender toda essa questão, o importante é o seguinte que não tem dinheiro, não vai ter verba fácil, dinheiro em excesso vindo. Serão as verbas carimbadas e já existentes que nós com uma gestão livre, independente e transparente faremos com que sobre recursos para essas questões.

Internauta – O senhor é a favor da causa contra o preconceito e discriminação da população LGBT?

Claudio Manes – Eu sou a favor da causa que luta contra qualquer tipo de preconceito, inclusive dessa questão. No nosso governo, inclusive tem anunciado uma Secretaria da Diversidade, onde também trabalharemos um núcleo laico para justamente termos um link com todas as manifestações religiosas, dentre as quais as de matrizes africanas, que sofrem muito com o preconceito também. Inclusive (essas religiões de matriz afriacana) engloba também manifestações artísticas e culturais, como capoeira e outras mais. É importante entender que qualquer forma de preconceito tem que ser combatida, inclusive nós teremos, repetindo, a resposta em questão com a secretaria da diversidade.

Internauta – Como o senhor pretende colocar em prática seu plano de governo, como, por exemplo, a contratação de médicos para os postos de saúde, diante da crise enfrentada pela prefeitura?

Claudio Manes – A crise é grande, ela existe e por isso me coloquei à disposição para que justamente com a minha experiência de gestão, eu trabalho desde os 14 anos de idade, fiz a minha primeira empresa aos 16 anos, emancipado. Representações Vila Rica, onde eu representava o maior atacadista da América Latina, comprei meu primeiro caminhão aos 18 anos e tive meu escritório de contabilidade. Passei por muitas coisas, transformei a empresa em um case de sucesso, modéstia a parte, me tornei o maior fornecedor da CSN durante oito anos, da Votorantim durante 15 anos. Essa empresa que eu vendi em 2008 se tornou uma empresa de sucesso que sempre honrou seus compromissos em dia. É com essa experiência que eu quero implementar os descontos junto aos fornecedores, trabalhar de forma séria, como eu não tenho comprometimento de cabides de emprego, valorizar o servidor público entender suas questões, o funcionalismo. E aí sim com esses recursos atrair mais questões para a saúde que precisa de medicamentos na farmácia, de exames de uma forma agendada aproveitando da tecnologia com aplicativos, sistema integrado, onde iremos automatizar tudo, a partir do momento em que foi feito o pronto-atendimento, imediatamente será agendado o exame. De uma maneira também onde os médicos se façam presentes nos postos de saúde, aliás, os postos nós iremos rever toda a questão. Criando o Day clinic para atendimento rápido, onde teremos com uma sala, por exemplo, para quem chegar com uma infecção intestinal lá vai ter soro, vai ter tudo. Teremos profissionais presentes e convênio com outras áreas como ortopedia, pediatria, geriatria, oftalmologia e cardiologia com médicos particulares dessas clínicas e consultórios, enfim … dar todo apoio a Santa Casa, mas cobrar contrapartida.

Internauta – Como funcionaria o Parque da Cidadania, projeto já divulgado em sua campanha?

Claudio Manes – O Parque da Cidadania seria onde é hoje o quartel, o Parque da Cidade. e seria da seguinte forma: nós com a Secretaria de Esporte, um link com a secretaria de Educação, Esporte, Lazer e Cultura. Com esse link feito poderemos atrair recurso com a Secretaria de Esporte de emendas específicas para o esporte e assim criar todo um conceito ao longo de quatro anos a cada ano ir criando os módulos, onde nós teríamos, a partir de então atividades culturais, profilaxia, ou seja atividades de prevenção da saúde, com um gabinete odontológico. Saúde, artesanato, oficina de padaria, por exemplo, que seria de curso profissionalizante para adolescentes e jovens, com parceria de empresas particulares. O Parque da Cidadania, o mais importante é que ele é viável para cuidar de gente, onde ali está hoje uma piscina totalmente abandonada, criar toda uma condição para atender realmente as expectativas, isso feito em quatro anos que nós pretendemos a cada ano com a criação de módulos e deixar esse legado para o município.

Internauta – Barra Mansa é uma cidade carente de áreas de lazer, como praças e espaços para esportes em diversos bairros. O que o senhor pretende fazer para sanar este problema, caso seja eleito?

Claudio Manes – Mais uma vez eu repito, se administrar bem, com transparência os recursos, com experiência e gestão. Hoje em dia nós temos quadras inacabadas, por exemplo, nós temos outras em situação total de abandono. Temos que revitalizá-las, criar novas rampas, no bairro Roberto Silveira, por exemplo, tem uma mini rampa de skate, temos que entender e melhorar ainda mais. Na Região Leste temos uma carência muito grande, inclusive pretendemos também colocar uma rampa de skate, criar toda uma condição. De onde viria o recurso? Precisamos entender que gastando com transparência nós temos, sim, uma sobra de recursos para investir na Saúde, Educação, que vamos valorizar os professores com o Plano de Cargos e Salários em prática, com os vencimentos em dia. Com transparência a gente consegue escalonar, nem que seja pagando mês corrente e um atrasado, porque nós congelaríamos todos os pagamentos que estão no passivo para que dentro de 60 dias estudasse, auditássemos, aí sim, a partir de então colocar todos os vencimentos dos professores em dia. Respondendo a pergunta, as áreas de lazer da mesma forma com as secretarias integradas, como eu já disse, dá toda a atenção, porque a criança que pratica esporte e as escolas integrais que é uma das nossas questões, que o nosso projeto contempla isso, com certeza vamos ter a criança praticando esporte, perto da sua família e as escolas bem-estruturadas.

Internauta – O que será feito pela valorização dos professores e funcionários públicos em geral, em Barra Mansa, porque atualmente passamos por um descaso muito grande.

Claudio Manes – Concordo. O descaso parece ser realmente grande, dizer parece porque não quero ser antiético. A questão realmente é implementar e fazer cumprir o Plano de Cargos e Salários já existente, atendendo à expectativa de todos os profissionais da rede de ensino, criar um programa de capacitação dos professores, que são muito qualificados, a maioria dos professores que atende na rede pública municipal também atende na rede particular, os professores são fantásticos. Precisamos é dar melhores condições, e como eu disse: gastando bem. E em pouco espaço de tempo nós colocarmos em dia seus vencimentos, que é mais importante, porque quem trabalha tem que receber e com isso colocar em dia, mesmo que seja um mês corrente e atrasado, colocar toda a questão em dia. Qualificando melhor, dando melhores condições em todos os sentidos, como por exemplo, fazer um convênio com o Sindpass. Hoje o aluno tem a gratuidade no transporte coletivo, ótimo e tem que ter, porém nós podemos pegar com essa parceria, propor ao Sindpass criar mais duas ou três, de acordo com a necessidade. Salas de aula em cada unidade escolar e com isso nós teríamos as crianças vizinhas de cada unidade estudando ali mesmo. O Sindpass ganharia com menos gratuidade utilizada, não impactando na tarifa do transporte coletivo, pelo contrário nós queremos fazer um transporte coletivo viabilizando o bilhete único integrado. Precisamos criar condições de mobilidade urbana, conforto de o filho estudar perto de casa e valorizar os professores com capacitação, pagamentos em dia e estruturas melhores nas escolas. Com isso a receita é uma só: é um governo transparente, que não tenha comprometimento político com cabide de empregos, valorizando o servidor e assim a gente consegue colocar em prática esses projetos.

Internauta – Nenhum deputado, federal ou estadual, foi eleito pelos eleitores do município. Como pretende conseguir emendas para os projetos da cidade junto aos governos federal e estadual?

Claudio Manes – Olha, sinceramente, o quanto de deputado que foi eleito por Barra Mansa … Sim, nós temos. O deputado de Volta Redonda que colheu seus dividendos políticos, seus votos, então ele foi eleito por outras cidades, inclusive Barra Mansa. Ele não pode ser um deputado que vá até Barra Mansa e conquiste seus votos e ser sistemático, “Eu vou trazer emendas se o prefeito for o fulano, ciclano ou beltrano”, não. Ele tem que pensar na cidade, a partir daí com certeza nós vamos criar sim. E o mais importante: precisamos criar um novo grupo politico, que pense diferente e tenha representatividade daqui a dois anos. Mas desde então, te digo com a experiência que tenho, eu sou empresário, sei articular, eu sei conversar, meu partido tem representatividade, sou do PSDB afinal de contas. Vamos até Brasília, a gente recebe apoio de deputados federais, tem uma bancada muito interessante, o PSDB, podemos conquistar recursos sim, só não tem alianças comprometedoras com político, eu não tenho isso. Quero valorizar o servidor público, o estagiário com programas sérios e honestos, criar oportunidade do primeiro emprego, privilegiar o servidor público, aproveitando o talento sem apadrinhamento político. Eu sinceramente acho que esse modelo que está aí de loteamento de prefeitura, de alianças com grandes partidos … Você tem em Barra Mansa uma Secretaria de Habitação que não colocou um tijolo em pé e que foi dado ao PT, você tem duas outras para outro partido, esse modelo pelo jeito iria continuar. Eu coloquei meu nome para mudar esse conceito, com administração independente, séria, com a experiência que eu tenho e sem comprometimento. Prefeito tem que ter experiência e gostar de trabalhar. Prefeito tem que ter independência para a cidade mudar.

Internauta – As margens do Rio Barra Mansa são ocupadas por casas construídas sem estrutura nenhuma e que ainda provocam enchentes, por terem deixado o rio sem espaço. Qual o projeto do senhor para estas famílias que sofrem todo ano com as enchentes?

Claudio Manes – Essa é uma questão que engloba algumas outras e está sempre sendo discutida pelo Ministério Público, mas desde já tem que se criar uma conscientização da população ribeirinha, conscientização ambiental em relação ao lixo e etc. Evidentemente com a secretaria de habitação, o que a gente pode é estar conversando com toda a população, criando um diálogo que seja digno e honesto e estar relocando as famílias que acabam colocam suas vidas em risco. Com o recurso do Ministério das Cidades que é do PSDB, nós temos condições sim, ontem, por exemplo, eu não tive tempo por isso não fui eu teria um almoço com um grande nome do partido PSDB que vai disputar a eleição para presidente, se vai ganhar ou se não vai, eu sou apolítico, eu gostaria de dizer que estaria lá o Otávio Leite, o Aécio Neves, todos me esperando para almoçar, eu não pude ir porque a campanha é muito curta, mas quero agradecer a grande adesão da população, o carinho nos bairros que eu tenho recebido.

Internauta – Qual a sua proposta para o término da obra referente ao viaduto na Barbará?

Claudio Manes – Essa questão está muito ligada ao Governo Federal perdemos muitos projetos, talvez por falta de pessoas técnicas e capacitadas e o tal do apadrinhamento político. Chega um projeto com recurso e por não ter alguém que saiba elaborar um projeto e devolver dentro do prazo perdemos o recurso. Isso envolve um apelo antigo da população e o pátio de manobras, isso tem que se discutir junto ao Ministério Público questões justas e dignas com a população que estão às margens da ferrovia, para realmente discutir a viabilidade das indenizações, desapropriação, mas de uma forma justa. Contemplar e conseguirmos com isso, enfim, não quero prometer, mas que eu vou fazer todo o empenho com a representatividade que tem o PSDB, de concluir o pátio de manobras. Concluir então esse viaduto e resolver junto as instituições o problema das famílias.

Internauta – A criminalidade está muito intensa nos últimos meses, temos medo de sair até na nossa rua. Quero saber do candidato Claudio Manes, o que ele vai fazer, se for eleito, para melhorar a segurança em todos os lugares, principalmente na Região Leste, e não só nos bairros próximos ao Centro.

Claudio Manes – Quando a gente fala da região Leste e dessa questão de segurança, primeiramente precisamos falar de algumas formas de acesso (à cidade) que a gente pode estar monitorando, precisamos da Guarda Municipal capacitada com treinamento para transformá-la em Polícia Municipal, onde parte dela, a medida que serão bem capacitados, terão também a possibilidade da utilização de armas, mas com muita cautela essa questão da capacitação. Fazermos um centro integrado (de segurança) a exemplo de Volta Redonda, que é um sucesso e acho que a gente tem que copiar. No centro integrado as polícias Civil e Militar, juntamente com a Guarda Municipal, fazermos a gestão integrada, onde é muito importante a ampliação do monitoramento, melhorando isso no centro da cidade e bairros próximos e mais: estendendo a outros bairros que tem uma iluminação precária com ruas escuras, como Região Leste que é um horror a iluminação e no Vista Alegre, Vila Maria. Temos que melhorar as condições de iluminação, monitoramento com a integração das polícias.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

10 comentários

  1. O candidato disse na entrevista que deixou de almoçar com um grande nome do partido e que talvez venha ser o nome que disputara, a presidência da republica. A pessoa citada é o boquinha de hiena o senador AÉCIO NEVES, este senhor foi citado no lava jato e esta sendo investigado por receber propina. Tinha uma certa esperança, mudei de ideia e seu partido tem o vicio de fazer doações de bens públicos, com o lindo nome de privatizações.

  2. Candidato Cláudio Manes, privatizações fazem parte do governo do PSDB, correríamos o risco do senhor privatizar o SAAE de Barra Mansa e as taxas de água e esgoto serem ainda mais aumentadas?

  3. Vai ser o prefeito, com certeza, sem vícios desses políticos que nunca trabalharam na vida.

  4. Candidato Cláudio Manes, privatizações fazem parte do governo do PSDB, correríamos o risco do senhor privatizar o SAAE de Barra Mansa e as taxas de água e esgoto serem ainda mais aumentas?

  5. É o candidato que possui as melhores condições para que nossa cidade possa recuperar o tempo perdido nos ultimos anos…

  6. É o candidato que possui as melhores condições para que nossa cidade possa recuperar o tempo perdido nos ultimos anos…

  7. Candidato Cláudio Manes, a Saúde em Barra Mansa é um caos total. A população está doente, prova disso é quantidade de farmácias instaladas na cidade e bairros. A Santa Casa foi privatizada e o atendimento ao SUS é muito restrito, só atendendo casos de acidentes graves. Pacientes são atendidos em macas no corredor ou cadeiras, por falta de leito. O nobre candidato pretende estatizar ou municipalizar a Santa Casa, para atender a maior parte da população carente e sofredora? É possível rever a venda da Santa Casa? Entendo que essa é a prioridade número 1. O que o senhor acha?

  8. Horrivel pior

  9. Na área da agropecuária quais são os seu planos?

  10. Futuro prefeito de Barra Mansa, mais preparado, sem coligação com políticos de qualquer partido

Untitled Document
close