quinta-feira, 21 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Pessoas em situação de rua viram tema de debate em fórum

Pessoas em situação de rua viram tema de debate em fórum

Matéria publicada em 12 de setembro de 2018, 16:18 horas

 


Resende – A preocupação em desenvolver novas políticas públicas direcionadas as pessoas em situação de rua, fez com que a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos promovesse na quinta-feira, dia 13, a terceira edição do Fórum Municipal para Pessoas em Situação de Rua de Resende. A iniciativa, que será realizada no Espaço Z, com início às 13h, terá como tema a proteção das pessoas em vulnerabilidade social e contará com a participação de profissionais que atuam com este público e na defesa dos direitos humanos, além da apresentação do mapeamento de atendimento, elaborado pelo Fórum Regional de População em Situação de Rua do Médio Paraíba.
Segundo a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Jaqueline Primo, a realização do fórum reforça a importância do trabalho que já vem sendo desenvolvido em Resende, e que é considerado uma referência na região do Médio Paraíba. A secretária lembra que o município foi pioneiro na implantação da rede de atendimento e nas ações realizadas, que incluem abordagens, fóruns, acolhimento e discussões constantes.
– Resende tem hoje um trabalho sólido e respeitado neste setor. A maior prova disso é que o nosso Centro Pop atende mensalmente cerca de 80 usuários ativos e mais de 90 temporários, oferecendo para este público refeições, local para banho e lavagem de roupas, além do atendimento prestado por uma equipe multidisciplinar, que oferece assistência médica, psicológica e social para essas pessoas. Além disso, o Centro também desenvolve oficinas de música, futebol, jogos lógicos e cidadania, tendo como objetivo resgatar os vínculos familiares e sociais dessas pessoas – conta a secretaria.
De acordo com a programação, a mesa de debate que conduzirá o fórum será formada pela subsecretária estadual de Direitos Humanos do Rio de Janeiro, Nelma Azeredo; pela coordenadora municipal do programa Consultório na Rua, Joelma de Faria; e pela coordenadora do Serviço de Abordagem Social, Janaína de Angelis, além de representantes da sociedade civil e de especialistas nas áreas da assistência social, psicologia e pedagogia, que trarão para o evento, dados, relatos e experiências que possam contribuir para a implantação de políticas públicas voltadas para o resgate da cidadania e da dignidade desta parcela da população.
O trabalho realizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, no atendimento às pessoas em vulnerabilidade social, é considerado referência desde 2001 e atende muitos municípios da região do Médio Paraíba, já que conta com a mais completa infraestrutura para atendimento a este público. Além do Centro Pop, a prefeitura oferece ainda serviços itinerantes, como o programa Consultório na Rua, que realiza ações periódicas para aproximar os moradores de rua dos serviços básicos de saúde.
Em razão de todo esse trabalho, a equipe do Centro foi convidada, em junho deste ano, para apresentar o trabalho desenvolvido em Resende no seminário “Construindo a Política Estadual para População em Situação de Rua no Estado do Rio de Janeiro”, realizado na capital.

Iniciativa será realizada no Espaço Z,em Resende.
Credito: ( PMR )


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    O que vem a ser uma pessoa em situação de rua? Seria por acaso uma pessoa abandonada pelo poder público? Te garanto deve existir mais pessoas ocupando cargos públicos para cuidar desse problema social do que pessoas necessitadas nas ruas, assistente social!!!!!!!

Untitled Document