quarta-feira, 19 de janeiro de 2022 - 00:36 h

TEMPO REAL

 

Capa / Educação / Pinheiral divulga plano para volta às aulas; retorno será inicialmente remoto

Pinheiral divulga plano para volta às aulas; retorno será inicialmente remoto

Matéria publicada em 29 de janeiro de 2021, 17:21 horas

 


Pinheiral – Os alunos da rede municipal de ensino de Pinheiral voltam às aulas no dia 09 de fevereiro, de forma remota, por meio do sistema I-EDUCAR, um software online que torna a gestão mais fácil e eficiente. Nesta sexta-feira, dia 29, a Secretaria Municipal de Educação do município(SME), divulgou as diretrizes pedagógicas e o plano municipal de retorno às aulas.
Após autorização da volta às aulas concedida pelo Poder Judiciário ao Ministério Público, às aulas presenciais da rede municipal de ensino retornarão dia 01 de março, segunda-feira, mesclando aulas presenciais com ensino remoto.
O retorno presencial dos alunos às salas de aula será realizado com 50% da capacidade e será opcional, ficando a critério do responsável legal permitir ou não a participação do aluno. Os pais e responsáveis deverão se encaminhar às unidades escolares para assinar o termo de compromisso que autoriza ou não a participação do estudante nas aulas presenciais e em caso da não autorização, o aluno estudará somente via aulas online. Para aqueles que não possuem acesso à internet, o conteúdo será disponibilizado via impresso. O decreto municipal de retorno às aulas ainda está em andamento e em breve será finalizado.
Após o retorno das aulas presenciais, o trabalho pedagógico acontecerá de forma conjunta (presencial e remota), e a equipe diretiva ficará responsável por fazer a divisão para escalonamento dos grupos que serão fixos, não sendo possíveis mudanças no escalonamento durante o processo. Atividades com rodinhas, círculos e semicírculos não serão permitidas, e as atividades em grupos de estudantes, incluindo o trabalho diversificado, deverão ser canceladas, pois não poderá acontecer contato físico. As rotinas de revezamento dos horários de alimentação e demais deslocamentos coletivos dos estudantes no ambiente escolar, deverão estar bem claras e dispostas em mural na forma de tabela com a escala dos horários de cada turma.
– Destacamos que o cumprimento do calendário escolar de 2021 será essencial para desenvolver a educação do município, além de proporcionarmos os conteúdos que em 2020 não foram trabalhados. Para tanto será necessário à realização diagnóstica no início do ano letivo de 2021 e readequação do planejamento a fim de desenvolvermos as habilidades e competências propostas pela BNCC da educação infantil ao ensino fundamental e de promovermos a continuidade curricular – explicou Fernando Cabral, secretário da Secretaria Municipal de Educação.

Demais regras e medidas de prevenção a serem adotadas
– Recreios convencionais e atividades na área externa da sala de aula que proporcionem aglomerações estão proibidos.
– O controle da temperatura dos estudantes e servidores deverá acontecer no momento de entrada na Unidade Escolar e também no momento de refeição (ao acessar o refeitório). A equipe diretiva designará o profissional responsável por essa aferição com termômetro infravermelho. Em caso de verificação de temperatura igual ou superior à 37º, o profissional deverá comunicar ao responsável o aluno será encaminhado ao Centro de Triagem.
– O uso de máscara não será obrigatório para estudantes da educação especial inclusiva que possuem autismo, deficiência sensorial, deficiência intelectual ou qualquer outra que impeça o uso adequado do item, conforme a Lei 14019/2020. No caso do retorno destes alunos será necessário que as famílias assinem um termo de responsabilidade. Para algumas doenças que acarretam em outras comorbidades, se entende a necessidade da apresentação de declaração médica autorizando o retorno dos estudantes com necessidades educacionais especiais, às atividades escolares presenciais.
– Será orientada a higienização em todos os recipientes trazidos de casa pelos estudantes, bem como a priorização da utilização de espaços amplos e arejados.
– Nas salas de aulas, as janelas e as portas deverão ficar totalmente abertas, com o mínimo de materiais expostos, inclusive nas paredes, para facilitar a higienização constante do ambiente.
– Os pais e responsáveis serão orientados a lavar o uniforme do aluno assim que chegar em casa, evitando a locomoção da criança com o uniforme para outros locais.

Busca ativa e acompanhamento aos alunos infrequentes
Em virtude da pandemia da Covid-19 as aulas funcionarão de forma híbrida, com acesso à plataforma, atividades impressas e aulas presenciais com redução de alunos e rodízio. Sendo assim o acompanhamento aos alunos se dará de forma diferenciada. Será retomado o preenchimento da Ficha de Comunicação do Aluno Infrequente (FICAI) com observações referentes ao momento presencial e também ao momento remoto, pois o aluno deverá participar do processo de forma global. Será utilizado materiais para registro de contato e acompanhamento como ligações, whatsapp, bilhete com protocolo e visita domiciliar.
Ao final do primeiro período/bimestre, para o Conselho de Classe, a unidade escolar realizará um relatório das ações realizadas com base na ficha de comunicação com as famílias, visando uma tentativa de contato com os alunos. Quando solicitadas, as cópias do relatório e da ficha de registro de acompanhamento deverão ser encaminhadas à Coordenação de Orientação Pedagógica e Educacional (COPE), que realizará o acompanhamento semanal ao processo de busca ativa nas unidades escolares.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document