>
sábado, 28 de maio de 2022 - 13:38 h

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / Planalto sai em defesa de Coronel Lima

Planalto sai em defesa de Coronel Lima

Matéria publicada em 11 de abril de 2018, 16:52 horas

 


Temer é amigo pessoal de coronel que virou réu em ação por corrupção

Temer é amigo pessoal de coronel que virou réu em ação por corrupção


Brasília –
A Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República divulgou nota na noite de hoje em que defende a legalidade da atuação de João Batista Lima Sobrinho, conhecido como Coronel Lima, nas campanhas eleitorais do MDB.

“Todas as atribuições do coronel João Batista Lima Sobrinho em campanhas do presidente Michel Temer sempre foram pautadas pela legalidade, lisura e correção. Essa velha acusação volta a ser requentada hoje pelas autoridades sem que haja provas reais”, diz a nota.

A 12ª Vara Federal de Brasília aceitou denúncia contra Lima e mais os ex-deputados federais Geddel Vieira Lima, Eduardo Cunha, Rodrigo Rocha Loures e Henrique Eduardo Alves. Eles são acusados de formar uma organização criminosa que seria responsável por negociar vantagens indevidas na Petrobras, na Caixa e na própria Câmara dos Deputados, segundo a Procuradoria-Geral da República (PGR).

Para o Palácio do Planalto, o caso está sendo usado para difamar o presidente. “O assunto tem como único objetivo manter campanha difamatória contra o presidente sem que ass investigações produzam fatos reais. Ou seja, são apenas ficções em série”, diz a nota.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Cadê os bolsomitos para falar que militar é honesto?

    O que vão falar dos atuais deputados militares que pularam pela janela partidária?

    Traidor eles são desde a inauguração em 15 de novembro de 1889 quando DEODORO DA FONSECA começou TRAINDO o Imperador D. Pedro II, traindo o Brasil Império e depois traindo novamente a república.

  2. Não esquece de explicar o escândalo do Porto de Santos, cheio de denúncias desde o Governo FHC do PSDB, afinal, o MDB, ou está no comando ou está coligado a quem está lá no Palácio do Planalto de 1985 até hoje. E o chefe do atual desgoverno federal cresceu muito dentro do partido justamente depois que passou a comandar aquele porto há uns 20 anos. E as denúncias continuam.

Untitled Document
close