quinta-feira, 17 de outubro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Região / PM ‘estoura’ central clandestina de TV e apreende granada em Angra

PM ‘estoura’ central clandestina de TV e apreende granada em Angra

Matéria publicada em 17 de abril de 2017, 17:18 horas

 


Uma réplica de fuzil, munições e até um carro roubado foram encontrados no bairro Belém

Aparelhos codificadores de sinal e réplica de fuzil, granada e rádio comunicador foram apreendidos em investida policial no Belém (Foto: Cedida pela Polícia Militar)

Aparelhos codificadores de sinal e réplica de fuzil, granada e rádio comunicador foram apreendidos em investida policial no Belém (Foto: Cedida pela Polícia Militar)

Angra dos Reis – Policiais militares “estouraram” nesta segunda-feira (17) uma central clandestina de TV a cabo no bairro Belém. Os agentes fizeram o flagrante numa casa na Rua Santa Maria e apreenderam codificadores de sinal e equipamentos eletrônicos.

Antes de chegarem ao endereço, os policiais ainda apreenderam uma granada, uma réplica de fuzil 556, um carregador de pistola 9 milímetros com sete munições intactas e um rádio transmissor. O material estava num Gol preto abandonado (placa FGC-5099), que segundo a polícia foi roubado em Seropédica (RJ).

Os PMs foram até o bairro depois de receber uma denúncia anônima de que no local haveria traficantes. Ao se aproximarem, os agentes ouviram disparos de arma de fogo. Ninguém foi ferido e nem preso.

Sinais de TV eram transmitidos de uma central montada numa casa no bairro Belém, em Angra dos Reis

Sinais de TV eram transmitidos de uma central montada numa casa no bairro Belém, em Angra dos Reis

Dando continuidade a ação no bairro, os policiais seguiram para uma casa que funcionaria como central clandestina de TV a cabo, de acordo com uma denúncia. No endereço indicado os agentes encontraram um homem de 33 anos que contou que a casa era de propriedade da mãe dele e que teria alugado a um rapaz de nome Roberto.

Segundo o homem, Roberto teria alugado a residência dizendo que a usaria para guardar equipamentos de trabalho. Todo o material e o homem foram levados para a delegacia de Angra dos Reis (166ª DP), onde o caso seria registrado.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Qual era o conteúdo da TV clandestina?

Untitled Document