Polícia Ambiental flagra extração irregular de barro em Paraty

Aproximadamente 1500m² foram degradados

by Otávio de Paiva

Foto: Divulgação

Paraty – Agentes da 4ª Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm) localizaram, nesta quinta-feira (4), uma extração irregular de barro na Prainha de Mambucaba, em Paraty. Local foi encontrado após denúncia recebida pelo Linha Verde (0300 253 1177) – programa do Disque Denúncia voltado para meio ambiente.

Após receberem as informações da denúncia, os policiais militares da UPAm Juatinga, subordinados ao Comando de Polícia Ambiental, foram até a localidade conhecida como sítio do Antenor, onde encontraram o corte de talude com uma área degradada de 1500 metros quadrados, com marcas de extração e possível utilização de máquina retroescavadeira. Durante as buscas no entorno, os policiais não identificaram nenhuma placa que continha o licenciamento necessário para realizar a extração. Os responsáveis não foram localizados.

Os agentes procederam à 167ª DP, onde a ocorrência foi registrada.

Crimes contra o meio ambiente podem ser denunciados ao Linha Verde, do Disque Denúncia através do telefone (21) 2253-1177 e 0300 253 1177,- ambos com WhatsApp anonimizado, ou então pelo App “Disque Denúncia RJ”. É possível denunciar ainda pelo site do Disque Denúncia (www.disquedenuncia.org.br) ou ainda pela FanPage do Linha Verde no facebook (www.facebook.com/linhaverdedd).

Foto: Divulgação

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996