>
sábado, 28 de maio de 2022 - 01:42 h

TEMPO REAL

 

Capa / Tempo Real / Polícia prende suspeito de pedofilia com material pornográfico em Volta Redonda

Polícia prende suspeito de pedofilia com material pornográfico em Volta Redonda

Matéria publicada em 3 de janeiro de 2020, 09:23 horas

 


Foram encontrados vídeos do suspeito com menores; ele teria agido em outras cidades também

Segundo a Polícia Civil a quebra do sigilo de dados foi requerida para identificar o conteúdo  dos aparelhos (Foto: Cedida pela Polícia Civil)

Volta Redonda – Um homem, de 50 anos, foi preso na noite desta quinta-feira (02), em Volta Redonda, por agentes da 93ª DP, suspeito de pedofilia. Segundo o delegado titular do município, Wellington Vieira, o suspeito vinha sendo investigado por produção de pornografia infantil envolvendo crianças com idades entre 5 e 10 anos.

De acordo com o delegado, na casa do suspeito foram apreendidos um computador, celulares e um pendrive com centenas de fotografias e vídeos envolvendo crianças. Alguns vídeos e fotos mostram atos libidinosos entre o homem e as crianças. A investigação apontou que o suspeito utilizava calcinhas infantis e fazia vídeos onde se masturbava.

Após a prisão, o suspeito, que trabalha como motorista de aplicativo, foi encaminhado para a delegacia onde teria confirmado os crimes. Ele teria alegado ser doente e de manter fetiche por crianças.

Segundo o delegado, o suspeito teria confessado alguns dos crimes em depoimento. No entanto, o policial acredita que possam haver mais vítimas. ”Já confessou estupro de algumas crianças mas é possível existirem muitas outras”, disse.

Wellington Vieira afirmou que o suspeito vai responder por crimes de produção e armazenamento de pornografia infantil e estupro de vulnerável. Dependendo do resultado das investigações e do julgamento, ele pode ficar  preso por mais de 20 anos.

– Ele vai responder por crimes de produção e armazenamento de pornografia infantil e estupro de vulnerável. As penas somadas ultrapassam 20 anos. Estima-se que as vítimas estejam espalhadas nas cidades em que ele morou: em Maricá, Itaboraí e Volta Redonda. Possivelmente, deve haver vítimas em outros municípios – afirmou.

De acordo com o delegado, as identidades das vítimas e do suspeitos não serão divulgadas.

Wellington Vieira solicita que as vítimas desse tipo de crime compareçam na delegacia de Volta Redonda, ou em qualquer unidade policial para fazer uma denúncia. ”Há possibilidade de existirem outros autores. Estamos tentando identificar um grupo de aplicativos com diversos integrantes. É importante que haja ampla divulgação na imprensa para identificarmos suas vítimas”, explicou.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

21 comentários

  1. esse merece um chip de 38 na cabeça

  2. Doente, vai se tratar…

  3. É bolsonarista tá no face dele.

  4. Cadê o nome do fdp!!!!!!
    Nos eua ele fica marcado pelo resto da vida,endereço,nome e tudo mais ao acesso do público

  5. É Bolsonarista, nas redes sociais gostava de falar de família e moralidade, vivia com o 17 na boca dizendo q agora o país dava jeito. Kkkkk São todos iguais esses bozolinos

  6. Profissional na produção de vídeo. Que coisa!
    Motorista de aplicativo é o ajudante de pedreiro século XXI. Não tem ocupação… Fala que é motorista de aplicativo.

  7. Já falei essa equipe do doutor WELINGTON É CASCA GROSSA VAGABUNDO TROCA D PROFISSÃO E VAI TRABALHAR Q A TURMA DO DR. VAI GRADEAR. VCS ESTAM DANDO SORTE MAS A NOSSA TEIA INVISIVEL 197 TA ARMADA E VCS TRAFICANTE LADRÃO E TODO TIPO D BANDIDO SE LIGA OU MUDA D CIDADE PARABÉNS POLÍCIA CÍVIL E MILITAR E CIDADÃO DO BM. VAMOS AJUDAR NOSSA POLÍCIA 08000260667..OU 190 OU 197 ESSE É DA POLÍCIA CIVIL.

    • Muita tristeza isso viu fiquei mau ao saber quem é essa pessoa ,amigo de infância aqui do bairro.sao Luiz em volta redonda …

  8. Nome do cidadão

  9. Olha outro cidadão de bem aí

  10. Vá se lascar delegado, fala nome, endereço, cep, toda população precisa saber, e com certeza ele tinha ajuda.

    • Segundo comentário

      Não deu para entender.
      O delegado quer que a população ajude e se houver mais alguém que foi vítima desse doente que denuncie.
      Como?
      O doutor esqueceu de mostrar a foto dele e o nome.
      Aliás o a foto que o DV publicou foi a do delegado e não a do desgraçado.
      Vai entender está mídia!
      Isto é uma vergonha…

    • Mostra cara desse verme!!!!

  11. Mais um cidadão-de-bem, cuja caxanga caiu…

Untitled Document
close