segunda-feira, 16 de setembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Polícia tenta identificar autores da chacina em Três Rios

Polícia tenta identificar autores da chacina em Três Rios

Matéria publicada em 30 de agosto de 2019, 08:58 horas

 


Três Rios – Policiais civis e militares tentam identificar seis homens encapuzados e fortemente armados, autores da chacina na madrugada dessa quinta-feira (29), em Três Rios. Quatro pessoas morreram e duas foram baleadas.

O tiroteio foi num bar, na Rua Pedro Assis Amaral, no bairro Jaqueira. Segundo a polícia, a chacina foi motivada por confrontos entre integrantes de facções criminosas rivais, que teve início após a prisão de um líder do tráfico de drogas da localidade, conhecido como “Sapão”, detido, recentemente, em Juiz de Fora (MG).

As vítimas que morreram no local foram: Geison Lima Moreira, o mototaxista Adilson Silva Santa´Ana, e o irmãos Fábio Vialonga Gonçalves, o “Bim” e Vitor Vialonga Gonçalves, o “Vitim”.

Os feridos foram dois homens, sendo um deles, de 46, e o outro, de 33. Eles foram socorridos no Hospital Nossa Senhora da Conceição. Policiais militares encontraram próximo ao bar, 76 pinos de cocaína.

Pivô 

Material de Sapão foi apreendido por policiais de Juiz de Fora (MG)

Sapão, cujo nome é Lucas Carias Farias, “Sapão” ou “LC”, seria  o responsável pelo tráfico de drogas na Jaqueira e teria ligação com a facção Terceiro Comando da Capital. Ao ser preso no início deste mês em Juiz de Fora (MG), onde seria autor de homicídios, policiais apreenderam ainda, farto armamento, celulares e máscaras. De acordo com investigações, o suspeito atua na contratação mulas (entregadores de drogas), no Estado de São Paulo, que seriam responsáveis por trazer as drogas para Três Rios.

O suspeito também seria o responsável pela distribuição de armas e outros materiais para demais integrantes da quadrilha do bairro Jaqueira. O suspeito era procurado pelas polícias do Rio de Janeiro e Minas Gerais, que realizaram diversas operações, uma delas intitulada “Fluvial”, que teve a participação da Polícia Federal e de agentes do setor de inteligência do 38º BPM (Três Rios).


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document