sexta-feira, 30 de julho de 2021 - 01:11 h

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Porto Real vai antecipar 2ª dose da vacina para retomar aulas em agosto

Porto Real vai antecipar 2ª dose da vacina para retomar aulas em agosto

Matéria publicada em 21 de julho de 2021, 17:09 horas

 


Educação Infantil, Ensino Fundamental e EJA terão aulas presenciais

Porto Real – O retorno às aulas nas escolas municipais de Porto Real ocorrerá no mês de agosto, segundo a prefeitura. Para que isso ocorra, a 2ª dose de vacinas contra a Covid-19 será antecipada para profissionais da educação nos dias 02 e 06 de agosto.

O retorno presencial de todos os profissionais está marcado para o dia 16 do próximo mês, quando será iniciado o planejamento interno pedagógico para que as escolas recebam os alunos.

Na próxima semana, a prefeitura publicará um decreto anunciando o retorno presencial nas salas de aula.

Retorno dos alunos

O retorno dos alunos da Educação Infantil (Maternal III, Pré I e Pré II), Ensino Fundamental I (1º, 2º e 3º ano de escolaridade), Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano de escolaridade) , EJA (Educação de Jovens e Adultos) está programado para o dia 23 de agosto, segundo a prefeitura. A carga horária presencial será entre 1h30 e 2h com aumento progressivo e gradativo ao longo do ano.

Já o retorno para Educação Infantil (Maternal II, Maternal I e Berçário), Ensino Fundamental I (4º e 5º ano de escolaridade), e Ensino Fundamental II (7º e 8º ano de escolaridade) será no dia 06 de setembro deste ano.

MP ajuíza ação para que aulas sejam retomadas em Porto Real

O Ministério Público (MP) ajuizou ação civil pública para que Porto Real retome as aulas presenciais na rede municipal de ensino. A ação foi ajuizada na terça-feira (20), e segundo o MP, as aulas devem ser retomadas considerando o fato de que Porto Real encontra-se, atualmente, na bandeira amarela de classificação com relação à Covid-19, considerada de risco mais baixo.

Porto Real já havia planejado retorno antes da ação do MP

A subsecretária de Educação, Giovana de Oliveira Silva, salientou que o município já havia planejado o retorno das aulas antes do MP ter ajuizado ação.

– Ao tempo desse ajuizamento de ação, já estávamos com o planejamento de retomar as aulas e já havíamos comunicado os professores do município sobre o retorno, através do memorando interno, nº 526 – explicou a subsecretária.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document