sexta-feira, 18 de setembro de 2020 - 21:00 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Prefeito de Barra Mansa e DNIT acompanham obras do Pátio de Manobras

Prefeito de Barra Mansa e DNIT acompanham obras do Pátio de Manobras

Matéria publicada em 17 de junho de 2020, 18:17 horas

 


Construção do galpão na Anísio Brás e casas no Centro estão em fase final de execução

Barra Mansa – O prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, e o superintendente regional do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) no Rio de Janeiro, Robson Carlindo Santana, visitaram na manhã desta quarta-feira (17) as obras de construção das 22 casas no Campo do Ferroviário, no Centro e do galpão no Pátrio Ferroviário de Anísio Brás, no bairro Vista Alegre.

O secretário de Planejamento Urbano, Eros dos Santos, de Manutenção Urbana, Luiz Gonzaga, o fiscal regional de contrato do DNIT, Fabio Moulin Rocha, representantes da CTesa/ Vereda, consórcio responsável pela obra e da Concremat/Egis, fiscal dos serviços, acompanharam a visita.

Drable comentou sobre a importância do projeto para a mobilidade de Barra Mansa.

– O Pátio de Manobras é um sonho que gradativamente tem sido realizado. Hoje, nós recebemos a visita do novo superintendente do DNIT para verificar a evolução de alguns empreendimentos, como a construção das casas, o galpão que está sendo feito no final da Vista Alegre e o reposicionamento das linhas, que vai permitir que o centro da cidade ganhe vias, que serão usadas como estacionamento, proporcionando aproximadamente duas mil vagas, realocando todo o espaço do Centro, de uma maneira que alcançaremos o tão sonhado shopping a céu aberto – destacou.

As moradias e o novo galpão na Anísio Brás estão em fase final de construção, mesmo com os obstáculos ocorridos pela pandemia da Covid-19. Outro avanço foi a assinatura do convênio com a Secretaria de Patrimônio da União (SPU), no dia 04 deste mês, que permitirá a construção de mais cinco casas. O processo está no aguardo da assinatura da SPU.

O superintendente regional do DNIT, órgão responsável pelo empreendimento, no Rio de Janeiro afirmou que após concluída esta etapa dos serviços, será licitada as obras remanescentes.

– Esta é uma obra que já se arrasta há algum tempo e é uma prioridade para o DNIT a sua conclusão. Estaremos licitando o remanescente das obras ainda este ano, provavelmente em outubro. Lembrando que para todos esses contratos, nós temos o empenho de 100% do valor. O recurso para esta obra está todo garantido, com o apoio da bancada do Estado e com o empenho do prefeito. Foi uma união de esforços para poder conseguir concluir esse empreendimento que é fundamental para o município – explicou.

Outros prazos foram informados pelo o fiscal regional de contrato do DNIT, Fabio Moulin Rocha.

– O galpão já está em fase de acabamento. Pretendemos entregá-lo entre o final de agosto e início de setembro. Já as casas, estão com a previsão de término para final de julho, início de agosto. Com isso, a gente consegue fazer a realocação e dar continuidade nas obras daquela região. Os serviços estão andando relativamente bem, dentro das condições atuais – contou.

O secretário de Planejamento Urbano, Eros dos Santos, destacou que a prefeitura acompanha de perto o desenvolvimento das obras do DNIT.

– Estamos acompanhando e fazendo uma fiscalização junto às obras, para diminuir o seu tempo de entrega. O DNIT está com um ritmo diferente por estarmos enfrentando essa atual situação. O projeto das avenidas e do viaduto do Centro está pronto, em fase de orçamento para nova licitação – concluiu.

A obra de readequação ferroviária de Barra Mansa compreende uma extensão de 4,84 km de corredor ferroviário no perímetro urbano, incluindo ainda cerca de 5,7 km de vias urbanas adequadas, reconstruídas ou implantadas e pavimentadas, incluindo também a transferência do Pátio de Manobras para o Anísio Brás, com uma área de 3.800 m².

Eles visitaram as obras de construção das 22 casas no Campo do Ferroviário, no Centro e do galpão no Pátrio Ferroviário de Anísio Brás
(Foto: Paulo Dimas)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar

    Nunca entendi de fato como é este projeto eterno de BM..

    Haverá uma via expressa no lugar de todas as casas que ficam na margem da linha de trem?.. o viaduto incompleto parece descer ali..

    Essa via terminará em qual localidade?

    Esse projeto está disponível em algum local onde possamos acessar?

    Ademais, tomara que seja finalizado e melhore muito o aspecto daquele lugar.. é muita feiúra, tb ali na Estamparia.. será necessária muita criatividade! Fico na torcida!

  2. Avatar
    Morador de Barra Mansa

    A FCA ( VLi Logística ) está fazendo manutenção em suas locomotivas no centro
    da cidade, perturbando a Lei do Silêncio e atrapalhando o sono principalmente
    no Edifício Pio Xii, isso tudo além das manobras no centro da cidade, o que é
    proibido.
    Ninguém da Prefeitura até agora fez nada.

Untitled Document