segunda-feira, 22 de julho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Prefeito de Barra Mansa se reúne com representantes da ArcelorMittal

Prefeito de Barra Mansa se reúne com representantes da ArcelorMittal

Matéria publicada em 14 de maio de 2019, 15:45 horas

 


Barra Mansa – O prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, recebeu nesta segunda-feira, 13, em seu gabinete, o gerente de Recursos Humanos da ArcelorMittal, Herik Marques e a responsável pela área de Comunicação e Responsabilidade Social do Sul Fluminense, Patrícia Dias. No encontro, foram abordados assuntos relacionados ao fomento da economia do município, como o desenvolvimento do Programa Porta de Entrada, em parceria com o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), e o pagamento realizado este mês de uma gratificação aos empregados da empresa, medida que injetará recursos extras no comércio da cidade. A ampliação do Projeto Ver e Viver também foi pauta da reunião, assim como a apresentação de peças teatrais mensais do Projeto ArcelorMittal Cultural – Arte que Transforma.

O chefe do Executivo, no decorrer da reunião, disse da sua expectativa em relação à melhoria dos índices econômicos. “Agradecemos todo apoio que a ArcelorMittal traz para o município e esperamos que a partir da retomada do desenvolvimento do país a empresa retome o processo de novas contratações profissionais no município”, destacou Rodrigo Drable.

Na oportunidade, o gerente de RH da empresa Herik Marques explicou sobre o Porta de Entrada ArcelorMittal Barra Mansa, programa que visa contribuir com o desenvolvimento social e profissional de novos talentos. A partir da iniciativa 36 jovens barra-mansenses, entre 18 e 21 anos, terão a oportunidade de alcançar o mercado de trabalho com uma formação de qualidade. “A previsão de início das aulas é 10 de junho e este é o primeiro ciclo do programa na ArcelorMittal Barra Mansa. Durante dois anos, os aprendizes terão aulas teóricas no Senai e práticas nas áreas de Operação Siderúrgica e Manutenção, onde serão acompanhados pelos ‘padrinhos’, profissionais responsáveis por receber e promover a interação dentro do ambiente industrial, focando a segurança e a rotina da área”, detalhou Herik.

Os cursos oferecidos são para Operador de Processos Siderúrgicos e Mecânico Industrial. Cerca de 500 jovens se inscreveram no programa e desse total, 36 serão selecionados. A divulgação da listagem dos beneficiados acontece no dia 24 de maio.

O representante da ArcelorMittal comentou a respeito do Programa Ver e Viver, que acontece no município pelo segundo ano consecutivo, e tem a perspectiva de atender mil alunos, de nove escolas da rede municipal. “A proposta tem como base o diagnóstico e tratamento de problemas de visão em alunos do ensino fundamental da rede pública, favorecendo o aprendizado, o desempenho e a permanência na escola. O programa é dividido em três etapas. Nesta primeira, realizada no mês de maio e junho, está sendo realizada triagem para identificação das crianças que apresentam alguma dificuldade visual em quatro escolas. Esta é uma iniciativa muito importante para a comunidade onde atuamos, que influencia diretamente o rendimento de crianças e adolescentes que podem ter a aprendizagem prejudicada por algum problema visual”, destaca o gerente de Recursos Humanos, Herik Marques.

Exibição do espetáculo 

Seguindo o compromisso de “transformar o amanhã”, a ArcelorMittal, a maior produtora de aço do mundo, acredita e investe em cultura, pois a reconhece como fator de transformação social. Com o objetivo de democratizar o acesso e contribuir para a formação de público para teatro infantil, o programa ArcelorMittal Cultural chega a Barra Mansa. De maio a novembro, uma agenda regular de espetáculos teatrais gratuitos voltados para toda a família.

Para marcar o início da programação, será apresentado o musical do clássico A Pequena Sereia, da Cyntilante Produções, no próximo domingo, dia 19, às 11h, no Calçadão Dama do Samba, na Avenida Beira Rio. O espetáculo é gratuito e destinado para 600 pessoas. A iniciativa é viabilizada por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

11 comentários

  1. Avatar

    Prefeito , ver se para de pintar buracos no asfalto e arruma essa merda de asfalto da cidade …o iptu tá pago direitinho ok não faz igual lá na escolinha da Vila principal não …colocar telha de zinco com ventilador velho quase matando as crianças …e pergunta se o iptu tá pago …estar sim ok faz sua parte.

  2. Avatar

    Bolado, se todos os prefeitos que entrarem na prefeitura de BM, terem o mesmo limite de inteligência que vc, minha cidade não terá obras de desenvolvimento. O que mostrei onde é possível fazer obras para melhorar. Vc perdeu a oportunidade de ficar só lendo.

  3. Avatar

    Sr Prefeito,
    O pessoal do centro são os mais prejudicados pela sua administração, pois a obra do
    Palácio Barão de Guapy está durando muito tempo prejudicando a todos.
    Agora temos o futebol noturno do clube municipal indo até a 1 da manhã, prejudicando
    o sono dos moradores no entorno.
    Barra Mansa sem Ordem Pública.
    Barra Mansa cada um faz o que quer.
    A saída de Barra Mansa é a Rodoviária, pegar um ônibus e ir para um local mais ordeiro.

  4. Avatar
    Luiz Roberto de Lima Matos

    Pergunta ao Sr prefeito se ele pretende pagar um salário mínimo pra nós que estudamos e passamos em um concurso.

  5. Avatar

    O mais importante não foi discutido, a permanência da empresa na cidade. Falou-em muitos eventos, muitas intenções, mas a verdade é que vai fechar. O que mantinha a SBM aqui era o Antonio Ermírio, ele morreu e seus predecessores logo venderam a empresa. Acabou.

  6. Avatar
    Honestidade sempre

    Uma vergonha ainda estão devendo os direitos dos demitidos em 2018, colocaram várias pessoas na rua, e agora fica aí dando oportunidade pra jovens e varios pais de família foram pra rua. E o pior disso tudo que não querem pagar os direitos.

  7. Avatar

    Prefeito, estão vendo que o senhor esta atuando bem na área da economia e empregos, que precisamos mesmo, mas, esta esquecendo da parte da mobilidade urbana da cidade, que precisa urgente de novas ruas, avenidas e viadutos para desafogar o transito e gerar mais empresas, lojas ou casas. Os locais que precisando de estruturar para serem utilizados são: A rua do sitio (que ligaria a colônia x Saudade), o viaduto (que ligaria a Dutra a Vista Alegre) e a rua ou Avenida (que ligaria o bairro Pastor x Prefeitura), passando no galpão abandonado da rede ferroviária). Esses locais aliviaria um pouco o transito da cidade. Esta faltando o interesse e visão do governo, para pelo menos iniciar a obra, talvez o senhor mesmo concluiria no próximo governo. Nossa cidade esta precisando urgente dessas obras.

  8. Avatar

    Boa notícia prefeito pergunta a estas pessoas se eles vão pagar aos funcionários que foram demitidos os seu direitos, até agora a empresa não pagou essas pessoas que foram desligados ano passado ( 2018 ), pelos menos sejam honestos .

  9. Avatar

    Muito bom. Aproveitando a oportunidade peço que a grandiosa ArcelorMittal aproveite também os desempregados que não são jovens e que já tem experiência em indústria siderúrgica. Outra informação importante, contratem pessoas capacitadas de Barra Mansa pois existem ótimos profissionais desempregados na cidade. Façam igual algumas indústrias de cidades vizinhas tipo Volta Redonda, Resende e Itatiaia que anunciam vagas só para moradores que residem nelas próprias, desqualificando assim os desempregados de Barra Mansa.
    Algumas empresas se vangloriam dizendo que são as maiores ou melhores nisso ou naquilo, mas ficam mendigando passagem para profissionais de Barra Mansa. Garanto que o dinheiro da passagem fará mais falta para o profissional do que para a empresa.

    • Avatar

      Sr, Prefeito,

      Não se iluda com essa turma de covarde, nada que relatam nessa reportagem é verdade, são má administradores á única coisa que essa empresa covarde quis na nossa região foi tirar a Votorantim para se intitular!! No modo geral trabalham torturantes pessoas que saem de suas casas para dar o seu sustento a suas famílias. Infelizmente é uma tortura invisível que só afeta a saúde de quem esta na rotina pela sobrevivência, um exemplo claro é a GMD de Resende as pessoas estão trabalhando para suprir ausência de demitidos, trabalham feito loucos para dar conta da demanda com medo de serem demitidos, a chefia que ficou está acuada não enxerga os problemas da área , tem chefe que esta ali somente para tirar o seu dinheirinho no final do mês e ir para casa, não é diferente da área operacional de ambas as unidades , tem dias que nem papel higiênico temos para fazer uso na área. Temos saudades da Votorantim, uma empresa honrada de família que não deixava de cumprir seus compromissos com seus funcionários, mesmo estando em situação financeira difícil, nossos equipamentos estão um lixo, quebram toda hora por falta de manutenção e sobressalentes , estamos vivendo de improviso para operar, essa é a Arcelor Mittal que sacaneou muitos trabalhadores que foram demitidos não fazendo pagamento do que deviam e agora promete gerar emprego. Uma coisa é certa estão cozinhando o município com historinhas de empregos, duvido que vá empregar alguém, venderam máquinas por ordem do CADE e assim que puderem vão repor em locais que não precisam pagar frete, quando fizer isso adeus operadores de Barra mansa. Faça uma pesquisa senhor prefeito, não precisa ir muito longe, na porta da prefeitura aborde um colaborador que use a camisa da Arcelor ,pergunte se ele está satisfeito!!!Essa é a empresa mais bagunçada que um ser humano pode prestar serviço, matam uma pessoa a cada mês com acidente de trabalho justamente por escravizar mão de obra trazendo terror e tortura. Na Votorantim tínhamos nossos superiores que sabiam conversar, viam problemas na área agora temos os desorientados que para se protegerem fazem maldade com funcionários gerando pressão. Herik Marques, se vs é tão bom representante, ça uma pesquisa de clima na empresa , com certeza não esta na sua lista essa ação!! Outro ponto, da uma reavaliada na “MISSÃO, VISÃO E VALORES tem alguns itens que precisam ser retirados”.
      1) Fazer da Empresa um lugar entusiasmante para trabalhar – Pergunta lá quem est
      á entusiasmado!!
      • 2)- Segurança é prioridade máxima; Nem EPI estamos conseguindo pegar em tempo hábil!!
      Da uma olhadinha no código de conduta também, tivemos colaborador humilhado pelo gerente ao ponto de pedir para ser desligado da laminação de Resende e no entanto o Gerente continua empregado, e essa a visão que vocês passam para os empregados , de pessoas mal caráter

Untitled Document