sexta-feira, 23 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Prefeitura alerta para restrição de tráfego de veículos pesados em Volta Redonda

Prefeitura alerta para restrição de tráfego de veículos pesados em Volta Redonda

Matéria publicada em 1 de janeiro de 2019, 15:58 horas

 


Volta Redonda – Os principais acessos a Volta Redonda já receberam a sinalização que indica a restrição do tráfego de veículos pesados no perímetro urbano do município. De acordo com o decreto nº 14.453 de 2017, fica restrito o tráfego de automotores pesados, do tipo caminhão dentro do município e a nova regra passou a valer nesta terça-feira, dia 1º.

Os veículos pesados como guinchos e outros, empregados em serviços essenciais e de emergência poderão continuar circulando normalmente por dentro da cidade. A fiscalização caberá a Guarda Municipal com a participação da secretaria municipal de Transporte e Mobilidade Urbana (STMU), que já instalou placas alertando sobre a mudança na Rua 207, bairro Dom Bosco, Rodovia dos Metalúrgicos e Vila Elmira.

O secretário da STMU, Mauricio Batista, explicou que uma rota alternativa para os motoristas de caminhão é a Rodovia do Contorno. “Caso o motorista não cumpra o decreto fica estabelecido à punição já através do Código Nacional de Trânsito. Para orientar os motoristas está sendo realizadas campanhas com o intuito de que se utilize a Rodovia do Contorno”, disse.

A restrição não se aplica aos veículos pesados como guinchos e outros, empregados em serviços essenciais e de emergência. A fiscalização caberá a Guarda Municipal com a participação da secretaria municipal de Transporte e Mobilidade Urbana (STMU).

Batista explicou que os caminhões de entrega para as empresas vão poder trafegar normalmente por Volta Redonda, só precisam estar portando nota fiscal do produto e documentação em dia do veículo.

– Já aqueles que não estiverem vindo realizar entregas de mercadoria ou saindo da cidade para entregar em outros lugares, não poderão trafegar por dentro do município – explicou, alertando que caso o motorista não cumpra o decreto fica estabelecida punição prevista no Código Nacional de Trânsito.

O prefeito Samuca Silva afirmou que a medida vai otimizar a utilização da Rodovia do Contorno, implantada exatamente com o objetivo de tirar o tráfego de veículos pesados de dentro de Volta Redonda e dar mais fluidez ao trânsito no perímetro urbano. “A Rodovia do Contorno foi uma conquista e temos que tirar todo benefício que pode proporcionar ao município”, destacou.

Ele acrescentou que a partir do dia primeiro de janeiro a Guarda Municipal vai fiscalizar e orientar os motoristas nas principais saídas e entradas da cidade. “Serão colocados postos da Guarda Municipal nas principais saídas e entradas da cidade como: 207, São Luís e Vila Rica para que oriente e fiscalizem a entrada de veículos pesados em Volta Redonda”.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

18 comentários

  1. Avatar
    Aldo César Baltazar Maciel

    Me expliquem como os caminhões que sairem do pátio de carregamento da CSN no conforto e irão em direção a barra do pirai não vão poder mais usar a BR 393 passando em frente a rodoviária de volta redonda? Cabe essa restrição somente em via municipal ou se preferir dispõe nas BRs federais também? Alguém pode explicar ,por favor?

    • Avatar

      A matéria é clara: a restrição só vale para veículos que não se destinam a VR. O local da entrega não importa…

  2. Avatar

    É pra rir né? Só pode rsrs

    Os guardas dessa cidade não serve pra nada !!

    Nem os flanelinhas da Villa eles conseguem tirar de lá , quem dirá fiscalizar caminhões .

  3. Avatar

    O cruzamento ao lado do bar do Guedes está proibido de virar a esquerda sentido de quem vem do Domingos Maia,agora para acessar a rodovia dos metalúrgicos tem que dar a volta pelo são Geraldo,passando por quatro cruzamentos, solução seria sinal com tempo diferente de quem vem da rua da igreja, será tão difícil??????

  4. Avatar

    É inconstitucional o decreto nº 14.453 de 2017, uma vez que o legislador municipal resolveu legislar sobre “trânsito de veículos automotores do tipo caminhão”, bem como pelo fato da competência para legislar sobre trânsito ser privativa da União, conforme previsão expressa do artigo 22, inciso XI da Constituição Federal.
    O decreto nº 14.453 de 2017, ainda, que vire Lei Municipal não define as restrições de trânsito que somente seriam admissíveis se previstas em lei, pois a Constituição Federal no seu artigo 5o, inciso II, estabelece que ninguém pode ser obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei.
    Como decreto não é lei, entende que as definições das restrições no decreto de nada valem, pois deveriam elas estar expressas em lei. É o princípio da legalidade que se aplica a toda e qualquer regra de restrição dos direitos individuais garantidos na Carta Magna. Restrição desses direitos somente se admite se prevista em lei e ainda assim sujeita ao controle jurisdicional de sua razoabilidade, proporcionalidade, proteção de um bem jurídico maior e não ser simplesmente um abuso de poder.

    • Avatar
      Darlan correa motta

      Fala isso com são Paulo então.. pq lá tbm é assim… Lá n pode entrar e os de entrega tem hora certa p poder fazer entregas…

    • Avatar

      Decreto é algo instituído para fazer valer uma lei. O CBT, com respaldo constitucional, define bem as atribuições dos municípios na questão viária, mormente na engenharia de trânsito, disciplinamento e racionalização… Via municipal é da alçada do municipio, que não pode proibir o ir e vir, mas disciplinar sim. Centenas de municípios proíbem ou restringem o trânsito de caminhoes em algumas zonas desde muitos anos. VR ainda tem atenuante por apresentar alternativa de fluxo sobre a qual não pode transigir (via federal)…

      Tua teoria cai por terra. Vc é livre para fazer o que quiser, ir e voltar de onde quiser, mas não do jeito que quiser. Democracia não é anarquia!!!…

  5. Avatar

    Pelo centro de Barra Mansa não precisa proibir, todo motorista que não é obrigado a ir para lá quer evitar aquela muvuca.

  6. Avatar

    A guarda municipal não fiscaliza nada os guarda sumiram da cidade tudo vai ficar como está uma bagunça.Transito estacionamento irregular e caminhões transitando normalmente dentro do município.Esta admistracao municipal acabou com nossa cidade

  7. Avatar
    Marcos Otávio de Barros

    Creio que a instalação de placas na via Dutra no sentido Rio na altura de Barra Mansa, e principalmente antes da entrada de Volta Redonda (via 207), avisando da nova rota, resolverá o problema evitando desgastes desnecessário. Tenho certeza de que não há nenhum motorista carreteiro que deseje passar por dentro de cidades com seus possantes pesados e grandes, sabendo que há outros caminhos, que os levam a seus destinos mais rápido e com menos transtornos.

  8. Avatar

    Não pode ser radical com os veículos com carga que vão ou vêm para empresas de Barra Mansa. A Saint Gobain, no Barbará, por exemplo, recebe e despacha muitos produtos pela BR-393 Norte.

  9. Avatar

    Rapaz, na boa, sei que o cara ta lutando pra viver mais, eu tambem estou tem um caminhao igual aquele que bateu na ponte, que nãoi devia circular em volta redonda, esta soltando fumaça NEGRA, fedorenta, anda a 20km por hora e ta soltando peça na rodovia.
    Fiquei internado por causa dele e vou lutar pra que ele nao circule mais com aquela porcaria pois tenho asma, e minha asma nem é tao severa, mais se tornou severa depois de ficar atras desse cara, que ta com o imposto vencido a mais de 10 anos.

    • Avatar

      E agora sem vistoria para as carroças

    • Avatar
      Aldo César Baltazar Maciel

      Fecha a CSN então que joga milhões de gases no ar e em questão de peças soltas na via peça para ser reparadas os quebra molas e as vias esburacadas . E quando for ao mercado comprar seu mantimento peça ao caminhão pra deixar de abastecer o mercado.

  10. Avatar

    Eu tô pagando pra ver a guarda municipal dar conta dessa fiscalização, já que não aparecem nem para organizar o trânsito quando tem semáforos quebrados ou coisas do tipo. Multar os estacionamentos irregulares, nem pensar. Mesmo assim, espero que dê certo.

Untitled Document