quinta-feira, 17 de outubro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Prefeitura de Quatis reforça limpeza urbana

Prefeitura de Quatis reforça limpeza urbana

Matéria publicada em 17 de setembro de 2019, 10:55 horas

 


Objetivo é diminuir os focos de dengue na cidade

Quatis – A Prefeitura de Quatis começou a reforçar os serviços de limpeza urbana, na última segunda-feira (16), para evitar casos de dengue na cidade. Uma equipe forma por 13 trabalhadores, sendo cinco operários encarregados da capina, dois roçadores, dois motoristas, dois ajudantes, um operador de máquina e um varredor, deu continuidade aos serviços, bairro Jardim Independência, que recebeu limpeza urbana na semana passada.

As operações de limpeza nas comunidades fazem parte de um programa, que é voltado para retirada de entulhos e lixos da cidade. A partir do mês de setembro, os trabalhos serão reforçados para ampliar a prevenção contra o surgimento de focos do Aedes Aegpyti, mosquito responsável pela transmissão da chikungunya, dengue e zika.

O reforço das operações de limpeza urbana em Quatis foi incentivado pela campanha “E você? Já combateu o mosquito hoje? A mudança começa por você”, lançada na semana passada, pelo Ministério da Saúde, em Brasília.

A coordenadora do Serviço de Vigilância Sanitária e Ambiental, Marta Pires, comentou que os números relacionados às doenças provocadas pelo mosquito representam alerta.

– Os números representam um alerta sobre a gravidade da situação no país, daí a necessidade de reforçar os cuidados visando diminuir os riscos de formação dos focos de dengue, zika e chikungunya, especialmente com a chegada do verão e do período em que a intensidade das chuvas costuma ser maior – explicou Marta Pires.

De acordo com o Ministério da Saúde, entre os dias 1º e 24 de agosto deste ano, o número de casos confirmados da dengue no país cresceu 600 por cento, passando de 205.791 para 1.439.471. Em 2019, foram registrados 591 mortes por causa da doença, e no mesmo período 76.742 casos de chikungunya contra 110.627, aumento de 44,21 por cento.

– A nossa recomendação vai além de eliminar todos os objetos com água parada nos imóveis residenciais, nas repartições públicas e nos estabelecimentos comerciais, entre outros locais. É preciso, por exemplo, lavar com água e sábado, pelo menos uma vez na semana, os recipientes que possam acumular água, como, por exemplo, os vasos de planta. Tão importante quanto essa providência, torna-se necessário ainda limpar os mesmos recipientes com escova – concluiu a coordenadora de Vigilância Sanitária e Ambiental do Município.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document