sábado, 7 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Obras na Água Limpa devem terminar dentro de dois meses

Obras na Água Limpa devem terminar dentro de dois meses

Matéria publicada em 22 de junho de 2019, 09:17 horas

 


Foram investidos R$ 240 mil para acabar com inundação de rua e garantir segurança para 50 famílias

Obras no bairro Água Limpa, em Volta Redonda, são realizadas pelo  Furban
(Foto: ASCOM/VR)

Volta Redonda – Equipes do Furban (Fundo Comunitário de Volta Redonda) realizaram obras nas alamedas 1, 2, 3, próximo a Rua Travessa Visconde do Rio Branco, e na Rua Eloi Pereira Pimentel, no bairro Água Limpa. As obras foram inspecionadas pelo diretor geral do Furban, Ronie de Oliveira Machado. O diretor afirmou que a obra termina no prazo máximo de 60 dias.
A nova rede de água pluvial conta com manilhas de 80 mm e de caixas coletoras para captação de água. As obras na rua também vão garantir uma nova pavimentação de asfalto que será providenciado pela secretaria municipal de Infraestrutura e sinalização viária horizontal pela secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana.
O prefeito Samuca Silva comentou que assumiu um compromisso de solucionar a questão da drenagem de água na Rua Eloi Pereira.
– São problemas antigos que estão sendo resolvidos. As obras nas servidões vão melhorar os acessos aos núcleos informais, isto significa pensar no morador, resgatar a sua dignidade e garantir a qualidade de vida pela ação pública – explicou Samuca.
Ronie Machado disse que o orçamento previsto inicialmente seria de R$ 600 mil com recursos do município, mas com uma ação em conjunto das secretarias Infraestrutura, Transporte e Mobilidade, e Fundo Comunitário, o investimento terá uma economia nos custos sem comprometer a qualidade das obras no valor de R$ 240 mil.
Maria do Carmo Lacerda Claro, moradora há mais de 30 anos da rua, de 64 anos, comenta sobre a obra.
– Entra prefeito, sai prefeito, e a solução não aparecia. Há muitos anos que a gente vinha pedindo isto porque já ficamos ilhados, sem poder sair de casa durante uma inundação porque a água ficava parada e subindo. Isto é muito sofrimento. Que bom que agora tem a solução e vai melhorar mil por cento – alegou Maria do Carmo.
Já nas Alamedas 1,2 e 3 da Travessa Visconde do Rio Branco, ainda no bairro Água Limpa, são mais de R$ 90 mil investidos para melhoria do acesso. A chuva que caiu no dia 7 de abril derrubou um muro de contenção para dentro do pátio da Escola Municipal Professora Juracy Varanda, obstruindo a entrada das servidões, que causou deslizamento da rede pluvial, derrubando também o poste da energia que já foi trocado pela concessionária por um poste de fibra.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document