domingo, 26 de janeiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Preso ex-namorado suspeito de matar mulher no bairro Aero Clube

Preso ex-namorado suspeito de matar mulher no bairro Aero Clube

Matéria publicada em 21 de novembro de 2019, 19:20 horas

 


Ele estava com passagem comprada para Portugal; amigo dele que teria ajudado a assassinar vítima com um tiro na cabeça também foi preso

Revólver calibre 38 foi utilizado no crime (Foto: Pollyanna Moura)

Volta Redonda – A Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira (21) dois suspeitos de terem envolvimento no assassinato de Sirlene Ferreira de Lacerda, de 38 anos, morta com um tiro na cabeça, enquanto seguia para o trabalho, na manhã desta quinta-feira, na Avenida Ministro Salgado Filho, no bairro Aero Clube. O principal suspeito do crime é o ex-namorado da vítima, Elias Paulo Ferreira, de 37 anos, morador do bairro Vale Verde, mesmo local onde Sirlene morava.

Também foi preso Elder Moreira Silva, de 34 anos,  amigo de infância de Elias. Segundo a Polícia Civil, eles estavam juntos no momento do assassinato de Sirlene.  O crime teria sido cometido porque Elias não se conformava com o término do relacionamento, ocorrido em 2017.

Elias vai ser indiciado como autor do crime e Elder como co-autor, segundo informações da polícia.

A prisão é resultado de uma ação conjunta entre a Polícia Civil 93ª DP e a DEAM (Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher). Foram apreendidos ainda a motocicleta (Honda CB300 dourada) do ex-namorado, dois capacetes, um revólver calibre 38, uma munição deflagrada. Na casa de Elias, foi apreendida ainda uma passagem aérea para Portugal.

De acordo com Rodolfo Atala, delegado adjunto da 93ª DP (Volta Redonda), que está investigando o caso junto ao delegado titular da mesma delegacia, Wellington Vieira, os suspeitos são amigos de infância e tinham conhecimento dos horários de Sirlene, que sempre saía para trabalhar às 5h30m. O crime aconteceu aproximadamente às 6 horas.

– Os dois são amigos de infância e planejaram o crime há cerca de 10 dias, enquanto tomavam cerveja. Após a ideia, ambos montaram um plano, onde Elias usaria um carro e, juntos, matariam Sirlene na porta de sua casa. Posteriormente, sumiriam com o carro. Esse era o plano inicial. Ontem (quarta-feira), eles se encontraram novamente e ficaram bebendo até a madrugada. Depois que Elder saiu da CSN, às 19h, se encontrou com o amigo e combinaram como seria o crime. Elias estava ansioso para matá-la e inconformado com o término. Ele estava, inclusive, com uma passagem de ida comprada para fugir para Portugal – disse o delegado.

Motocicleta utilizada durante o crime é do ex-namorado da vítima (Foto: Pollyanna Moura)

O plano do crime

De acordo com a polícia, uma equipe foi até a casa de Elias, onde ocorreu a prisão. Inicialmente, ele negou o crime: “Ele simplesmente disse que não tínhamos como provar”, afirmou o delegado, acrescentando que após informações obtidas sobre a possível participação de Elder, o ex-namorado teria confessado. Ainda segundo o delegado, o aparelho celular da vítima foi encontrado com áudios de ameaças feitas por Elias.

De acordo com Atala, Elias tem antecedentes criminais envolvendo a Lei Maria da Penha. Ele teria sido denunciado justamente pela vítima e outras mulheres. Sirlene havia feito um registro contra o ex-namorado em 2017.

Wellington Vieira e Rodolfo Atala falam sobre o caso (Foto: Pollyanna Moura)

– Este não é um fato isolado. Ela já havia sendo perseguida pelo Elias – disse o delegado. E completou: ”Quando ela estava chegando em seu local de trabalho, ela o reconheceu na moto e ficou com medo. Com isso, deu uma volta no quarteirão e percebeu que ele foi atrás. Ela deu a segunda volta e ele continuou perseguindo o veículo. Na terceira vez, ele emparelhou a motocicleta ao carro e tentou fazer com que ela parasse. Nesse momento, ele, pilotando a moto, efetuou um único disparo e a acertou.

Segundo Wellington Vieira, o suspeito estava praticando diversos atos de violência contra a vítima.

– Ele já cometeu vários atos de violência. Já pulou o muro da escola onde ela trabalhava, bateu nela dentro de um refeitório. Ela mudou de escola e ele foi atrás. Perseguia ela em qualquer local e já invadiu a casa dela. Foram vários atos de violência doméstica. Ele, por não aceitar o final do relacionamento, praticava esses atos de violência. Ela sempre quis registrar essas violências, mas testemunhas nos informaram que ela, por medo, voltava atrás – explicou.

De acordo com o delegado titular, a população precisa denunciar casos desse tipo.

– Quem se sentir ameaçado, sofrer qualquer tipo de violência, precisa entrar em contato com a polícia. O único jeito de investigar homicídio é assim: trabalho em conjunto e dedicação total da Delegacia de Volta Redonda, com apoio da Delegacia de Proteção à Mulher – ressaltou Wellington Vieira.

 

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

19 comentários

  1. Avatar

    Daqui a pouco já tá na rua. É só ter bom comportamento dentro da cadeia, virar evangélico e prometer não sair do país. Já já tá livre. Brasil sil sil sil.

  2. Avatar
    Morador de três poços

    O caso estava fácil pra resolver pq segundo a reportagem de ontem o criminoso esteve no local após o crime pra ver se realmente ela tinha mesmo morrido, vagabundo burro agr filhinho vai sentar no colinho dos meninos do presídio se der tenpo né!!

  3. Avatar

    SEM SOMBRA DE DUVIDA TEMOS QUE DAR NOTA 10 PRA OS INVESTIGADORES,,,,(É O F B I DA REGIAO SUL FLUMINENSE). É UMA COISA FORA DO COMUM ,,,,MUITAS MULHERES ESTÃO NA MESMA SITUAÇÃO,,,ACONTECE QUE O MEDO BLOQUEIA A CORAGEM DAS MESMAS . O HOMEM QUE TEM INTELIGENCIA ,,, FORÇA E ESPERANÇA ,,, POR MAIS DIFICIL QUE SEJA TEM QUE SABER QUE A FILA ANDA ,,,NAO DEU CERTO MAIS???? VAI PRA FRENTE A VIDA TEM MUITA SURPRESA PRA TODOS .
    AGORA VAI SOFRER 2 VEZ ,,, MATOU QUEM ELE GOSTAVA ,,,E VAI PRA CELA FICAR ALGUNS ANOS DETIDO

  4. Avatar

    Bom dia ! Parabéns a toda equipe da polícia de Volta Redonda,ótimo trabalho, mas ainda falta o crime de outra mulher do bairro Padre Josímo !

  5. Avatar

    Qd o cara quer a mulher de volta tem q fazer exatamente o contrario. Qual doida vai reatar com alguém que a esta ameaçando? 2 anos e ela só com medo? Devia ter denunciado todas as ameaças, apesar de que talvez não ia adiantar muito ja que nossa “justiça ” é nula.

  6. Avatar

    Eu nao estava acreditando
    Mais depois Que vi o video nao tenho duvidas
    Que eles pagam pelo crime
    Que a policia investigue
    Pra descobrir mais sujeiras desses montros Que se fazia de vitimas

  7. Avatar

    Já já soltam! Acabou prisão em segunda instância. Festa da bandidagem, fruto de uma sociedade que NÃO é conservadora nos costumes e liberal na economia.

  8. Avatar

    Cadê os colegas que criticaram o prefeito é o governador por não fazerem nada? Já pegaram os meliantes.
    Agora caráter, honestidade e princípio de cada um, isso nossos governantes não tem como administrar.
    Não devemos julgar antes de ter certeza. Comum hoje em dia

  9. Avatar

    MAIS UMA VEZ UM CRIME BÁRBARO ENVOLVENDO COLABORADORES DO GATINHO CSN.PARECE QUE A EMPRESA ABANDONOU A ANTIGA PRÁTICA DE RECRUTAR ALUNOS CAPACITADOS DA ETPC PRA RECRUTAR CRIMINOSOS SEM NENHUM PROCESSO SELETIVO.PRA VC QUE É SUPERVISOR E LIDER TOME MUITO CUIDADO ANTES DE BATER BOCA COM PEÃO POIS VC NÃO SABE QUEM É QUEM HOJE EM DIA.

  10. Avatar

    Como sempre as vítimas sempre pedem socorro e nunca são atendidas.

    • Avatar

      Muitas vezes as vítimas vão até a delegacia mas o plantonista cria um monte de empecilhos tipo: tem que ter testemunha, volta amanhã; tá faltando um documento, volta amanhã… E blá blá blá.

  11. Avatar

    Que estes dois vagabundos paguem pela crueldades que fizeram ..Aliás deveriam pagar com a própria vida estes monstros sem recuperação psicopatas .

  12. Avatar
    Parabéns à polícia .

    A polícia prende, em poucos dias a justiça solta… é por isso que as pessoas nem denunciam estes monstros . TINHA QUE APODRECER NA CADEIA .

    Esperamos agora respostas ao crime parecido ocorrido no Padre Josimo . Outra mulher assassinada . Até quando ?

  13. Avatar

    Esses vernes merecem ir pra vala.cadeia e pouco pra esses vermea nogentos, a se tiver homem com sangue no olho na familia da vitima., passa os 2 no cerol.

  14. Avatar

    No dia que for aprovada prisão perpétua ou cadeira elétrica talvez mude essa impunidade. No Brasil quem é penalizado é a vítima, com mutilação, medo ou morte.

  15. Avatar

    Compete à polícia proceder às investigações de forma a que fique provada a culpabilidade dos dois criminosos, caso contrário, logo, logo, os dois serão soltos.

    • Avatar

      ESSA EQUIPE DO DR. WELINGTON É CASACA GROSSA E BANDIDAGEM DA REGIÃO SE LIGA Q BICHO VAI PEGAR MEUS PARABÉNS P TODA EQUIPE DA DEAM. RAPAZIADA PRONTA P DAR A RESPOSTA P SOCIEDADE VAMOS AJUDAR NOSSA POLÍCIA 08000260667..OU 190 OU 197 ESSE É TEIA INVISÍVEL DA 93 DP.

Untitled Document