quinta-feira, 9 de abril de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Preso mais um suspeito de matar cerimonialista em Volta Redonda

Preso mais um suspeito de matar cerimonialista em Volta Redonda

Matéria publicada em 14 de julho de 2019, 14:09 horas

 


Volta Redonda – A Polícia Militar prendeu neste domingo, dia 14, Ronan Rodrigues, suspeito de participação no assassinato da cerimonialista Emiliane Pereira, de 47 anos. A vítima foi morta a tiros no dia 11 de junho, quando chegava num Prisma preto, no Condomínio Ingá II, no bairro Santa Cruz, em Volta Redonda. O disparo perfurou a lataria traseira do carro e atingiu as costas da vítima. Ronan foi preso no mesmo local.

Ronan estava com mandado de prisão em aberto e foi encontrado após trabalho de inteligência do Serviço Reservado (P-2) do 28º Batalhão. Depois de se certificarem da presença do suspeito no condomínio, os policiais pediram reforço e cercaram o bloco onde estava Ronan, que acabou detido.

Os policiais militares também encontraram no estacionamento do condomínio popular, construído pelo governo federal e repassado a famílias com baixa renda, o carro usado por Ronan. O veículo é um Toyota Corolla, com placa clonada, que custa entre R$ 80 mil e R$ 100 mil.

Outro preso

Policias militares prenderam no dia 17 de junho um jovem de 20 anos, também por suspeita de assassinar Emiliane Pereira. O jovem foi preso em Santa Rita de Jacutinga (MG). O suspeito, conhecido como “Leozinho” estava numa pousada e tentou fugir quando observou a chegada dos policiais da 4ª Companhia de Meio Ambiente.  Ele pulou o muro e correu pelo pasto, onde foi alcançado e preso pelos agentes.

Os policiais conseguiram prender o suspeito, após interceptarem a moto pilotada por um comparsa dele. Ele foi abordado quando transitava numa estrada que liga Santa Rita do Jacutinga a Volta Redonda. O rapaz não portava Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O caso

No dia 11 de junho, Emiliane Pereira foi ao condomínio Ingá II acompanhada do marido. Ela teria desobedecido a ordem de traficantes para parar o veículo e os bandidos atiraram contra o carro. Ferida, a mulher perdeu o controle do veículo e bateu num barranco. Ela foi socorrida no Hospital São João Batista, mas não resistiu aos ferimentos.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

8 comentários

  1. Avatar

    Parabéns aos P2 envolvidos na prisão do vagabundo, menos 1 para encher o saco. E lá está lotado deles não aguento mais! Vou embora desse predinho.

  2. Avatar
    capeta da grota do Santa cruz

    tem que amaciar a carne…

  3. Avatar

    AI SIM,,!!!!!!! PARABENS PRA ESSES POLICIAIS ,,,, GRANDES INVESTIGADORES ,,,O NEGOCIO É O SEGUINTE,, HOMICIDA ,, CRIMINOSO ,, CAMBADA DE INDIGENTE QUE NÃO SABE O VALOR QUE TEM A VIDA ,,, TEM QUE SER PERSEGUIDOS E PRESO ,,, E CADA CIDADÃO DE BEM TEM O DEVER DE COOPERAR COM AS AUTORIDADE . #####DISKDENUCIA.

  4. Avatar

    O congresso está votando.quero ver se as reforma vão melhorar a vida do pequeno. Agora tem que ter muita coragem para abrir uma empresa. é fria meu povo. Não abaixa o Gov,Álcool,gasolina.emprego só no UBER.mesmo assim comprando carro fiado.

  5. Avatar

    onde esse verme morava mesmo? ah covil dos bandidos no Inga. Esses abrigos de luxos de bandidos do minha casa minha vida

Untitled Document