>
sábado, 13 de agosto de 2022 - 03:38 h

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / PRF apreende 200 quilos de pasta base de cocaína que seriam entregues no RJ

PRF apreende 200 quilos de pasta base de cocaína que seriam entregues no RJ

Matéria publicada em 1 de dezembro de 2018, 11:03 horas

 


Entorpecente estava escondido em fundo falso de veículo (Foto: Divulgação PRF)

Sul Fluminense – Um carregamento de 200 quilos de pasta base de cocaína foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-393, em Barra do Piraí, na última sexta-feira (30). O flagrante aconteceu aproximadamente por volta das 18 horas. A droga, escondida em um fundo falso de uma van, abasteceria comunidades da capital fluminense.

No início da noite, equipes da PRF fiscalizavam veículos suspeitos quando abordaram a van, que estava sem passageiros. O motorista, de 42 anos, não soube explicar direito o motivo da viagem e acabou entrando em contradição. Em uma consulta aos sistemas de segurança pública, os policiais verificaram que o suspeito já havia sido preso anteriormente por tráfico de entorpecentes e sequestro.

Motorista que conduzia veículo confessou que trazia os entorpecentes de São Paulo (Foto: Divulgação PRF)

Em uma revista mais detalhada, foram encontrados centenas de tabletes de pasta base de cocaína. O motorista acabou confessando que trazia a droga de São Paulo. Ele contou ainda que faria a entrega numa comunidade do Rio de Janeiro, mas não deu mais detalhes.

A ocorrência foi encaminhada à Polícia Federal, na Praça Mauá, no Centro do Rio.

Imagens cedidas pela Polícia Rodoviária Federal.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Assim como armamentos e munição para os traficantes, muita droga passa pela fronteira do Brasil e no mínimo mais dois outros estados antes de chegar ao Rio e só aqui, em território fluminense são feitas grandes apreensões. Outro dia pegaram armas no Galeão que tinham embarcado no Paraná e seriam entregues aos bandidos. Alguém da quadrilha paranaense foi preso?
    Combater só no Rio fica difícil acabar com o fornecimento que mantêm a bandidagem. Inclusive Angra virou entreposto desse comércio ilegal.

  2. Quem seria o financiador desta bagaça?

Untitled Document