quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Primeira edição da ‘Feira de Ciências: JV Sustentável’ acontece nesta terça-feira

Primeira edição da ‘Feira de Ciências: JV Sustentável’ acontece nesta terça-feira

Matéria publicada em 4 de novembro de 2019, 19:02 horas

 


Programação na Escola Municipal Júlio Verne contará com apresentação de orquestra, palestra do Corpo de Bombeiros e várias atividades ecológicas

Resende – A Escola Municipal Júlio Verne, situada no bairro Vicentina, será palco da primeira edição da ‘Feira de Ciências: JV Sustentável’, nesta terça-feira, dia 5. A exposição reunirá uma série de atividades ecológicas, palestra com o Corpo de Bombeiros e apresentação de orquestra, a partir de 9h. Além dos trabalhos desenvolvidos pelos alunos da unidade de ensino, a primeira edição da feira contará com a participação da comunidade. O trabalho faz parte do calendário do ano letivo, organizado pela Secretaria de Educação, da Prefeitura de Resende.

A abertura do evento será às 9h, com a apresentação da Orquestra de Cordas. O grupo é formado por estudantes da Escola Municipal Júlio Verne, E. M. Augusto de Carvalho – Ciep 489 e E. M. Sagrado Coração. Neste evento, somente os alunos da Júlio Verne se apresentarão. Às 9h30, haverá palestra com o comandante do 23º Grupamento de Bombeiro Militar (GBM), com sede em Resende. Serão expostos trabalhos sobre robótica, compostagem e composteira, zoonoses e reaproveitamento de alimentos. Também serão ministradas as seguintes oficinas: Reciclagem de Papel; Brinquedos Recicláveis; Casca de Ovo ‘Pra quê?’; e Tinta de Terra. A mostra contará com o envolvimento da Universidade Estácio de Sá, Guarda Ambiental, Grupo Águas das Agulhas Negras, TV de Compostagem – grupo de Visconde de Mauá – e artesãs da comunidade, que reaproveitam materiais para a confecção de vários produtos.

A comunidade escolar ainda terá a oportunidade de conhecer as Pancs (Plantas Alimentícias Não Convencionais). Outra novidade é a oficina “Orquestrando o Lixo”, que reutiliza materiais para a produção de instrumentos. Esta oficina é ministrada por professoras de música, que atuam na E. M. Júlio Verne.

A diretora da Júlio Verne, Maria Emília Sampaio Rodrigues, explicou que toda a comunidade escolar está envolvida no projeto interdisciplinar, destacando que as atividades desenvolvem as habilidades e competências dos alunos.

– O tema abordado é sustentabilidade. Algumas turmas vão apresentar os trabalhos elaborados com seus professores ao longo do ano letivo, enquanto outros estudantes ajudarão na organização do evento. O público externo estará inserido no contexto, fator que proporcionará engajamento escolar e interação cultural. O Corpo de Bombeiros, por exemplo, vai abordar assuntos relacionados às queimadas ilegais, inclusive, sobre a soltura de balões. O principal objetivo deste projeto é conscientizar os alunos quanto à sustentabilidade, fazendo com que reflitam sobre suas escolhas no cotidiano, além de ensiná-los como serem protagonistas em suas vidas sem causar prejuízos ao meio ambiente e à biodiversidade. A feira é o resultado do trabalho realizado durante o ano todo, nas salas de aula – destacou, lembrando que a escola possui 146 alunos do Ensino Fundamental, atualmente.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document