Produtores do PAF recebem repasses do Comitê Guandu por serviços ambientais

Por Otávio de Paiva
76 Visualizações

Foto: Reprodução Comitê Guandu

Paulo de Frontin – Famílias do município de Engenheiro Paulo de Frontin, beneficiadas pelo Programa Produtores de Água e Floresta (PAF), do Comitê Guandu-RJ, vão receber, nesta sexta-feira (25), repasses referentes ao Pagamento por Serviços Ambientais (PSA). Um evento, às 14h, em um salão na Estrada de Sacra Família, 129, em Graminha, marcará o pagamento.

Ao todo serão repassados mais de R$ 77 mil, divididos para 25 produtores rurais do município, que realizam ações de restauração do PAF na sub-bacia do rio Sacra Família. Outros 15 produtores de Mendes e Vassouras, que também integram o programa na região, receberão os pagamentos em breve.

O PAF foi idealizado e é mantido financeiramente pelo Comitê Guandu, sendo executado na região da Sacra Família pela Crescente Fértil, contratada pela Associação Pró-Gestão das Águas da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (Agevap). As prefeituras dos municípios envolvidos também apoiam o progrma. O objetivo é promover a conservação e a recuperação florestal no território da bacia, gerando ganhos ambientais e contribuindo com a qualidade da água que abastece cerca de nove milhões de pessoas na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

“O PAF é uma ferramenta fundamental para conservação e restauração de florestas na região. O mecanismo de PSA é mais que um incentivo. É também o reconhecimento do papel do proprietário rural como ator chave na proteção da vegetação. Os recursos destinados ao programa reduzem perceptivelmente o risco de conversão de uso solo, permitindo processos regenerativos e estimulando os proprietários a adotarem práticas sustentáveis nas propriedades”, destacou o biólogo e técnico ambiental da Crescente Fértil, Renato Fernandes, que contribui na coordenação PAF – Sacra Família.

O programa começou a ser executado na região da Sacra Família, em 2019. Até o momento, segundo Renato, foram realizados três pagamentos, sendo um em cada município – Engenheiro Paulo de Frontin, Mendes e Vassouras.

Além da Sacra Família, o PAF já mudou, desde 2009, a realidade de mais de 5.000 hectares de Mata Atlântica, aumentando a cobertura florestal e contribuindo para melhoria da qualidade e regularização da produção de água. Com o programa do Comitê Guandu, já são R$ 2,7 milhões repassados a mais de 100 produtores por meio do PSA.

Advertisement

VOCÊ PODE GOSTAR

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

 

(24) 99926-5051 – Jornalismo

 

(24) 99234-8846 – Comercial

 

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2023 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996