quarta-feira, 23 de junho de 2021 - 05:27 h

TEMPO REAL

 

Capa / Saúde / Profissionais na linha de frente de combate à Covid-19 recebem apoio psicológico em Volta Redonda

Profissionais na linha de frente de combate à Covid-19 recebem apoio psicológico em Volta Redonda

Matéria publicada em 5 de maio de 2020, 20:22 horas

 


 

Volta Redonda- Pensando no bem-estar e na saúde mental dos profissionais da saúde que estão na linha de frente no combate à Covid-19, a prefeitura de Volta Redonda está disponibilizando práticas integrativas para minimizar o impacto desse momento para esses profissionais que não podem ficar em isolamento social ou quarentena. A iniciativa é da Secretaria Municipal de Saúde.

Os profissionais passam a contar, a partir desta quarta-feira, dia 6, com atendimento de meditação e auriculoterapia (uma modalidade da acupuntura, onde os pontos terapêuticos se localizam no ouvido e serve para detectar e corrigir desequilíbrios como ansiedade, estresse, insônia e dor, por exemplo).

Poderão ser atendidas as equipes de limpeza, maqueiros, técnicos de enfermagem, enfermeiros, fisioterapeutas, biomédicos, médicos e psicólogos, que estão atuando em ambientes dos serviços da saúde e que também precisam de atenção.

Semanalmente serão disponibilizadas 40 vagas para os profissionais de saúde que deverão marcar as sessões através do telefone: (24) 3339-4271. As consultas acontecem na sede da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos (SMIDH), que fica na Rua Antônio Barreiros, 232, no bairro Nossa Senhora das Graças.

O prefeito Samuca Silva destacou a importância da medida de atenção aos profissionais de saúde.

– Criamos alternativas para promover alguns cuidados essenciais para esses profissionais. Buscamos diversas estratégias para conter o avanço do vírus na nossa cidade como forma de cuidar da população. E não podíamos deixar de fora os cuidados com esses profissionais que estão trabalhando incansavelmente para que todos os pacientes saiam curados dessa doença – disse o prefeito.

O secretário municipal de Saúde, Alfredo Peixoto, lembra que os profissionais de saúde já ganharam a Central de Apoio e Atendimento Psicológico, que está funcionando desde o dia 1º de abril, com um grupo de 40 psicólogos voluntários.

– É muito importante que esses profissionais cuidem de suas necessidades básicas, como higiene, alimentação e descanso e que também se mantenha vinculado a uma rede de apoio. É necessário também manter atividades de lazer e prazerosas – comentou o secretário.

O fisioterapeuta, especialista em acupuntura, Marcelo da Fonseca Pereira, responsável pelos atendimentos de auriculoterapia, explicou o foco do atendimento.

– A acupuntura trabalha, justamente, com o intuito de harmonizar a circulação da energia no corpo para eliminar as doenças ou reduzir alguns sintomas da ansiedade, como ataques de pânico, sensações de incapacidade, o stress e os pensamentos negativos – disse Marcelo.

Já a responsável pelas sessões de meditação, a instrutora de mindfulness, Lucia São Thiago da Costa Pereira, destacou os benefícios da prática.

– Melhora o estado de presença, promovendo maior clareza e percepção de si mesmo e do outro, favorecendo uma atuação mais segura; desenvolve empatia e compaixão, o que melhora o relacionamento interpessoal; ajuda na regulação das emoções, promovendo o auto-cuidado; melhora do padrão do sono, além de atuar na prevenção e controle da síndrome de Bornout – explicou.

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document