terça-feira, 20 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Programa VR Limpa emite 600 notificações em terrenos

Programa VR Limpa emite 600 notificações em terrenos

Matéria publicada em 23 de abril de 2019, 19:21 horas

 


Objetivo é manter limpo todos os terrenos que estão vagos na cidade

Proprietário tem 20 dias para limpar o terreno, caso não cumpra, é multado.
(Foto: Secom)

Volta Redonda –  Com o objetivo de manter limpo todos os terrenos que estão vagos na cidade, a prefeitura de Volta Redonda lançou o Programa VR Limpa, que é um projeto administrado pela secretaria municipal de Meio Ambiente. De acordo com a prefeitura, aproximadamente 600 terrenos já foram notificados, o trabalho de georreferenciamento está dando mais agilidade e efetividade no serviço.

Esse sistema permite que a secretaria acesse as informações de cada dono de lote vago para que seja feito a notificação ou emitido o auto de infração. O fiscal utiliza um aparelho e vai a campo. Quando ele identifica o terreno sujo, é tirada uma coordenada geográfica, que é encaminhada para o sistema gerando automaticamente uma notificação. O proprietário tem 20 dias para limpar o terreno, dali para frente ele não será mais notificado, caso ele não cumpra a notificação, o proprietário vai receber o auto de infração com uma multa de quase R$ 600 reais.
O secretário municipal de Meio Ambiente, Maurício Ruíz, disse que esse é um trabalho que faz parte de uma série de ações que vem sendo realizada para tornar mais efetiva a fiscalização de áreas que precisam ser limpas pelos proprietários na cidade.

– Esse trabalho é importante porque quando esses terrenos estão com muito mato eles acabam atraindo animais peçonhentos, além disso, no período da seca fica mais suscetível ao fogo e os terrenos sujos acabam gerando insegurança para a população, aumentando risco de furtos e de áreas sombreadas. Para combater essa situação, a SMMA construiu uma base de dados com um novo sistema para poder fazer com que seja mais eficiente a identificação e fiscalização desses terrenos – afirmou Maurício explicando que essa base já identificou quase três mil lotes vagos.

– Quero pedir muito para vocês proprietários de terrenos vazios, que mantenha os locais limpos. E pedir a população que denuncie através do aplicativo Fiscaliza VR, onde faremos uma visita para verificar a situação. Já emitimos quase 600 notificações, mas o apoio da população é fundamental para o prosseguimento desse serviço – completou Maurício.

Essa fiscalização foi reformulada para que se tornasse mais efetiva, além de colaborar para a ampliação da base de dados da prefeitura. O objetivo é criar um histórico de cada lote/terreno e permitir que, de tempos em tempos, a secretaria de Meio Ambiente possa mandar a notificação para que o proprietário faça a limpeza no período correto.

Para o prefeito Samuca Silva, foi fundamental o trabalho em conjunto entre as secretarias de Fazenda e Meio Ambiente, desburocratizando o serviço e ganhando agilidade.
– Queremos dar respostas cada vez mais rápidas para as demandas da população. Realizar o trabalho através do uso de novas técnicas e metodologias colabora para isso e estamos avançando para melhorar a qualidade de vida do cidadão de Volta Redonda – afirmou Samuca Silva.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. Avatar

    A prefeitura tá esquecendo de fiscalizar a Parque das Garças no Roma, está cheio de terreno assim sujo com mato até nas calçadas.

  2. Avatar

    O parque das garças(Roma), deve ser o maior fornecedor de animais peçonhentos e mosquitos da dengue da cidade, pois o q não falta, são terrenos sujos e sem capina, tem terreno q já se formou até uma lagoa, coloca aí o tel. Para denúncias….

  3. Avatar

    E NO BAIRRO MONTE CASTELO NA RUA MOURILIO GOMES DA SILVEIRA PROXIMO A IGREJA IPEVE SOCORRO.

  4. Avatar

    A reportagem deveria informar o número do disk denúncia.

  5. Avatar

    La no jardim primavera (vila mury) tem um as moscas… quero ver ir lá

  6. Avatar

    Tem um terreno em baixo da ponte que liga Niterói com aterrado esta cheio de entulho. Aterrado atrás da universidade ugb jogam muito entulho.

Untitled Document