Projeto da Apadefi é aprovado no Conselho da Criança e do Adolescente

Recursos ajudaram na contração de fisioterapeutas, professores, auxiliares educacionais, musicoterapeutas; setores de terapia com cães; psicologia; educação física, psicopedagogia e coordenação técnica também foram beneficiados

by Mayra Gomes

Foto: Divulgação

Volta Redonda – A Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Físicos (Apadefi), em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Volta Redonda, tem realizado projetos e atividades que impactam a saúde e a educação dos usuários da instituição.

No último edital, disponibilizado pelo CMDCA, em 2023, a associação se inscreveu com o projeto ‘Reabilitar e Desenvolver’, sendo aprovado para receber recursos que foram doados por pessoas físicas e jurídicas no ato da declaração do Imposto de Renda. Os recursos ajudam na continuidade dos atendimentos em diversas especialidades médicas e educacionais.

O projeto atende jovens em várias áreas de desenvolvimento e, com o recurso disponibilizado pelo Conselho, novos profissionais foram contratados para melhorar os serviços ofertados pela instituição.

As contratações atenderam a fisioterapia; setor educacional (professores e auxiliar educacional); musicoterapia; arteterapia; terapia com cães; psicologia; educação física, psicopedagogia e coordenação técnica. Dessa forma, o usuário da Apadefi tem mais possibilidade de tratamento e desenvolvimento educacional.

O coordenador Executivo da Apadefi, Rodolfo Levenhagem, destacou a importância da parceria entre a Apadefi e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

“As doações feitas por pessoas físicas e jurídicas no ato da declaração do Imposto de Renda são de extrema importância para ajudar na elaboração dos projetos e programas que a Apadefi oferta para à população”, disse Rodolfo.

Além de crianças e adolescentes, a Apadefi também oferece auxílio aos responsáveis, através do projeto ‘Cuidando de quem Cuida’ com sessões de psicoterapia em grupo, que tem como objetivo priorizar a saúde mental daqueles que estão na “linha de frente” do cuidado de seus filhos e parentes deficientes.

 

Incentivo social em Volta Redonda: doações beneficiam entidades municipais

Os conselhos municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDDPI) realizam a gestão do Finad e do FMDI, respectivamente. As verbas são reservadas para as organizações da sociedade civil registradas nos conselhos que atendam a crianças/adolescentes e idosos no município. O processo de seleção de projetos acontece através de Edital de Chamamento Público, e sua prestação de contas é analisada pelo Tribunal de Contas do Estado; a fiscalização é realizada pelo Ministério Público estadual.

Contas para depósito (Pessoa Física ou Jurídica):

Criança e adolescente: Banco 104 – Caixa Econômica Federal, Agência 4375, Código da Operação: 006, Conta Corrente: 00000001-9, CNPJ: 39.560.297/0001-85.

Pessoa Idosa: Banco 104 – Caixa Econômica Federal, Agência 4375, Código da Operação: 006, Conta Corrente: 00000008-6, CNPJ: 15.283.545/0001-20.

Para emissão do Recibo de Destinação (pessoa física e pessoa jurídica), deve-se seguir o mesmo trâmite das pessoas físicas, desde que envie por e-mail o número do CNPJ.

 

 

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996