quinta-feira, 22 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Projeto social beneficia cerca de 1,2 mil pessoas em 2018

Projeto social beneficia cerca de 1,2 mil pessoas em 2018

Matéria publicada em 19 de janeiro de 2019, 10:38 horas

 


Ações são desenvolvidas pela Igreja Projeto Vida desde 2007; há projetos que atendem grávidas, crianças e dependentes químicos

Atualmente o projeto atende 120 famílias em três polos localizados nos bairros Padre Josimo, Belmonte e Três Poços
(Foto: Júlio Amaral)

Volta Redonda- O projeto social “Eu Pratico Esperança” surgiu a partir da observação de necessidades das pessoas carentes e das comunidades vizinhas que frequentam a Igreja Projeto Vida. De acordo com o Pastor Deivid de Souza, coordenador geral do projeto, as atividades começaram efetivamente em 2007 e na época recebeu o nome “Resgate”. Somente a partir de 2010 ganhou o nome atual e passou a atender ainda mais famílias.
– Antes da criação do projeto, as ações sociais e ajuda as comunidades carentes não tinham uma coordenação única e específica, mas após ouvir o clamor da comunidade e suas diversas necessidades, surgiu a ideia de se criar o projeto. Com isso foi-se ampliando cada vez mais, e hoje tem como base a entrega de cestas básicas para famílias cadastradas nos polos da Esperança, compostos pelos agentes dos bairros assistidos – destacou o pastor, que é também responsável pelas ações sociais da Igreja.
Segundo Deivid, atualmente o projeto atende cerca de 120 famílias em três polos localizados nos bairros Padre Josimo, Belmonte e no conjunto Minha Casa, Minha Vida no bairro Três Poços. Ao todo, são quase 400 pessoas só nesses polos.
– Já no polo matriz na própria igreja são entregues cerca de 30 cestas básicas mensais. E além das entregas dos materiais alimentícios, o projeto também trabalha com assistencialismo realizando orientações jurídicas. Além de assistência psicológica, social e atendimento odontológico. Só em 2018 foram entregues mais de mil cestas básicas e cerca de 1.200 pessoas foram atendidas por todas as ações do projeto – declarou.

Projeto ‘Fruto do Ventre’

O Pastor Deivid lembrou que outra ação social de destaque da igreja é conhecida como “Fruto do Ventre”, que consiste no atendimento a gestantes, através de encaminhamentos para exames de pré-natal, assistência psicológica, assistência para encaminhamento de outros procedimentos médicos, alimentação, doação de leite e enxoval.
– Dentro do projeto “Eu Pratico Esperança”, também existe a comunidade terapêutica ‘Resgate’, que nada mais é do que uma ação social, que ajuda dependentes químicos. Atualmente, esta ação atende 35 dependentes químicos e funciona em Vassouras, onde eles são tratados por um período de seis meses com terapia ocupacional – afirmou o pastor.
Outra ação do projeto destacou o pastor, é a “Arte Terapia”, oferecida junto a crianças e adolescentes do bairro Padre Josimo, onde visa estimular o crescimento interior, abrir novos horizontes e ampliar a consciência do indivíduo através de modalidades expressivas como pintura, modelagem, colagem, desenho, tecelagem, expressão corporal, som, músicas e criação de personagens.

Nova ação

A mais recente ação social do projeto se chama “Casa da Esperança” e consiste em reformar a casa de uma família que foi assistida durante um ano pelo projeto social.
– Tendo como objetivo trazer dignidade de moradia e esperança as famílias carentes da igreja, é uma ação recente que se iniciou em dezembro e no momento só teve uma casa contemplada. Esta primeira família é do bairro Getúlio Vargas, em Barra Mansa, e é formada por um casal e três filhos. Já na próxima reforma a casa contemplada será escolhida por sorteio entre os candidatos. A nossa meta é reformar três casas de famílias atendidas por ano – confirmou o pastor e coordenador geral do projeto social.
O coordenador social detalhou que o projeto “Eu Pratico Esperança” é mantido pela Igreja Projeto Vida através da ajuda de seus membros, além da parceria de empresas privadas, que doam cestas básicas e materiais diversos.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar
    Marinez Rodrigues Silva

    Parabéns pelo projeto, a sociedade
    brasileira com tanta desigualdade precisa de ações solidárias de impacto que gerem esperança!!

  2. Avatar

    Parabéns a todos os envolvidos.

Untitled Document