sábado, 20 de outubro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Política / PSOL vai confirmar Guilherme Boulos como candidato à Presidência

PSOL vai confirmar Guilherme Boulos como candidato à Presidência

Matéria publicada em 21 de julho de 2018, 12:02 horas

 


Foto: TV Brasil/ABr

São Paulo – O PSOL confirma neste sábado (21), durante convenção na capital paulista, a escolha de Guilherme Boulos como candidato à presidência da República, nas eleições de outubro. A chapa será composta por Sônia Guajajara, que será a candidata à vice-presidência. Participam da convenção 61 membros do diretório nacional além de parlamentares do partido, de pré-candidatos aos governos estaduais, à Câmara dos Deputados, ao Senado Federal e às assembleias legislativas. A assessoria do PSOL também divulga a presença de militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) e de organizações indígenas.

Guilherme Boulos nasceu na capital paulista, tem 35 anos, é filho de dois médicos e professores da Universidade de São Paulo (USP). É filósofo formado pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, na qual ingressou no ano 2000. Também é psicanalista, professor e escritor. Sua vida política começou em 1997, aos 15 anos, quando ingressou no movimento estudantil como militante na União da Juventude Comunista (UJC). Depois conheceu o Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) e o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), do qual é coordenador.

Sônia Guajajara é índigena e faz parte do povo Guajajara/Tentehar, da Terra Indígena Arariboia, no Maranhão. Filha de pais analfabetos, ela deixou suas origens pela primeira vez aos 15 anos, quando recebeu ajuda da Fundação Nacional do Índio (Funai) para cursar o ensino médio em Minas Gerais. Depois, voltou para o Maranhão, onde se formou em Letras e Enfermagem e fez pós-graduação em Educação Especial. Militante indígena e ambiental já lutou contra projetos que ameaçavam o meio ambiente, ganhando projeção internacional pela luta travada em nome dos direitos dos índios e voz ativa no Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU).

  • As informações são da Agência Brasil, por Flávia Albuquerque

Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

14 comentários

  1. Esses vagabundos não estão interessados em serem eleitos, querem é a verba partidária para a campanha, que sai de nossos bolsos. São cânceres sociais, só servem para consumir o que não produzem.

  2. Não vai fazer nem pro café, isto ai é só para meter a mão no dinheiro público, tanto candidato, maneira criada para roubar dinheiro que deveria ir para Educação, Saúde e Segurança que está tudo numa vergonha. Para os politicos o quanto pior melhor. Fazer o que né o eleitor acredita

  3. Nem 1 % de votos.

  4. Defende Lula e quer transformar o Brasil numa grande Venezuela!

    É líder do Movimento dos sem teto em São Paulo e quando pegou fogo no prédio invadido, ele estava na Suíça e não foi visitar os desalojados, que estavam na praça acampados!
    Como diria Boris Casoy: “Isso é uma vergonha!”

  5. Acho patético o medo que os direitistas tem do PSOL. Em todas democracias existem esse tipo de partido com ideais. No RJ o PSOL sempre fez um brilhante trabalho de oposição ao Cabral, Picianni e recentemente a bizonhice que o Crivella fez. É preciso saber julgar separando o idealismo das ações do PSOL. Podem até não concordar com o idealismo mas o Freixo e o Tarcísio defendem muito mais o povo do que o PMDB.

    • Não existe político que defende o povo neste país, isso já é mais do que provado e certo. Este partido não oferece uma bandeira para um país seguro e correto, oferece a anarquia, busca sempre mostrar o lado ruim dos outros, não que não seja certo, porém fazer os outros de vilões e se mostrarem os salvadores da pátria é uma tática bem comum da política brasileira. A proposta desse partido é a anarquia, coisa que detesto, pois anarquia é a bagunça completa e a inversão dos valores.

    • Brasil melhor sem mentiras

      Não é questão de ser direita e de conhecer o plano de governo dessas pessoas. PT, PSOL – Escuta o que eles dissem( é sempre lindo), mais veja o que eles fazem.(É sempre contrário do que falam ou prometem). Leia, pesquise, puxe fonte de informação seria, veja o que é realmente sério.

  6. Até o Boulos sabe que ele não ganharia nem se disputasse sozinho. Mas o mais triste é que um sujeito desse ainda consiga algumas centenas de milhares de votos, assim como Manuela Davila também. Uma ideologia tão comprovadamente fracassada, tão danosa e que ainda assim consegue fazer a cabeça de muita gente ainda. E esses 1 ou 2% que Boulos/Manuela possuem não devem ser ignorados, esse pequeno eleitorado representa uma minoria organizada e barulhenta, sindicalistas, ativistas, professores, presidentes de ONGs, artistas e etc., mas nenhuma delas empregam sequer um funcionário ou produzem algo, mas são pessoas que possuem meios de propagar essas ideias.

  7. Imaginem o ministério que um candidato desse teria, José Rainha na agricultura, Zé Dirceu na Fazenda, Zé Jenuino na planejamento, Wagner Freitas da CUT no ministério do trabalho, Zanin na justiça, Dilma Rousseff na Educação, Lula na casa civil após ser anistiado, chega, é apavorante só de pensar no quadrilhão que comandaria o país. Por isso caro eleitor, pense muito antes de votar…

    • infelizmente muita gente não pensa e não procura uma forma de pensar por si só, acompanha sempre promessas.

  8. Fica imaginando o que um sujeito como esse se tornasse presidente, com base em ideias esquerdistas, que já são mais do que provadas serem um grande fracasso, é só ver casos como venezuela e mais recentemente nicaraguá, seria um belo caos no país, iriam colocar esse país abaixo, sei que é preciso fazer pelos mais pobres, porém o que pode e deve ser feito é dar oportunidades, trabalho e não colocar o povo em um cilo vicioso de pobreza oferecendo-os esmolas, essa é a ideologia oculta malévola da esquerda em todo o mundo seu lema é ou está com a gente ou cortamos a sua língua, essa é a filosofia deles.

  9. 13 anos do PT no governo e a reforma agrária não foi realizada.
    É muito triste termos candidatos assim.

  10. É BOLSONARO

  11. Verdadeiro câncer. Marginal.

Untitled Document