quinta-feira, 27 de janeiro de 2022 - 12:24 h

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / Raimundo Lira é eleito presidente da Comissão do Impeachment no Senado

Raimundo Lira é eleito presidente da Comissão do Impeachment no Senado

Matéria publicada em 26 de abril de 2016, 11:54 horas

 


Brasília – O senador Raimundo Lira (PMDB-PB) acaba de ser eleito presidente da Comissão Especial do Impeachment no Senado. Os parlamentares discutem agora a indicação do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) para a relatoria do processo. As informações são da Agência Brasil.

Assim, passa a contar o prazo de dez dias para que o relator do caso, ainda a ser escolhido, apresente um parecer que precisa ser aprovado por maioria simples, entre os 21 integrantes do colegiado.

Antes mesmo da confirmação do nome de Raimundo Lira (PMDB-PB) para a presidência da comissão, único nome indicado e aclamado por governistas e oposição, uma questão de ordem tumultuou a reunião.

Inclusão de advogado

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), nos primeiros minutos da sessão, apresentou questão de ordem para que seja incluído o nome do advogado Flávio Henrique Costa Pereira, coordenador jurídico nacional do PSDB, como um dos subscritores do pedido que culminou na abertura do processo, ao lado do jurista Hélio Bicudo e dos advogados Miguel Reale Júnior e Janaína Paschoal.

O contraponto foi feito pelo senador Cássio Cunha Lima (PB), líder do PSDB no Senado, que afirmou que Pereira é advogado dos três autores e não subscritor. “É mais uma tentativa de, já no início da sessão, criar obstáculo e impedir o avanço da investigação com esse tipo de chicana”, atacou o parlamentar.

O debate foi interrompido para que Lira fosse oficializado no cargo e retomado em seguida. Depois de solucionar esses questionamentos, os senadores vão escolher o relator do caso. O governo rejeita o nome de Antonio Anastasia (PSDB-MG), única indicação até hoje para o cargo. A votação será nominal.

Antes das 8h, jornalistas já chegavam ao local para tentar garantir um espaço na sala da comissão que tinha vagas limitadas. A Polícia Legislativa do Senado e a Secretaria de Comunicação restringiram a 20 o número de vagas para os profissionais de imprensa, o que causou tumulto.

A Ala Nilo Coelho, do Senado, onde ocorre a sessão, foi bloqueada, provocando uma concentração de pessoas no chamado Túnel do Tempo e alguns jornalistas tentavam, sem sucesso, convencer senadores que entravam na reunião a buscar soluções. Poucos minutos antes do início da sessão, a direção do Senado abriu um plenário ao lado da comissão para que a imprensa acompanhasse os debates por um telão.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. PRENUNCIO DE UM NOVO GOVERNO Q VAI “PRIMAR PELA ÉTICA”.
    01)Dilma cai 02)Todos Empreiteiros são soltos 03)Cunha é absolvido e vira Vice-Presidente “de fato” 04)Lava jato diminui o ritmo 05)As manifestações amarelas da Paulista acabam 06)As acusações contra Temer são esquecidas 07)PSDB sai das sombras e compõe governo do PMDB e DEM 08)Privataria é reiniciada 09)Petrobras é “doada” ao mesmo setor privado que a roubava 10)Bolsa “Esmola” perde folego 11)Bolsa Patrão Amarelo da FIESP é aberta 12)A CPMF é aprovada com voto do PSDB 13)A Crise piora 14)Lula é preso para não ser reeleito 15)Se Ciro ou Marina subirem nas pesquisas, Moro mandará prender ambos 16)Globo e Veja triplicam venda de publicidade ao governo 17)A corrupção deixa de existir, ao menos nos noticiários

  2. O BRASIL NECESSITA ESTUDAR E ENTENDER NAS MENSAGENS. PRIMEIRA COISA A FAZER É ACABAR COM A CONTRIBUIÇÃO SINDICAL OBRIGATÓRIA(DIA DA VIÚVA), TAMBÉM ACABAR COM O TAL FUNDO PARTIDÁRIO (SUGESTÃO: QUE OS FILIADOS PAGUEM MENSALIDADE PARA OS PARTIDOS). TEMOS QUE ACABAR COM ESSE QUASE 40 PARTIDOS (PMB: PARTIDO DA MULHER BRASILEIRA SEM MULHER NO COMANDO) REDE NÃO SEI DE QUE, PPLE ESTA VINDO AI, …….VAMOS USAR ESTE ESPAÇO DO DV PARA DESTACAR NOSSAS IDEIAS.

  3. DILMA, LULA, PT, PCdoB, NÃO TEM MAIS CONDIÇÕES DE GOVERNAR. A DIMA PERDEU OS MINISTROS QUE SERÃO OS HOMENS FORTES DO TEMER. VAMOS RETROCEDER UMA DÉCADA E ESQUECER O FRACASSO DESSE DESGOVERNO.

  4. Espero que os Senadores tenham comprometimento com seu legado e não deixe suas emoções falar mais forte e aplicar somente a lei constituída e justificar os fatos onde os leigos entendam e acabe de vez esta penúria!

Untitled Document