>
quinta-feira, 11 de agosto de 2022 - 03:31 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Representantes de movimento cultural e da cultura negra recebem Medalha Tiradentes post-mortem a Manoel Congo

Representantes de movimento cultural e da cultura negra recebem Medalha Tiradentes post-mortem a Manoel Congo

Matéria publicada em 28 de junho de 2022, 12:00 horas

 


Paty do Alferes – Com programação gratuita para os moradores de Paty do Alferes, o Circuito Manoel Congo, em homenagem a este herói da liberdade, incluiu a entrega póstuma da Medalha Tirantes, maior comenda da Assembleia Legislativa, por representante do deputado estadual Eurico Júnior, ex-prefeito da cidade e incentivador da cultura regional.

O conjunto de medalhas foi entregue por Fernando Queiroz, representado o deputado Eurico Júnior, ao presidente da Sociedade Histórica de Paty do Alferes, Carlos Celino, e ao presidente da UNEGRO-PATY, Joe Ventura, em um tributo post-mortem ao líder do movimento da insurreição que dá nome ao evento.

Além da entrega da medalha, a cerimônia contou com a apresentação do mestre-sala, Rogério Júnior, e da porta-bandeira, Natalia Monteiro da Escola de Samba União de Jacarepaguá, que vai desfilar na Marquês de Sapucaí no ano que vem com enredo que celebrará a importância de Manoel Congo e Marianna Crioula, representantes do movimento libertário da região. Também prestigiaram o evento o diretor de harmonia da União de Jacarepaguá, Márvio Araújo, e o diretor de Carnaval, Camarão Neto.

Reforçando a valorização cultural, o evento conectou a população de Paty do Alferes à relevância histórica dos acontecimentos, por meio de atrações locais, ações culturais idealizadas para os cidadãos e o reconhecimento de quem prestou grandes serviços à causa pública no Estado do Rio de Janeiro.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document