domingo, 20 de setembro de 2020 - 18:19 h

TEMPO REAL

 

Capa / manchete1 / Resende prepara novos mutirões contra dengue

Resende prepara novos mutirões contra dengue

Matéria publicada em 18 de março de 2015, 17:15 horas

 


Cerca de 120 caminhões de lixo foram recolhidos durante a ação no Grande Paraíso

Em campo: Agentes de combate à dengue vão de casa em casa para eliminar possíveis focos do mosquito transmissor (Foto: Divulgação)

Em campo: Agentes de combate à dengue vão de casa em casa para eliminar possíveis focos do mosquito transmissor (Foto: Divulgação)

Resende

A prefeitura intensificou os mutirões de combate à dengue. A ação, que acontecia aos sábados, das 8h às 13h, passou a ser realizada também durante a semana, em dois dias, das 7h às 17h. Com isso, mais bairros serão atendidos com a medida, que tem como objetivo recolher material que acumula água parada das residências e limpar terrenos baldios.
Os bairros Fazenda da Barra I, II e III recebem nesta quinta e sexta-feira, dias 19 e 20 de março, o mutirão de combate à dengue. Os trabalhos, realizados por vigilantes sanitários e funcionários de outras secretarias, acontecem das 7h às 17h. No sábado, dia 21, os trabalhos serão em Engenheiro Passos, das 8h às 13h.
Na última semana, a ação recolheu 116 caminhões e 30 caminhonetes com lixo da região do Grande Paraíso, incluindo os bairros Cabral, Paraíso, Castelo Branco, Alambari e Morro do Cruzeiro.
Segundo a superintendente de Vigilância em Saúde, Lúcia Albuquerque, o objetivo da ação é recolher esse material que pode se tornar criadouro do mosquito transmissor da dengue, como depósitos de plástico, garrafas, pneus, entre outros objetos.
– É importante ressaltar que o foco do mutirão não é retirar entulho e restos de obras. Contamos com a colaboração dos moradores, pois a melhor maneira de combater a doença é a prevenção, ou seja, evitar que o mosquito transmissor se prolifere – destacou a superintendente.
Na ocasião, os moradores vão receber também orientações a respeito dos cuidados necessários para diminuir a incidência de focos do mosquito. Dentro do mutirão, a Prefeitura vai limpar ainda terrenos baldios do bairro. Os proprietários de casas e terrenos abandonados serão multados e a limpeza feita pela Prefeitura será cobrada na dívida ativa do Município. A ação contará com o suporte de nove retroescavadeiras e 18 caminhões.
A iniciativa é coordenada pela Secretaria de Saúde, por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), e conta com a parceria das Secretarias de Serviços Públicos.
O calendário do mutirão será definido semanalmente, com base nos números de casos notificados e o índice de infestação de larvas do mosquito transmissor da dengue. Cerca de 900 casos de dengue já foram confirmados em Resende em 2015 e quase quatro mil casos suspeitos foram notificados, de acordo com estimativas da Secretaria de Saúde.
Durante todo o ano, a Prefeitura realiza medidas de prevenção contra a doença, com as visitas domiciliares aos imóveis do município, ações de bloqueio em residências com suspeita de dengue, palestras e trabalhos educativos, entre outros.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document