sábado, 27 de novembro de 2021 - 23:22 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Rio Barra Mansa transborda e provoca estragos

Rio Barra Mansa transborda e provoca estragos

Matéria publicada em 23 de dezembro de 2019, 10:42 horas

 


Equipes do Saae-BM realizam limpeza nas ruas; após deslizamento de terra uma casa foi interditada pela Defesa Civil no bairro Siderlândia, família está na casa de parentes

Equipes da prefeitura estão realizando limpeza na Rua Florianópolis
(Foto: Paulo Dimas)

Barra Mansa – O Rio Barra Mansa transbordou e causou transtornos para moradores de Barra Mansa no domingo (22). Uma família do bairro Siderlândia ficou desalojada após deslizamento de terra derrubar uma das paredes da casa. Eles estão na casa de parentes no momento. Equipes do Saae-BM (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Barra Mansa) estão realizando limpeza no local desde a manhã desta segunda-feira (23).

O imóvel que foi interditado após queda de uma parede está recebendo nova avaliação de equipes da Defesa Civil para averiguar as condições da casa.

A chuva de ontem alagou parte da principal rua do bairro Nova Esperança, a Florianópolis.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Barra Mansa, Sérgio Mendes, o Serginho Bombeiro, o Rio Barra Mansa transbordou, mas não alagou toda a  principal rua do bairro Nova Esperança.

– O rio subiu 3 metros e 5 centímetros no local em que é feito a mediação, porém isso aqui em baixo não significa muita coisa porque a caia do rio lá em cima é menor do que lá em baixo. Ele transbordou, mas foi parte da rua, nem chegou a cobrir tudo. Tocamos as sirenes porque havia uma previsão de mais chuva, e aí encheria mais – explicou Sérgio.

Um pequeno deslizamento também foi registrado no bairro Vila Independência, porém não gerou muito transtorno. Equipes da Defesa Civil estão atuando nos  realizar novas avaliações e orientar os moradores.

Ainda segundo a Defesa Civil de Barra Mansa, a previsão de chuva para hoje é de 51 milímetros e que o nível do Rio Barra Mansa é considerado “ótimo”, com altura de 1 metro e 96 centímetros.

Agentes da Defesa Civil estão em alerta desde ontem decorrente ao temporal que registrou 68 milímetros de chuva no município.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

7 comentários

  1. Kd as casas q o governo ia dar as famílias

  2. Ué, e a limpeza com a draga que fizeram de maio a junho? Lembro que na época retiraram 117 T O N E L A D A S de entulhos do Rio BM. Se neste local tiver 117 famílias, isto quer dizer que cada uma família jogou 1000 quilos de entulho no rio.

    Venho dizendo aqui há anos que o prefeito tem de tirar essa gente daí, pelo bem da humanidade.

    O prefeito gastou uma fortuna dos meus ALTÍSSIMOS IMPOSTOS equivocadamente. É eles que tem de ser tirados do local, não gastar a cada ano pelo que fazem no local.

    Em VR o prefeito estava disposto a aceitar que os empresários da cidade ocupassem as margens dos rios.

    VAI VENDO aí o que dará se isso acontecer. Ou já foi oficializado e ninguém sabe pq na PMVR não tem TRANSPARÊNCIA. Tem TRANSPARÊNCIA só para o prefeito que confunde com obrigação.

  3. Em pra Volta Redonda que arrumo uma favela pra vocês.
    Esse Rodrigo Drable é mais uma fraude do PMDB.

  4. Pref⁰ Rodrigo Drable, explica pra gente aí, como a licitação de R$ 60.000 feita pelo SAAE, de pula-pula e brinquedo inflável vai ajudar a população?

  5. E o SAAE gastando nosso dinheiro na limpeza das ruas onde
    os moradores insistem em morar em local proibido.
    Até quando ?

  6. Pior ainda é assistir o sec. Furlane fazendo política usando a guarda municipal,como se a guarda fosse desobstruir os bueiros ou impedido os deslizamentos de terras. Devia era ter planejado uma operação preventiva para evitar estes transtornos. A incompetência desse secretário vai tão longe, que o mesmo nunca investiu na segurança pública do município. Só fica exaurindo as verbas e recursos públicos sem retorno para socidade.

Untitled Document