Rio de Janeiro ganha primeiro túnel subterrâneo em seu aniversário

by Diário do Vale
(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Rio de Janeiro –

Em comemoração a seus 450 anos de fundação, o Rio de Janeiro ganhou, neste domingo (1), seu primeiro túnel subterrâneo: o Rio450, que liga a Via Binário, obra viária do Porto Maravilha, à Rua Primeiro de Março, no Centro. A inauguração integrou a programação especial de aniversário, que foi encerrada com a Cerimônia Oficial de Comemoração dos 450 anos, no Palácio da Cidade, em Botafogo. A presidente Dilma Rousseff, o governador Luiz Fernando Pezão e o prefeito Eduardo Paes participaram dos eventos.

Com três faixas em operação em sentido único, do Centro para o Viaduto do Gasômetro, o Túnel Rio450 mede 1.480 metros de extensão e tem capacidade para receber 55 mil veículos por dia. Em paralelo à sua extensão, haverá um túnel auxiliar de segurança de 821 metros com sete entradas e distância máxima de 160 metros entre cada uma.

– Fico feliz de estar no Rio para inaugurar um túnel que preserva todos os edifícios históricos da superfície. O túnel faz parte de um complexo, que é o Porto Maravilha. As intervenções dizem respeito a vários aspectos: um deles é o urbano, que devolve à população aquilo que tem de mais bonito na cidade, que é a combinação entre mar, praia, montanhas e verde. Esse tipo de transformação é importante porque gera emprego, melhores condições de vida, mobilidade urbana e ocupação cultural e de lazer – disse a presidente.

O túnel Rio450 conta com sistema de drenagem de águas pluviais; sistema de combate a incêndios; câmeras de segurança para monitoramento 24 horas por dia; luminárias LED com sistema de telegestão; sensores de qualidade do ar, de visibilidade e detecção de acidentes; painéis para informes de condições de tráfego; e sistema de comunicação direta com o usuário, por meio de telefones instalados no túnel, e megafonia.

– Essa grande obra, que revitaliza a área portuária do Rio de Janeiro, é um sonho de muitos anos. É um presente para toda a cidade, junto com a obra da Linha 4 do Metrô, que recebeu investimento de R$ 9 bilhões e é a maior do estado, atualmente. Essas intervenções na cidade são resultado da união entre os três entes federativos. Essa integração nos permite manter essa capacidade de sonhar, investir e realizar obras. Isso é o que faz o Estado do Rio ter atualmente a maior empregabilidade emregião metropolitana do país, garantindo crescimento e desenvolvimento – ressaltou o governador.

Durante a inauguração, o prefeito do Rio destacou a importância das transformações realizadas na Zona Portuária para ajudar a resgatar a história da cidade.

– Essa cerimônia é voltada para as transformações do Rio. O túnel já era um sonho antigo, que se tornou realidade graças às parcerias. Essa transformação urbana é financiada pela iniciativa privada, mas só é possível pela pujança, força e capacidade do Brasil, e de parceira de governos. Boa parte dos terrenos da região portuária pertencia à União. Aqui está não só a história do Rio, mas também a do país. Essa região tem uma importância histórica, e a Perimetral escondia a ligação da cidade com a sua razão de ser, que é a Baía de Guanabara – disse o prefeito.

Homenagem a personalidades

Depois da inauguração do novo túnel, a Cerimônia Oficial de Comemoração dos 450 anos, no Palácio da Cidade, encerrou a série de eventos pelo aniversário do Rio. Na solenidade, foi entregue a inédita Medalha 1º de Março a personalidades que prestaram bons serviços à cidade, como a presidente Dilma Rousseff; o governador Luiz Fernando Pezão; o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach; e o cardeal arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta.

– É uma emoção muito grande receber, junto com ilustres cariocas e personalidades de outros estados e países, essa homenagem. Ser o governador e poder desfrutar do aniversário do Rio de Janeiro ao lado de pessoas que prestaram importantes serviços à cidade é uma grande alegria – disse o governador.

No evento, foi lançado o Livro de Heróis e Heroínas da Cidade do Rio de Janeiro. Na lista dos homenageados, há representantes da música, escritores, políticos e artistas, eleitos por uma comissão deliberativa. A medalha comemorativa dos 450 anos, feita em parceria com a Casa da Moeda, e o Selo Comemorativo, produzido pelos Correios, também foram apresentados na cerimônia.

Nova sede da Prefeitura do Rio

Na manhã deste domingo, o governador também participou da inauguração do Palácio Rio 450. Localizado em Oswaldo Cruz, na Zona Norte, o casarão de 1920 abriga a terceira sede administrativa da Prefeitura do Rio. As duas sedes que já estão em funcionamento – o Centro Administrativo São Sebastião e o Palácio da Cidade – ficam na Cidade Nova e em Botafogo, respectivamente.

Durante o evento, Pezão, que ganhou um espaço para despachar no Palácio Rio 450, destacou a importância da integração entre os governos estadual e municipal.

– Acho brilhante a ideia do prefeito Eduardo Paes de inaugurar uma sede da prefeitura no subúrbio, de onde vai despachar pelo menos um dia na semana. E para a minha alegria, ainda me disponibilizou uma mesa no Palácio Rio 450. Pretendo vir à nova sede pelo menos de 15 em 15 dias. Essa ação resume o segredo do Rio: a integração entre as esferas de governo, o maior ativo que podemos deixar para as gerações futuras – disse o governador.

Programação incluiu missa e bolo de aniversário

Uma cerimônia cívico-militar, na Fortaleza de São João, na Urca, onde a cidade foi fundada, deu início às comemorações, às 7h. Vinte veleiros, que partiram de Bertioga, em São Paulo, e refizeram o mesmo percurso feito por Estácio de Sá, em 1565, chegaram ao Forte.

Em seguida, foi celebrada uma missa no Santuário Arquidiocesano de São Sebastião, a paróquia dos frades Capuchinhos, na Tijuca, com a presença da primeira-dama do Estado e presidente do RIOSOLIDARIO, Maria Lucia Cautiero Horta Jardim. O cardeal arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, abençoou três relíquias do Rio: a imagem de São Sebastião, padroeiro do Rio; os restos mortais de Estácio de Sá; e a pedra fundamental da fundação da cidade. Os cariocas também ganharam um bolo de 450 metros, que foi cortado no centro do Rio.

You may also like

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996