quarta-feira, 21 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Rodoviária de Volta Redonda aumenta 25% o número de ônibus no feriado

Rodoviária de Volta Redonda aumenta 25% o número de ônibus no feriado

Matéria publicada em 18 de abril de 2019, 19:09 horas

 


Previsão da secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana é de que 10 mil pessoas circulem no terminal de sexta a domingo

Destinos mais procurados são Valença, SP, BH, Barbacena, Viçosa e Juiz de Fora

Volta Redonda- Conforme estatísticas da secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana (STMU) cerca de 10 mil pessoas vão circular no terminal rodoviário de Volta Redonda entre sexta-feira, dia 19, e domingo, dia 21. Entre as cidades mais procuradas estão São Paulo, Valença, Belo Horizonte, Barbacena, Viçosa e Juiz de Fora. A secretaria prevê que uma cota extra de 25% de veículos para o período do feriado será suficiente para atender a demanda.
O secretário da pasta Maurício Batista comentou sobre os horários de maior movimento na rodoviária durante o período do feriado da sexta-feira santa.
– A nossa previsão é de que entre às 16h até às 22h do dia 18, na quinta-feira, tenha bastante movimento. E no domingo, dia 21, entre às 17h e 22h a rodoviária também fique bem movimentada – disse o secretário.
O prefeito Samuca Silva alerta aos passageiros que todos fiquem atentos aos seus horários de viagem.
– Minha orientação é que as pessoas se programem com antecedência e chequem os horários, a fim de evitar contratempos – disse o prefeito.

Serviço

A Rodoviária Prefeito Francisco Torres funciona diariamente e fica localizada na Avenida dos Trabalhadores, nº 333, no bairro Laranjal. Os guichês funcionam diariamente na sede da rodoviária, em horários diversificados que vão até às 22 horas. Os guichês das linhas intermunicipais fecham mais cedo, às 16h, e as vendas de passagens são feitas dentro dos veículos pelos motoristas e trocadores.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

5 comentários

  1. Avatar

    Basta ter um feriadão e a imprensa (em geral) repete as matérias sobre o movimento nas rodoviárias mas nunca um repórter realmente descreve os problemas de desorganização que sempre acontecem. Muitos passageiros se aglomeram desnecessariamente nas plataformas pela falta de um funcionário para organizar o acesso, onibus sem indicação do horário, coisas simples como um funcionário com um mega-fone poderia anunciar o embarque e a guarda municipal se fazer presente nesse caos para evitar a ação de marginais.

  2. Avatar

    O monopólio da viaçao cidade do aço deveria ser fiscalizado pelo Detro pois os ônibus estão em condições precárias e o ar condicionado não funcionam. Ja peguei dois ônibus executivo pro Rio e todos os passageiros sofreram com calor pois não tem janelas para uma emergencia como esta.

    Vergonha

  3. Avatar

    Tenho medo ficar na rodoviaria a noite, parece uma cracolandia

  4. Avatar

    O Prefeito esqueceu de dizer para todos os passageiro fiquem alertas com os malandros ,noias,ratão de duas perna que ficam circulando livremente dentro da rodoviária principalmente a parte da noite. não tem GM e por incrível que pareça o CIOSP fica junto a rodoviária e os malandros ainda vão lá cerrar quentinha.

  5. Avatar

    O correto não seria; as empresas aumentam os horários? A rodoviária não tem onibus.

Untitled Document