sexta-feira, 18 de setembro de 2020 - 21:13 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Rodrigo Drable afirma que vai recorrer contra fechamento do comércio

Rodrigo Drable afirma que vai recorrer contra fechamento do comércio

Matéria publicada em 14 de maio de 2020, 20:14 horas

 


Prefeito afirma que é contra ‘fechamento preventivo’ antes de vagas nos leitos da cidade serem ocupadas

Rodrigo afirma que Barra Mansa não pode ser prejudicada com ‘fechamento preventivo’ do comércio (Foto: Paulo Dimas)

Barra Mansa – O prefeito Rodrigo Drable disse, durante transmissão ao vivo feita pelas redes sociais nesta quinta (14), que aindaq não foi notificado da decisão judicial que manda fechar novamente o comércio da cidade, mas afirmou que vai recorrer, por não concordar com um fechamento antecipado, devido à possibilidade de doentes da Baixada Fluminense serem transferidos e ocuparem os leitos da cidade.

Rodrigo disse ainda que teve informações de que o Sicomércio de Barra Mansa já recorreu da decisão, e lembrou que cerca de 20 mil pessoas trabalham no comércio na cidade, que tem sua economia baseada nessa atividade: “Não são as grandes indústrias as maiores empregadoras em Barra Mansa, é o comércio”, declarou.

O prefeito acrescentou que, caso com a vinda de pacientes de outras regiões a cidade atinja o limite de leitos previsto no acordo, não vai se furtar a fechar o comércio, mas acrescentou que no momento a prefeitura tem cerca de 30 ventiladores mecânicos parados.

STF

O prefeito lembrou ainda que uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que cabe a prefeitos e governadores tomarem as medidas de combate á Covid-19 no âmbito dos estados e municípios:

– O prefeito de Barra Mansa sou eu. Eu fui eleito para isso e o que vimos fazendo, até agora, está dando certo. Lamento que a justiça local tenha se sobreposto a uma decisão do STF – disse.

O prefeito lamentou ainda que a mesma justiça que manda fechar novamente o comércio, por causa de uma potencial falta de leitos, tenha se recusado a preservar as vagas que a cidade gerou para seus cidadãos.

‘Enfermaria da Baixada’

Rodrigo Drable afirmou ainda que seria desumano recusar vagas de trtamento intensivo a pessoas que, se não tiverem acesso a isso, vão morrer. Mas acrescentou que não concorda com a cessão de leitos de média complexidade para pacientes de fora da cidade: “Não podemos ser a enfermaria da baixada”, disse.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

19 comentários

  1. Avatar

    Caramba, é só não cumprir a decisão da justiça, ele está amparado pelo STF, simples assim.

  2. Avatar

    Inadmissível o descaso que o ser humano é tratado pelos poderes da republiqueta de bananas.
    O que a justiça tem haver com o oroblema de saúde. Aqui tudo é judicializado mas o que o judiciário deveria resolver não o faz, além das decisões judiciais serem dignas de piada nesse momento trágico.
    Primeiro.STF decide que quem trata do funcionamento dos comércios e conduz a política de saude da covid 19 são Estados e Municípios, ai vem juizes “autonomos” aliados a promotores e decide fechar comércio das cidades abertos pelos prefeitos. Afinal o Judiciário é o câncer no BRASIL.

  3. Avatar

    Situação triste, deprimente!
    Nos que trabalhamos em empresas privadas estamos ficando sem empregos ! Agora por causa de outros municípios que não tem leitos temos que prata de trabalhar! Cadê os Políticos que ao invés de investir as verbas na saúde , etc, as roubaram , e pior , mais terrível , os fdp continuam roubando as verbas nesta maldita pandemia! Para fazer este canalhas refletirem antes de roubar , pena de morte para os desvios de verbas públicas urgente ! Ou mudamos agora ou seremos escravisados por estes canalhas para sempre , pq não sabemos votar , eu não voto a 15 anos ! Fita canalhas fdp!

  4. Avatar

    Boa Digão W! Manda a juíza pagar o aluguel da minha portinha e minha funcionária!

    NÃO VOU FECHAR! Que a juíza venha soldar a minha porta!

    Aliás, bela camisa na live de ontem! Casa estilo “pano de mesa da Champangnola”!

    Enfim… Comércio segue funcionando…

    Passou mal na baixada, pode mandar q o Digão trata com cloroquina, azitromicina e anticoagulante e devolve com vida!

    Aqui é Barra Mansa!

  5. Avatar

    Vamos “salvar vidas”! Quem precisa de emprego?#Eusoumuitoburro

  6. Avatar
    Se liga povo de BM

    Sejam responsáveis pelas mortes do covid. Bando de IGNORANTES.
    Prefeitinho tenho dó de vc.

  7. Avatar

    O MP e essa juíza poderiam se preocupar com a denuncia do Deputado Felipe Poubel sobre o Hospital de Campanha em Casemiro de Abreu que custou 60 milhões e não tem um equipamento ou pessoas trabalhando lá fruto de roubo de dinheiro público. E aí Witzel Quando vc será preso? E aí MP vai ficar por isso mesmo? Deixe as pessoas de bem viver e vão atrás dos bandidos que é para isso que vcs são pagos…

  8. Avatar

    É isso aí prefeito quem manda aqui em Barra mansa não o ditador Witzel….

  9. Avatar

    Concordo.
    Não podemos atender moradores de fora e deixar nosso povo morrer.

    Porque não tomaram providências no Rio.
    Cadê o Governador autoritário???

    Isso é politicagem.
    Vamos divulgar o nome do (a) juiz (a) que concordou com esse absurdo.

    Trabalho a 47 anos (até hoje) para dar o conforto de um plano de saúde a minha família e vem um qualquer e quer nos tirar isso….

  10. Avatar

    Gostaria de saber se a senhora tua mãe fosse da baixada e ela precisando de um leito o prefeito iria ser contra a liberação dos leitos para salvar vidas.

    • Avatar

      Manda o governador fazer o seu trabalho de ofício, que seria fazer hospital de campanha p resolver o problema dos municípios da Baixada ao invés de “fuder” com outros municípios que foram eficientes em suas políticas contra o COVID

    • Avatar

      A JUSTIÇA deveria obrigar o governador a montar hospitais de campanha na Baixada, ests sendo arbitrária e negligente ao autorizar que pacientes venham para nossa região, ferrando municípios que fizeram um trabalho sério e eficiente….

    • Avatar

      JMC, eu queria ver se fosse a senhora sua mãe, moradora de BM desde sempre, que precisasse de uma internação. Mas que não conseguiria essa internação porque os leitos de BM estariam ocupados por moradores da Baixada.

      Antes de criticar, ponha-se no lugar do cara. Criticar por criticar é simples e é o que todo ignorante faz.

    • Avatar

      Para que foi aquele desespero todo em live’s um tempo atrás quando não se tinha morte e quase nenhum caso e agora esta outra postura quando o cenário é realmente muito pior e preocupante? Resumindo, maioria dos políticos fecharam na hora errada e quererem abrir na hora errada. Faltou/falta uma única liderança (mas ela tem de vir de uma pessoa equilibrada).

    • Avatar

      JMC Leia a entrevista na íntegra, FAÇA A INTERPRETAÇÃO CORRETA e depois comente. O que ele disse é que casos graves, com risco de morte as vagas serão disponibilizadas, porém cada município deve se responsabilizar pelos casos que não necessitam de cuidados intensivos e aumentar suas medidas preventivas par mitigar os impactos da doença. Concordo com o prefeito!!!! Quem deve estar atento às condições hospitalares dos outros municípios, , são os seus próprios prefeitos, e o envio de verbas para aumentar os leitos de hospitais em todos os municípios é de responsabilidade do Governo do Estado e o Governo Federal. enquanto continuarem com essa questão de transferir pacientes para municípios com mais estrutura a comodidade permanecerá… e a farra esta feita : compras sem licitação de respiradores estragados, empresas fantasmas e laranjas participando, valores superfaturados, hospitais de campanha só de enfeite!!!!
      Acordeeee…. nâo se trata de ser desumano, mas até nesse momento decisões e na maioria das vezes muito difíceis precisam ser tomadas.
      Te devolvo a pergunta : Deus permita que não, mas se fosse a sua mãe ou alguém da sua família que precisasse de um leito aqui em Barra Mansa e não conseguisse, pq outros municípios não se precaveram e nem cuidaram dos seus próprios doentes???? Como você reagiria????
      O que vejo no momento é que tem muita gente para atacar e pouquíssimas pessoas com coerência e dispostos a colaborar.

Untitled Document