terça-feira, 22 de outubro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / Rússia nega acusações de que ataques aéreos não visaram ao Estado Islâmico

Rússia nega acusações de que ataques aéreos não visaram ao Estado Islâmico

Matéria publicada em 1 de outubro de 2015, 08:33 horas

 


Moscou – O ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Sergei Lavrov, classificou hoje (1º) de “infundadas” as acusações de que os ataques aéreos na Síria não tenham visado alvos do grupo Estado Islâmico e que tenham atingido civis. As informações são da Agência Brasil.

– Os rumores de que os alvos desses ataques aéreos não são as posições do Estado Islâmico são infundados – disse Sergei Lavrov aos jornalistas, após uma reunião com o ministro norte-americano, John Kerry, em Nova York, acrescentando que “não tinha dados” sobre mortes de civis.

A Força Aérea russa fez nessa quarta-feira (30) o primeiro bombardeio na Síria, a pedido do presidente Bashar Al Assad. A intervenção militar suscitou dúvidas em muitos países ocidentais sobre os alvos visados: os elementos do grupo extremista Estado Islâmico ou os rebeldes.

Khaled Khoja, líder da oposição síria no exílio, afirmou que 36 civis morreram no ataque russo em Homs e acusou a Rússia de agir para manter Al Assad no poder e não para atingir o Estado Islâmico.

O secretário da Defesa norte-americano, Ashton Carter, também disse hoje que a intervenção da Rússia na Síria está “condenada ao fracasso”.

Os Estados Unidos lideram a coligação internacional que combate o grupo extremista Estado Islâmico.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document