sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Eleições 2018 / Saiba quem são os candidatos a presidente nas eleições 2018

Saiba quem são os candidatos a presidente nas eleições 2018

Matéria publicada em 5 de agosto de 2018, 18:13 horas

 


Brasília – Neste ano eleitor poderá escolher entre 14 presidenciáveis; nesta segunda (06) termina o prazo para partidos fecharem as chapas. Com a convenção do PPL, que lançou, neste domingo (5), João Goulart Filho como candidato à Presidência da República, 14 candidatos foram escolhidos pelas legendas para concorrer ao cargo de presidente da República. Segundo a legislação eleitoral, as chapas completas com os candidatos, vices, alianças ou coligações têm de ser oficializadas até esta segunda-feira (6).

Conheça os candidatos a presidente:

Álvaro Dias (Podemos)

(Foto: Divulgação)

O senador Álvaro Dias foi escolhido pelos convencionais do Podemos para ser candidato à Presidência da República. A candidatura do parlamentar pelo Paraná foi oficializada em Curitiba, durante convenção nacional do partido. Na primeira fala como candidato, Álvaro Dias anunciou que, se eleito, vai convidar o juiz federal Sérgio Moro para ser ministro da Justiça, e repetiu a promessa de “refundar a República”.
Ele vai compor a chapa com o ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, cujo partido, o PSC, havia decidido lançar candidatura própria à Presidência, mas desistiu em favor de uma aliança com o Podemos. Além do PSC, fazem parte da coligação até agora os partidos PTC e PRP.

Cabo Daciolo (Patriota)

(Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados)

A convenção nacional do Patriota oficializou a candidatura do deputado federal Benevenuto Daciolo Fonseca dos Santos, o Cabo Daciolo. O evento ocorreu no município de Barrinha, no interior de São Paulo. O candidato foi escolhido por unanimidade. A candidata a vice é Suelene Balduino Nascimento, do mesmo partido. Ela é pedagoga com 23 anos de experiência e atua na rede pública de ensino do Distrito Federal.
Daciolo defende mais investimentos em educação e segurança por considerar áreas essenciais para o crescimento do país. Em discurso durante a convenção, Daciolo se posicionou contrário à legalização do aborto e à ideologia de gênero.

Ciro Gomes (PDT)

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O PDT confirmou no dia 20 de julho a candidatura de Ciro Gomes à Presidência da República, na convenção nacional que reuniu filiados do partido.
Esta é a terceira vez que Ciro Gomes será candidato à Presidência da República: em 1998 e 2002, ele concorreu pelo PPS. Natural de Pindamonhangaba (SP), construiu sua carreira política no Ceará, onde foi prefeito de Fortaleza, eleito em 1988, e governador do estado, eleito em 1990. Renunciou ao cargo de governador, em 1994, para assumir o Ministério da Fazenda, no governo Itamar Franco (1992-1994), por indicação do PSDB, seu partido na época. Ciro Gomes foi ministro da Integração Nacional de 2003 a 2006, no governo do ex-presidente Lula. Tem 60 anos e quatro filhos.

– Geraldo Alckmin (PSDB)

Foto: Alexandre Carvalho/A2img

Em convenção nacional realizada na capital federal, o PSDB confirmou, nesse sábado (4), a candidatura do presidente do partido e ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, à Presidência da República nas eleições de outubro. Dos 290 votantes, 288 aprovaram a candidatura de Alckmin. Houve um voto contra e uma abstenção. A senadora Ana Amélia (PP-RS) é a vice na chapa.
No primeiro discurso como candidato, Alckmin disse que quer ser presidente para unir o país e recuperar a “dignidade roubada” dos brasileiros. Ele defendeu a reforma política, a diminuição do tamanho do Estado e a simplificação tributária para destravar a economia.

 

– Guilherme Boulos (PSOL)

(Foto: Reprodução Facebook)

O coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores SemTeto (MTST), Guilherme Boulos, foi lançado no dia 21 de julho como candidato à Presidência da República pelo PSOL, na convenção nacional em São Paulo. Também foi homologado o nome de Sônia Guajajara, representante do povo indígena, para vice-presidente.
Boulos destacou que irá defender temas que pertencem aos princípios do partido, como o direito ao aborto e à desmilitarização da polícia.

 

– Henrique Meirelles (MDB)

(Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

O MDB confirmou, no dia 2 de agosto, o nome de Henrique Meirelles, ex-ministro da Fazenda, como candidato à Presidência da República. O partido informou que Germano Rigotto, ex-governador do Rio Grande do Sul, será o vice na chapa.
Henrique Meirelles destacou como prioridades investimentos em infraestrutura, para diminuir as distâncias no país, além de saúde e segurança pública. O presidenciável também prometeu reforçar o Bolsa Família. Para gerar empregos, Meirelles disse que pretende resgatar a política econômica, atrair investimentos e fazer as reformas para que o país cresça 4% ao ano.

 

– Jair Bolsonaro (PSL)

(Foto:Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), 63 anos, foi confirmado, no dia 22 de julho, como o candidato à Presidência da República nas eleições deste ano pelo PSL. O vice é o general Hamilton Mourão, do PRTB.
Na convenção, Bolsonaro adiantou que, se eleito, quer excluir o ministério das Cidades e fundir pastas como Fazenda e Planejamento, assim como Agricultura e Meio Ambiente. O candidato prometeu ainda privatizar estatais.

 

– João Amoêdo (Partido Novo)

(Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

João Dionisio Amoêdo foi oficializado candidato à Presidência da República pelo Partido Novo durante convenção na capital paulista, no dia 4 de agosto. O cientista político Christian Lohbauer foi escolhido como candidato à vice-presidente. Entre as principais propostas de Amoêdo estão equilibrar as contas públicas, acabar com privilégios de determinadas categorias profissionais, melhorar a educação básica e atuar fortemente na segurança. O presidenciável também é favorável à revisão do Estatuto do Desarmamento.
João Amoêdo disse que quer levar renovação à política e mudar o Brasil. O presidenciável defendeu a privatização de empresas estatais.

 

– João Goulart Filho (PPL)

(Foto:Foto: ABr)

O PPL lançou, no dia 5 de agosto, João Goulart Filho como candidato à Presidência da República. Ele é filho do ex-presidente João Goulart, o Jango, que teve mandato presidencial, de 1961 a 1964, interrompido pela ditadura militar. É a primeira vez que João Goulart Filho concorre ao cargo.
O candidato a vice é Léo Alves, professor da Universidade Católica de Brasília. Algumas propostas do candidato são a redução drástica dos juros da dívida pública para dar condições ao Estado de investir no desenvolvimento social, o resgate da soberania, o controle das remessas de lucros das empresas estrangeiras e a revisão do conceito de segurança nacional.

 

– José Maria Eymael (DC)

(Foto: Reprodução Facebook)

O partido Democracia Cristã (DC) confirmou, no dia 28 de julho, durante convenção na capital paulista, a candidatura de José Maria Eymael à Presidência da República, nas eleições de outubro, e do pastor da Assembleia de Deus Helvio Costa como vice-presidente.
Na área econômica, as diretrizes gerais de governo do DC incluem política macroeconômica orientada para diminuição do custo do crédito ao setor produtivo, apoio e incentivo ao turismo e a valorização do agronegócio com ações de governo específicas, que ainda não foram divulgadas, e apoio aos pequenos e médios produtores rurais.

 

– Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

((Foto: ABr)

A convenção nacional do PT escolheu, por aclamação, no dia 4 de agosto, o nome de Luiz Inácio Lula da Silva para ser o candidato à Presidência da República. O encontro também homologou o apoio do PCO e do PROS à candidatura do PT.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preso em Curitiba, desde 7 de abril, após ter sido condenado em segunda instância no caso do triplex de Guarujá. O ator Sérgio Mamberti leu, na convenção, uma carta escrita por Lula, onde ele afirmou que “querem fazer uma eleição presidencial de cartas marcadas, excluindo o nome que está à frente na preferência popular em todas as pesquisas”.

 

– Manuela D’ Ávila (PCdoB)

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A deputada estadual Manuela D’Ávila foi confirmada pelo PCdoB, no dia 1º de agosto, como candidata do partido à Presidência da República.
Depois de ter a candidatura lançada com apoio unânime dos delegados do partido, Manuela D’Ávila apresentou bandeiras como a da reforma da segurança pública, a justiça tributária, o combate às grandes corporações e a revogação da reforma trabalhista e da emenda constitucional que estabeleceu um teto para os gastos públicos por 20 anos. Ela criticou o “desemprego recorde”, a queda da massa salarial e a evasão de jovens de universidades e escolas técnicas.

 

– Marina Silva (Rede)

(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

A primeira convenção nacional da Rede Sustentabilidade confirmou, por aclamação, no dia 4 de agosto, o nome Marina Silva como candidata da sigla à Presidência da República. O candidato à vice na chapa, o médico sanitarista, Eduardo Jorge, do Partido Verde (PV), também foi apresentado oficialmente no encontro.
A presidenciável prometeu uma campanha limpa, sem notícias falsas e sem destruir biografias. Se comprometeu com as reformas da Previdência, tributária e política, que acabe com a reeleição e incentive candidaturas independentes. Se eleita, Marina também disse que pretende fazer uma revisão dos “pontos draconianos” da reforma trabalhista que, segundo ela, seriam feitas a partir de um diálogo com o Congresso.

 

– Vera Lúcia (PSTU)

(Foto: Reprodução Facebook)

Em convenção nacional, o PSTU oficializou, no dia 20 de julho, a candidatura de Vera Lúcia à Presidência da República e de Hertz Dias como vice na chapa. A escolha foi feita por aclamação pelos filiados ao partido presentes na quadra do Sindicato dos Metroviários de São Paulo, na zona leste da capital paulista.
De acordo com Vera Lúcia, o plano de governo prevê reforma agrária, redução da jornada de trabalho sem redução de salário e um plano de obras públicas para atender as necessidades da classe trabalhadora.
O PSTU decidiu que não fará nenhuma coligação para a disputa presidencial, nem alianças nas eleições estaduais.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

40 comentários

  1. POLITICO NAO TIME DE FUTEBOL! PARA DE TORCER POR NOMES OU MARCAS POLITICAS!

    O PAIS ESTA CLARAMENTE DIVIDO.INDEPENDENTE DE QUE GANHE: LULA OU BOLSONARO

    CORREMOS O RISCO DE UM NOVO Impeachment E A AUSENCIA DE UMA GOVERNABILIDADE.

    TEMOS QUE TER UM CANDIDATO DE COALIZAÇÃO NACIONAL.

    POR HORA ESTOU VOTANDO NO CIRO GOMES QUE ME PARECE O MENOS PIOR DENTRO DO ATUAL QUADRO DE DIVISÃO DO PAIS E ACIRRAMENTO POLITICO.

    • Estou analisando a lista, porém, uma certeza eu tenho: não voto e nunca votarei no Bolsonaro. Uma pessoa que que insinua, com gestos, uma criancinha de três anos, como usar uma arma de fogo, é um demônimo e, portanto, não pode conduzir um País.

  2. Quem são os vices ?

    Temos que saber quem são os vices, pois Sarney, Itamar e Temer eram vices…
    Olho vivo…

  3. Nossa , não consigo ver uma luz no fim do túnel…
    Parlamentarismo, está aí…
    Monarquia…
    Qualquer coisa…

  4. Esperamos primeiramente o debate dos candidatos pela suas posturas diante as câmaras de televisão e diante dos telespectadores..E que DEUS NOS ACUDA

  5. Lula só na cadeia ou no mar. Implodiu o PT e agora se faz de vítima. Sorrindo.

  6. Um alerta a todos : PRESIDIARIO não pode concorrer, parem de se iludir . . imaginem se o Beira Mar descobre isso, vai querer também . . .

    • Seu nick tem tudo a ver com seu comentário e certamente com sua capacidade intelectual… Tiririca… Tudo a ver!

    • KKKKKKKKK, eleitor petista, vocês me matam de rir . . agora “nick” é que decide se sei o que escrevo ou falo, kkk
      tem uns que usam o nick de LULA e fizeram o que fizeram com o país tendo só o 1º grau . . . . vcs me matam de rir . . continuem mesmo defendendo . . depois vão falar que a culpa é dos outros, conforme fizeram com a chapa Dilma/Temer . . .

    • Tiririca, você é um perfeito idiota! A chapa Dilma/Temer deu errado porque houve uma traição por parte do conde drácula. Então se você é casado e sua mulher planta uma árvore na sua cabeça a culpa é sua? Outra coisa, julgue Lula pela sua capacidade de gestão e não pelo seu grau de instrução, pois Fernando Hentique era um camarada com doutorado e afundou o pais que somente o Lula conseguiu levantar.

  7. Eu só quero ver o que os coxinhas e os bolsominios vão fazer qundo o LULA ganhar… kkkkkk Chora na cama porque é lugar quente neném! kkkkkkkk 2018 é LULA!!!

    • Jonathan da Padaria

      Também acho, 2018 é Lula!

    • verdade, e coloca junto com ele o fernandinho beira mar, os irmãos cravinho, o 157, enfim, a bandidagem toda solta de novo, Brasil é o país do futuro mesmo, futuro dos ladrões . . que só eles tem vez aqui mesmo.

    • Tiririca (ou quem sabe titica?) O Lula é considerado preso político no resto do mundo, só aqui no Brasil analfabetos políticos como você cairam no golpe! Acorda cara, você tá defendendo interesses que não são seus! Até quando vai repetir o que você “ouviu em algum lugar” sem ao menos questionar?

  8. Kátia Abreu admitiu numa rádio de Tocantins, que foi a última opção de Ciro. Despencou eleitoralmente desde o Golpe no impeachment que ela deu, junto com Renan Calheiros e Ricardo Lewandowski!

  9. BOLSONARO PRA LIMPAR O LIXO !!!!

  10. Lula 13 isso ai

  11. LULA E LULA PORQUE É LULA Ó MAIS INTELIGENTE E MELHOR ENTÃO É LULAAAAAAAAAAA MESMO SEM TER ESTUDADO E O MELHOR PRESIDENTE QUE Ó BRASIL JÁ NOS ÚLTIMOS ANOS ESTÁ Ê MINHA OPINIÃO BOA SORTE LULA

    • Puts, escrevendo como você escreve só pode ser Lula mesmo! Boa sorte coleguinha, que voltem os pães com mortadela…

    • é esse o tipo de aprendizado que o Lula e o PT passou para a nação . . olha o texto, misericórdia dessa nação . .

  12. Como uma pessoa líder do MSTST pode ser candidato a presidente, movimentos que não respeitam a propriedade privada e ainda cobrava taxas de aluguel para o que não era seu o bom que não vai ter nem 1% de votos. Quem pretende votar no Ciro, ele é cria política do PSDB e depois caminhou em outros partidos e sempre caminhando para o partido da situação.

  13. Só uma correção. CONDENADO PELA JUSTIÇA EM SEGUNDA INSTÂNCIA SE ENQUADRA NA LEI DA FICHA LIMPA E NÃO PODE SER CANDIDATO!! A lei da ficha limpa foi aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo ex presidente Lula durante o seu governo.

  14. CEM Reais para votar, SEM candidatos éticos depois

    O jeito será esperar as pesquisas para escolher um dos últimos lugares, exceto os esquerdistas. E mesmo assim dependendo de quem está na frente. Já pensou o Ciro Gomes pula para frente? Vai acolher todos os esquerdistas, inclusive o Luladrão.

    E não esquça:
    Se VOTAR NULO/BRANCO não vota contra. Assim está apoiando os bandidos desde já.

    Se PAGAR A MULTA eleitoral o seu dinheiro vai para as campanhas dos candidatos, muitos deles bandidos dos ELEITORES DE BANDIDOS do PMDB, inclusive dos evangélicos.

    Se algum candidato aparecer ABRAÇADO com padres, bispos, pastores e religiosos É PARA COLOCAR NA LISTA NEGRA.

    Se algum candidato receber apoio dos empresários É PARA COLOCAR NA LISTA NEGRA. Todos viram o que deu o Pezão que recebeu apoio dos empresários em 2014.

    • OU SEJA, MELHOR VOTAR NO LULA LOGO DE CARA E GARANTIR UM BRASIL MELHOR!!!

    • CEM Reais para votar, SEM instrução de qualidade depois

      Copiar os outros é crime, tá! Compreendemos que petistas não respeitam as leis.

      O lula é melhor só para os analfabetos funcionais e analfabetos políticos. Esses não conseguem ler além de 140 caracteres. Só se instruem por voz, a voz do lula, ou pelo berrante.

      Eu duvido que um petista seja capaz de reescrever (ou colar como queira) a penúltima frase do texto original.

    • Você se acha muito inteligente, mas só escreveu asneiras… Típico de eleitor classe média pseudo intelectual mas que não tem nenhuma formação, que dirá política…

    • kkkkkkkkkkkkk além de tudo é burro! Se o cidadão acima copiou algo foi um apelido, e onde isso está enquadrado como crime??? Vai estudar animal! Direitistas são ignorantes que acham que sabem alguma coisa, mas dizem que leram um livro lendo apenas a contra capa…

    • CEM Reais para votar, SEM escolas de qualidade depois

      Ainda não identificaram o penúltimo parágrafo? rsrsr

  15. Kkkkkkk tinha tanta coisa pra fala do Bolsonaro não falaram nada e ainda escreverão pouquíssimo sobre ele ?!?!?!! Kkkkk

  16. Não a privatização, sim a concorrência e a economia mista.

    Sou contra privatizar, sou a favor de sanear…

    Gastaram uma fortuna para construir a CSN, privatizaram a preço de banana …

    Pra quê?

    Para pagar um salário mínimo para os empregados…

    Antes , os empregados ganhavam bem e isso tem um efeito dominó, pois o comercio era aquecido pelo poder de compra, aí indiretamente outros setores eram beneficiados…

    E é isso que acontece…

    Deviam ter corrigido falhas da empresa, não é para ter marajás, mas também não é para explorar…

    Políticos adoram privatizar, para embolsar o dinheiro…

    Falam em privatizar Petrobrás, mas se privatizar não adianta greve de caminhoneiros, pois sendo empresa privada , o governo não intervirá.

    Petrobrás já é uma economia mista, mas o governo , ainda detém a maioria das ações.

    Ainda, pois tudo está sendo feito para privatizar…

    O que vão fazer com esses dinheiro?

    Anos 80, 90 foi investido muito na Petrobrás, na época era até motivo de chacota.

    Mas agora que a vaca está dando leite, ou seja lucro, querem privatizar…

    Não há lógica…

    • Realmente quando Lula entregou a Petrobrás para os companheiros, fazendo uma péssima privatização, a empresa caiu 400 posições no ranking internacional das maiores empresas mundiais, fora que quase foi destruída por tanta corrupção!
      Como diria o ex-Senador Mão Santa: “A gente faz apenas uma vez na vida: nascer, morrer e votar no PT!”…

  17. Lula presidente!!!!!!!!

  18. Lula sou Lula 13

Untitled Document