sábado, 17 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Samba enredo da Mangueira composto por voltarredondenses homenageia Marielle

Samba enredo da Mangueira composto por voltarredondenses homenageia Marielle

Matéria publicada em 15 de outubro de 2018, 11:55 horas

 


Compositores do samba enredo campeão (Foto: Rede social)

Volta Redonda – O concurso para escolher o samba enredo da G.R.E.S. Estação Primeira de Mangueira de 2019 aconteceu no sábado, 13, na quadra da escola. Os compositores do samba vencedor são de Volta Redonda. Márcio Antônio Salviano, Silvio Mama e Ronie Oliveira já participaram do concurso antes e chegaram a ser finalistas, mas é a primeira vez que um samba composto por eles vai tocar na avenida. A letra faz homenagem à Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro assassinada a tiros no dia 14 de março no Rio, junto com o motorista Anderson Gomes.

Além dos compositores voltarredondenses, os cariocas Deivid Domênico, Tomaz Miranda e Danilo Firminio também participaram da composição do samba.  No caso de Márcio Antônio Salviano, o Márcio Bola, é o quarto ano consecutivo que participa do concurso.

– É o sonho de qualquer compositor de samba enredo ter seu samba cantado na Marquês de Sapucaí. A disputa na Mangueira, no meu caso, não é só oportunidade. Conseguimos chegar à final mais uma vez e desta vez vencemos – diz Márcio.

Os vencedores contam que vão desfilar com a escola na Marquês de Sapucaí na ala dos compositores, mas quem canta o samba é o interprete oficial da Mangueira.  Segundo eles o próximo passo é a gravação do clipe para vinheta da Rede Globo e CD com os sambas de todas as escolas.

– Antes do anúncio do samba campeão é aquela ansiedade, agora é só felicidade.

O concurso contou com 16 sambas, todos com o mesmo título, que foram eliminados, um a um, sempre aos sábados, desde o dia 1º de setembro. Cada segmento da escola vota nos melhores sambas. Foram escolhidos 3 finalistas, e a votação ocorreu no sábado, explicou ele.

Para este ano a escola de samba tradicional do Rio de Janeiro escolheu como tema “História para ninar gente grande”, do carnavalesco Leandro Vieira para contar o lado não oficial de personagens e da história do Brasil.

– Conseguimos criar uma composição que vai além de contar os fatos históricos. Inserimos personagens como Marielle Franco e outras mulheres históricas importantes para o país. O samba conta a história que a história não conta. – conta.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Quando irão homenagear o motorista também morto ?

  2. Juntou tudo de ruim, o povo de volta redonda com marielle.

  3. parabéns PRIMO. eucaliptal na área

Untitled Document