domingo, 23 de fevereiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Samuca Silva defende convênio que permitirá obras em Volta Redonda

Samuca Silva defende convênio que permitirá obras em Volta Redonda

Matéria publicada em 30 de agosto de 2019, 23:09 horas

 


Dinheiro permitirá intervenção na infraestrutura da cidade e melhorará vida dos moradores, diz prefeito

Volta Redonda – Em um vídeo postado nas redes sociais da prefeitura, o prefeito Samuca Silva fez um pronunciamento oficial sobre a mensagem que enviou à Câmara Municipal, pedindo autorização para assinar convênio que permitirá que a cidade receba crédito de R$ 80 milhões para realizar diversas obras. Resumidamente, ele afirmou que o esforço feito por sua administração para pagar precatórios e dívidas antigas reduziu a capacidade de investimento da prefeitura. Segundo ele, o governo municipal paga R$ 35 milhões por ano de precatórios e em 2019, pagou R$ 75 milhões como cumprimento de renegociações.
Ainda de acordo com Samuca, foi esse esforço que tirou o município de “listas negras” e permitiu que a prefeitura recuperasse seu crédito. O prefeito afirmou que, graças a essa recuperação, foi possível o convênio através do qual a Caixa repassará R$ 80 milhões de verbas dos governos federal e estadual. A prefeitura usará esse dinheiro em diversas obras de infraestrutura, já definidas na negociação com a Caixa e terá 20 anos para pagar, com prestações mensais que não pesarão nas contas da prefeitura.
A mensagem enviada à Câmara Municipal pede autorização para firmar convênio com a Caixa e aceitar o empréstimo. É a última etapa que precisa ser cumprida para a prefeitura receber o dinheiro.

Oposição se declara contra a iniciativa por razões políticas

Os vereadores de Volta Redonda Carlinhos Santana e Paulinho do Raio-X declararam, em falas durante a sessão itinerante da Câmara Municipal no bairro Santa Rita do Zarur, que votarão contra a assinatura do convênio que permitirá à Prefeitura de Volta Redonda receber R$ 80 milhões em verbas do governo federal, intermediadas pelo banco, para pagamento ao longo de 20 anos, começando a pagar dois anos após o recebimento do dinheiro.
Entre os motivos que eles apresentaram para a decisão, os dois parlamentares, que são de oposição ao prefeito Samuca Silva, destacaram que acreditam que, recebendo esse dinheiro, a prefeitura poderá realizar obras e serviços, e isso poderia influir no resultado da eleição para prefeito, no ano que vem.
Na mesma sessão, o plenário decidiu promover uma audiência pública para falar sobre o possível convênio. A data ainda não foi definida, mas dificilmente o evento influirá na tramitação da mensagem do prefeito sobre o assunto, já que a Câmara pediu informações á prefeitura sobre o assunto e aguarda as respostas para dar prosseguimento à tramitação.

Sessão itinerante

O assunto do convênio com a Caixa dominou a sessão itinerante promovida pela Câmara Municipal de Volta Redonda no bairro Santa Rita do Zarur. O evento, segundo os cálculos do presidente do Legislativo, Edson Quinto, foi o que recebeu mais público até o momento, e, apesar do assunto polêmico, teve diversos momentos de homenagens a moradores e profissionais que atuam no bairro.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

14 comentários

  1. Avatar

    Força samuca , estamos com voce.

  2. Avatar

    A maioria votou nele por esperar mudanças e melhorias, mas acredito que ele foi pior ainda que governos anteriores. Mesmo com esse papo de dívida ele gastou muito dinheiro com futilidades, asfaltou diversas vezes as mesmas ruas do centro, comprou hospital falido e colocou ônibus de graça apenas no centro.
    Nada fez para manter a manutenção dos hospitais que já tinha, nada fez para melhorar o transporte público para os trabalhadores e nada fez pela infraestrutura dos bairros não comerciais.
    Agora quer muito dinheiro para que? Fazer mais do mesmo e ainda levar algum quando deixar de ser prefeito. É o gestor que só trabalhou pelo comércio. Espero que termine logo a gestão.

  3. Avatar

    Funcionalismo nao terá aumento de salario futuro. Prefeito pede 80 milhões para Câmara aprovar e deixar dívidas futuras e depois vai dizer que o próximo prefeito não tem com dar aumento mas por culpa dos vereadores que irão aprovar essa dívida a longo prazo. O certo é não aprovar, vamos ver que são os sem vergonhas

  4. Avatar

    Razões políticas? não entendi, razões racionais, absurdo é a câmara dar um cheque em branco. O prefeito depois de dois anos e meio , resolver fazer alguma coisa, com orçamento de 1BILHAO. Comprou hospital sucateado, esta gastando 700 mil pra reformar zoológico. E a saúde da cidade defiando. Pena que os meios de comunicação não mostra tudo.

    • Avatar

      A última promessa de inaugurar o Hospital Santa Margarida era para dezembro de 2018. VAI VENDO ele trocou o nome do hospital e está recebendo castigo igual o antigo dono que trocou o nome da santa, mas teve de voltar atrás.

  5. Avatar

    Não da para entender. Fala tanto da administração anterior, e quer arrumar uma divida para 20 anos. Isto não é ser oposição ao prefeito ao ser contra mas ser coerente em votar contra esses dois vereadores.

  6. Avatar

    Se a cidade não tem dinheiro para que vai criar mais dívida? Tem que trazer empregos e gerar renda primeiro para depois pensar em infraestruturas pessoal de volta redonda precisa de emprego já quer os prefeitos anteriores abandonaram os jovens

  7. Avatar

    Prefeito,

    Até quando vai ficar fechando a Radial Leste (Aero Clube) aos domingos para rua de lazer e agora também para promover eventos que levam nossos jovens a se embebedarem e se drogarem?

  8. Avatar

    Está levando tiros nas redes sociais.

    Vai deixar mais dívidas para os volta-redondenses pagarem.

    Desde o início falei aqui que ele TRIPLICARIA a dívida da cidade até o fim do seu desgoverno. Está quase.

    VAI VENDO aí o que dá votar em candidatos que NÃOCONHECEM a Administração Pública e ENÃO ENTENDEM de Gestão Pública.
    Na PMVR tem dinheiro e o que falta é “gestor público”.

    Eu queria saber como se sente o eleitor dele.

    • Avatar

      Verdade, na campanha ele deixou isso bem claro. PMVR tem dinheiro o que falta é gestão. E todos acreditaram nisso, muitos votaram nele por falta de opção.

    • Avatar

      Eu não foi por falta de opção eu fui nessa por acreditar em renovação. Não conhecia o candidato acreditei nas campanhas que fizeram para ele .foi uma grande decepção para mim e para muitos que acreditaram na tal renovação.

    • Avatar

      acreditei nele pq ja estava de saco cheio de neto…mas antes tivesse anulado meu voto

    • Avatar

      Quem vota nulo ou se abstém (paga a multa) não vota contra. Assim ajuda quem está na frente nas pesquisas fajutas.

      Se acreditamos que QUASE tudo que vem da política é duvidoso, com as pesquisas eleitoras IMAGINAMOS que não é diferente. Bolsonaro não seria eleito com as pesquisas.

Untitled Document