quinta-feira, 27 de janeiro de 2022 - 12:02 h

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / “SENTIR: uma forma de ver” exposição retrata como é o mundo para quem não enxerga

“SENTIR: uma forma de ver” exposição retrata como é o mundo para quem não enxerga

Matéria publicada em 15 de dezembro de 2018, 12:36 horas

 


Volta Redonda – O Centro Cultural Fundação CSN inaugura a exposição “SENTIR: uma forma de ver”, que ficará em cartaz de 13 de dezembro até 16 de fevereiro de 2019. A exposição permite ao público experienciar a deficiência visual, através de uma imersão pela Galeria usando uma venda nos olhos, a escuridão é total, é como se todos ficassem cegos de repente. Em uma das mãos o visitante usará uma bengala para auxiliá-lo no percurso e a todo momento será provocado a sentir, utilizando o olfato, o paladar, o tato e a audição. No final do percurso, o visitante tocará com as mãos uma escultura até que a mesma seja identificada por ele. Após essa etapa, o visitante será convidado a fazer um registro escrito sobre as sensações e experiência vividas na exposição.

A Escola Municipal Especializada Doutor Hilton Rocha é parceira na exposição “SENTIR: uma forma de ver” na produção do material em braille que estará presente no folder da exposição. A Escola Especializada Doutor Hilton Rocha fica no bairro Voldac, e atende atualmente 57 alunos com deficiência visual. A exposição é gratuita.

Serviço:
A exposição “SENTIR: uma forma de ver” pode ser conferida até o dia 16 de fevereiro de 2019, no Centro Cultural Fundação CSN – Rua: Vinte e Um, 402 – Vila Santa Cecília, Volta Redonda. A visitação está aberta de segunda a sexta-feira das 9h às 12h30 e das 14h às 18h. Já sábados, apenas sob agendamento através do e-mail [email protected]


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document