;
sábado, 28 de novembro de 2020 - 14:13 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Site da Câmara de Barra do Piraí pode ter sido invadido por hackers que ‘mineram’ BitCoin

Site da Câmara de Barra do Piraí pode ter sido invadido por hackers que ‘mineram’ BitCoin

Matéria publicada em 7 de agosto de 2018, 15:46 horas

 


Barra do Piraí – O site da Câmara Municipal de Barra do Piraí estaria sendo usado por hackers especializados em ‘minerar’ BitCoin, a criptomoeda mais popular e mais famosa no mundo. As informações são  da própria Câmara. Os hackers agiam através de um código malicioso no script da página. Nesse caso, o código foi gerado e instalado no script do site da Câmara para possibilitar a “mineração”.

Segundo os administradores do site, a ação não causou nenhum prejuízo aos cofres da Câmara ou do município. No entanto, é possível que máquinas de usuários que acessaram o site recentemente tenham sido usadas inadvertidamente para produzir a criptomoeda a favor dos hackers.

“É difícil afirmar de onde vieram os ataques que instalou o código no site público, mas o código malicioso já foi retirado do site e as providências de segurança no servidor já foram tomadas para garantir a segurança dos computadores de quem acessa o site da entidade”, diz uma nota da Câmara Municipal.

Como funciona

Hackers de todo lugar do mundo estão a todo tempo em busca de servidores e sites nos quais consigam inserir seus códigos maliciosos para diversos fins. Após inserido o código, abre-se uma brecha no computador de quem acessa para a ter uma fração de seu processamento a favor do que busca, os hackers. No caso de barra do Piraí, para produção da criptomoeda.

Segundo informações da Câmara Municipal, todos os “logs” de segurança do servidor utilizado para a hospedagem do site já foram solicitados e enviados ao Ministério Público Estadual para perícia completa. Também foram enviados dados de todo o site e também de todo servidor para os peritos do MP, que investigam o caso.

Em análise interna dos dados, no último mês foram registrados ataques hacker à página da Câmara de diversos lugares do Brasil e do mundo. Santa Maria-RS, Uberlândia-MG, Petrolina-PE foram algumas das cidades que basearam ataques contra o site da Câmara. Outros ataques partiram do Equador, Egito, Índia, Tailândia, Argentina, Polônia e Irlanda.

A Câmara enviou nota ao Diário do Vale sobre o caso:

Diante da detecção de código malicioso constatada em nosso site, a Câmara Municipal de Barra do Piraí esclarece que:

1 – O código malicioso detectado no site não causou nenhum dano ou prejuízo aos cofres da Câmara ou do município de Barra do Piraí.

2 – Todas as providências de segurança em relação ao site, já foram tomadas assim que constatada a invasão, afim de garantir a segurança dos usuários de nosso site.

3 – A Câmara Municipal está a total disposição de qualquer um que queira maiores informações e oferece total colaboração para que tudo seja esclarecido, assim como foram adotadas as medidas necessárias para a apuração da responsabilidade do ocorrido.

A Câmara Municipal esclarece, ainda, que a responsável pela administração do site, juntamente com a Presidência e a Direção da Casa Legislativa, estão estudando melhorias extras e novos procedimentos na área de segurança tecnológica do site da Câmara do município de Barra do Piraí.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Não foi a Câmara que detectou, foi a promotora de justiça de Barra do Pirai, que inclusive realizou, junto com o GAP, busca e apreensão na própria Câmara e na empresa responsável pelo suporte TI. A medida foi deferida pela 2ª Vara da Comarca.

Untitled Document