quinta-feira, 17 de outubro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / Sob críticas, Maduro assume hoje o 3º mandato presidencial

Sob críticas, Maduro assume hoje o 3º mandato presidencial

Matéria publicada em 10 de janeiro de 2019, 07:55 horas

 


Venezuela – Sob críticas e suspeitas internacionais, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, toma posse nesta quinta-feira (10) do seu terceiro mandato que irá até 2025. Ele conta com o respaldo das Forças Armadas e da Suprema Corte. Porém, sofre resistência interna da Assembleia Nacional que é comandada pela oposição.

O Brasil, que integra o Grupo de Lima (formado por Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lucia e México), considera a reeleição de Maduro ilegítima.

Para o grupo, com exceção do México, o poder deveria ser transmitido para o Parlamento venezuelano que, por sua vez, promoveria novas eleições. O processo eleitoral que levou à reeleição de Maduro contou com quase 70% de abstenção.

A crise na Venezuela se agravou nos últimos anos, provocando uma forte imigração, fome e desemprego na região. Para o público interno, Maduro afirmou que apresentará um conjunto de ações econômicas para frear a hiperinflação que atinge o país.

– Vou apresentar o Plano da Pátria diante da Assembleia Nacional Constituinte para o próximo período de seis anos. Vou fazer uma avaliação e apresentar um conjunto de medidas – afirmou Maduro, acrescentando que sua meta é a estabilidade econômica para o período de 2019-2025.

Esta semana o Peru informou que proibirá a entrada do presidente da Venezuela e integrantes do governo, assim como suas famílias, no território peruano.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. Avatar

    E eu esperando os Bozos mudarem para os state já que la é tão bom.

  2. Avatar

    Ditador ordinário. O bolivarianismo deixou seu povo na miséria, sem direito a manifestação. Já foi um país rico, um dos maiores produtores de petróleo do mundo hj a inflação beira 1.000.000/ mês. Tragédia humanitária. O cidadão prefere morar nas ruas de Roraima a viver numa ditadura. A propósito, Gleisi, a histérica foi lá aplaudir o ditador.

  3. Avatar

    Não desvie os nossos problemas com o dos outros ,seu cego mental!!!!!!!!

  4. Avatar

    Mesmo com 70% de abstenção Maduro é reeleito. Isso serve de exemplo para os defensores dos votos nulos e das abstenções que acham que suas decisões ajudará a trocar os bandidos.

    Eu estou esperando os esquerdistas emigrarem para a Venezuela, já que eles acham lá uma democracia. Mas eles não vão; preferem ficar enchendo o s… da gente.

Untitled Document