quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Soldados da AMAN vão auxiliar na luta contra a dengue em Resende

Soldados da AMAN vão auxiliar na luta contra a dengue em Resende

Matéria publicada em 13 de dezembro de 2019, 11:01 horas

 


Membros do exército serão incorporados aos serviços de vistoria dos imóveis, eliminação de criadouros e orientação à população

Resende – A Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) vai disponibilizar cabos e soldados para a campanha contra a dengue, em Resende. Militares vão auxiliar a equipe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) no combate diário ao Aedes aegypti, para evitar a proliferação da doença e ameaças à saúde pública.

Os membros do exército serão incorporados aos serviços de vistoria de imóveis, eliminação de criadouros e orientação da população quanto às formas de prevenção. Os serviços seguirão ao longo de 2020, junto de profissionais do CCZ.

O secretário municipal de Saúde, Alexandre Vieira, disse que a prefeitura de Resende faz constantes parcerias com a AMAN em ações pontuais.

– É fundamental contar com todo apoio possível e a Academia Militar das Agulhas Negras. Dentro das possibilidades, é uma frente que está sempre disposta a contribuir com o município. Temos uma população de mais de 130 mil pessoas em Resende. O trabalho de combate é gradativo, mas precisa ser articulado e reforçado – explica o secretário, concluindo que a presença do Exército atribui ainda mais confiança e consistência diante da comunidade, que precisa abrir as portas para que o trabalho de combate à dengue seja feito.

Mutirão

O Comitê de Combate à Dengue está realizando um mutirão que passará por nove bairros até o dia 20 dese mês.

A parceria com a AMAN para o mutirão conta com auxílio de homens nas ruas e dois caminhões pesados para retirada de entulho nas residências.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document