STF anula eleição que escolheu novo presidente do Tribunal de Justiça do RJ - Diário do Vale
terça-feira, 21 de setembro de 2021 - 02:14 h

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / STF anula eleição que escolheu novo presidente do Tribunal de Justiça do RJ

STF anula eleição que escolheu novo presidente do Tribunal de Justiça do RJ

Matéria publicada em 14 de dezembro de 2016, 16:16 horas

 


Rio – O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (14) impedir o desembargador Luiz Zveiter de assumir a presidência do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) . Na sessão da tarde desta quarta-feira (14), a Corte considerou inconstitucional uma regra do tribunal que autorizava a reeleição para o cargo.

Com a decisão, a eleição, realizada na semana passada, deverá ser anulada e um novo pleito entre os integrantes do colegiado terá de ser feito. O mandato de Zveiter começaria em fevereiro de 2017.

O STF julgou um recurso protocolado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra a eleição de Zveiter. O desembargador foi eleito pelos membros do Conselho Especial do TJ-RJ na semana passada, mas já ocupou o cargo entre 2009 e 2010, prática vedada pela Lei Orgânica da Magistratura (Loman).

A eleição foi possível porque o tribunal aprovou uma norma interna autorizando a reeleição, desde que seja observado o intervalo de dois mandatos. De acordo com a Loman, os cargos de direção de tribunais devem ser ocupados por magistrados em mandatos de dois anos, sem a possibilidade de reeleição.

Por 7 votos a 3, o Supremo seguiu voto proferido pela relatora ministra Cármen Lúcia. Seguiram a relatora os ministros Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Teori Zavascki, Rosa Weber, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes. Luiz Fux, Dias Toffoli e Marco Aurélio votaram a favor da regra interna do Tribunal de Justiça.

Atualmente, o presidente do TJ-RJ é o desembargador Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document