domingo, 8 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Suspeito de integrar quadrilha de roubo e clonagem de veículos é preso em Barra Mansa

Suspeito de integrar quadrilha de roubo e clonagem de veículos é preso em Barra Mansa

Matéria publicada em 27 de março de 2019, 18:39 horas

 


Barra Mansa – Policiais Militares do 28º Batalhão (Volta Redonda) prenderam ontem Tiago Alves Neto, de 33 anos, que dirigia um carro dado como roubado no sistema da Polícia Civil. A prisão foi feita em Barra Mansa, no bairro Vila Coringa, após denúncias que chegaram ao comando do batalhão.

Os policiais se dirigiram até a Rua Mario Augusto Alves para checar a informação de que na garagem de uma casa estava escondido um Fiesta Preto, ano 2014, que havia sido roubado. No local indicado, os PMs não encontraram o suspeito ou o veículo.

No entanto, foi armada uma campana e algum tempo depois os policiais conseguiram abordar Tiago, quando ele chegava em casa. Ao constatarem que o carro era mesmo o roubado, os policiais levaram o suspeito na delegacia. Em consulta ao sistema, foi verificado que Tiago já tinha uma passagem pela polícia por roubo de carros, em Volta Redonda.

Além disso, a polícia aponta que Tiago é ainda suspeito de integrar uma quadrilha que rouba e clona carros na região. O mesmo grupo, ainda segundo a ocorrência policial, é responsável por aplicar o chamado “golpe do seguro”, vendendo depois o carro supostamente roubado para ferros-velhos.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. Avatar

    Mostra a cara do meliante

  2. Avatar

    Coincidência ou não? Nome do suspeito Tiago Alves Neto, nome da rua Mario Augusto Alves, por acaso seria Tiago Neto do Mario? Kkkkkkkkkkkkk interessante

    • Avatar

      É sim jumento, Alves é um sobremome raríssimo, com certeza só existe uma família Alves no mundo inteiro, asmo.

  3. Avatar

    VAI VENDO aí!

    O Temer suspeito de integrar quadrilha de desvios da eletrobrás foi solto e tem um monte de advogados malhando o juiz Bretas que o prendeu. Enquanto aqui outro integrante de quadrilha é preso.

    As leis não são iguais para todos?

Untitled Document