segunda-feira, 3 de agosto de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Suspeitos de agredirem casal gay prestam depoimento

Suspeitos de agredirem casal gay prestam depoimento

Matéria publicada em 11 de março de 2020, 08:50 horas

 


Volta Redonda – O delegado titular da 93ª DP (Volta Redonda), Wellington Vieira, disse nesta quarta-feira (11), que os dois homens suspeitos de agressão a um casal gay, vão responder pelos crimes de injúria e lesão corporal, em liberdade. Segundo o policial, as penas somadas totalizam cinco anos de detenção.

Um dos agressores já prestou depoimento na terça-feira (10). Já o outro será ouvido às 10h desta quarta-feira. As vítimas alegaram que estavam fumando em um estabelecimento comercial, na Vila Santa Cecília e que, por isso, foram agredidas fisicamente, além de xingamentos homofóbicos.

Segundo o delegado o suspeito que, já foi ouvido, confirmou a versão do casal gay, ou seja, que partiu para agressão porque estava incomodado com o cheiro da fumaça do cigarro que vinha da mesa das vítimas, que foram identificadas através de fotos e filmagens.

Após o depoimento do segundo suspeito, e de outras testemunhas, o inquérito será concluído e enviado ao Juizado Especial Criminal de Volta Redonda, responsável por julgar crimes considerados de pequeno potencial ofensivo.

– Não houve prisão em flagrante e não foi necessário pedir ao juiz a decretação da prisão preventiva dos suspeitos – disse o delegado.

O casal gay mora em Cabo Frio, Região dos Lagos, e estava na casa de uma amiga em Volta Redonda. O crime, na opinião do delegado,  teve conotação homofóbica.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

5 comentários

  1. Avatar
    Américo Prepúcio

    Os valentões homofóbicos, se bobear, são um casal enrustido também. Cidadãos de bem da turma do Mamo no Sigilo.

  2. Avatar

    Aff! Este caso já deu!!! Virem o disco!!! Os brucutus, e que brucutus, vão no JECRIM, aceitarão a transação penal, pagarão cestas básicas e só. Agora tá na hora da 93@ DP trabalhar nos casos que afetam a população em geral. Valei-me meu Pádim Pádi Ciço!!!

  3. Avatar

    Só uma pergunta:
    E o povo que frequentava o restaurante no momento e foi agredido pelo casal gay.
    Como fica?

  4. Avatar

    E o casal não será autuado por desrespeitar a Lei que proíbe fumar em restaurantes, já que eles mesmos admitiram que estavam fumando em uma das mesas?

    • Avatar

      O Brasil está caminhando para a intolerância regulamentada. Muitos tem a proteção da lei e não se pode falar nada que é assédio, preconceito, misogenia, etc… Não estava lá para emitir conceito deste caso em específico, porém tem horas que a melhor opção é sair do ambiente sem nada questionar, se for empregador fazem o que vemos muito, temor em contratar.

Untitled Document