Suspeitos de agredirem casal gay prestam depoimento

by Diário do Vale

Volta Redonda – O delegado titular da 93ª DP (Volta Redonda), Wellington Vieira, disse nesta quarta-feira (11), que os dois homens suspeitos de agressão a um casal gay, vão responder pelos crimes de injúria e lesão corporal, em liberdade. Segundo o policial, as penas somadas totalizam cinco anos de detenção.

Um dos agressores já prestou depoimento na terça-feira (10). Já o outro será ouvido às 10h desta quarta-feira. As vítimas alegaram que estavam fumando em um estabelecimento comercial, na Vila Santa Cecília e que, por isso, foram agredidas fisicamente, além de xingamentos homofóbicos.

Segundo o delegado o suspeito que, já foi ouvido, confirmou a versão do casal gay, ou seja, que partiu para agressão porque estava incomodado com o cheiro da fumaça do cigarro que vinha da mesa das vítimas, que foram identificadas através de fotos e filmagens.

Após o depoimento do segundo suspeito, e de outras testemunhas, o inquérito será concluído e enviado ao Juizado Especial Criminal de Volta Redonda, responsável por julgar crimes considerados de pequeno potencial ofensivo.

– Não houve prisão em flagrante e não foi necessário pedir ao juiz a decretação da prisão preventiva dos suspeitos – disse o delegado.

O casal gay mora em Cabo Frio, Região dos Lagos, e estava na casa de uma amiga em Volta Redonda. O crime, na opinião do delegado,  teve conotação homofóbica.

You may also like

5 comments

Américo Prepúcio 11 de março de 2020, 18:57h - 18:57

Os valentões homofóbicos, se bobear, são um casal enrustido também. Cidadãos de bem da turma do Mamo no Sigilo.

Butterfly de VR 11 de março de 2020, 15:48h - 15:48

Aff! Este caso já deu!!! Virem o disco!!! Os brucutus, e que brucutus, vão no JECRIM, aceitarão a transação penal, pagarão cestas básicas e só. Agora tá na hora da 93@ DP trabalhar nos casos que afetam a população em geral. Valei-me meu Pádim Pádi Ciço!!!

Contribuinte 11 de março de 2020, 15:44h - 15:44

Só uma pergunta:
E o povo que frequentava o restaurante no momento e foi agredido pelo casal gay.
Como fica?

Alexsander 11 de março de 2020, 15:02h - 15:02

E o casal não será autuado por desrespeitar a Lei que proíbe fumar em restaurantes, já que eles mesmos admitiram que estavam fumando em uma das mesas?

Leitor vr 11 de março de 2020, 18:59h - 18:59

O Brasil está caminhando para a intolerância regulamentada. Muitos tem a proteção da lei e não se pode falar nada que é assédio, preconceito, misogenia, etc… Não estava lá para emitir conceito deste caso em específico, porém tem horas que a melhor opção é sair do ambiente sem nada questionar, se for empregador fazem o que vemos muito, temor em contratar.

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996