sábado, 7 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Suspeitos de matar fazendeiro pretendiam assaltar joalheira

Suspeitos de matar fazendeiro pretendiam assaltar joalheira

Matéria publicada em 18 de fevereiro de 2019, 08:42 horas

 


Quatro pessoas que tinham intenção de assaltar uma joalheria foram levadas para a Delegacia de Resende (Foto: Divulgação)

Resende – O delegado titular da 89ª DP (Resende), Michel Floroschk, disse nesta segunda-feira, 18, que as quatro pessoas presas no sábado (16), tinham a intenção de assaltar uma joalheria em Resende. Eles foram detidos por suspeita de latrocínio (assalto seguido de morte). A vítima foi o fazendeiro Romualdo Gama de Oliveira, de 65 anos, dono da  Fazenda Aliança,  morto com dois tiros no peito. Um dos presos tinha acabado de sair da cadeia e foi identificado com um dos autores do latrocínio.

– O monitoramento feito pela polícia revelou uma verdadeira sociedade criminosa para a realização de roubos na região Sul Fluminense. As investigações revelaram que os suspeitos eram custeados pelo Comando Vermelho, por meio de chefes da facção que estão presos – disse o delgado Michael Floroschy.

De acordo com o delegado, a quadrilha detida dava suporte logístico para que os demais integrantes do bando realizassem roubos. Eles forneciam armas e esconderijos, além de mesadas. Além disso, explicou Floroschk, enquanto os roubos estavam sendo planejados, os  bandidos eram aproveitados em ataques ao Terceiro Comando Puro (facção criminosa rival), com o objetivo de expandir o território da quadrilha principalmente nos bairros Paraíso e Fazenda da Barra II. Durante escutas telefônicas, autorizadas pela Justiça, policiais descobriram que o bando conta com dez pistolas e dois fuzis.

– Os agentes descobriram que a quadrilha planejava assaltar uma grande joalheria em Resende. Para tanto, eles se reuniam num bairro, às margens da Via Dutra – disse o delegado.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

8 comentários

  1. Avatar

    É o que sempre digo, são os usuários de drogas financiando o crime organizado. Nao se trata apenas de tráfico de drogas, mas sim de todo tipo de empreitada criminosa, que vem do tráfico de drogas.

  2. Avatar

    Essas merdas tem que morrer, recuperação de que.Esses merdas tem que ir para o inferno.

  3. Avatar

    Infelizmente chegamos a um momento no país que se faz necessário a pena de morte neste país, só pagando com a vida as pessoas irão respeitar a vida! Essa cultura do estado em que bandido é recuperável e pode retornar a sociedade é falha. Inocentes e trabalhadores estão pagando com a vida, o que faz a vida do bandido não valer nada.

  4. Avatar

    ENTENDA SÓ,,,,O SAFADO ACABOU DE SAIR DA CADEIA ,,,SABENDO ENTÃO QUE, (NÃO HÁ PROBLEMA ALGUM) VOLTOU AO SETOR DE TRAMPO ,,,,,,,,,,TEM QUE TER PENA DE MORTE ,,,,SE UM TOMBAR,,,DUVIDO QUE OS OUTROS VÃO QUERER CONTINUAR ,,,,DUVIDOOO !!!!!!!!

  5. Avatar

    Parabéns ao Dr. Michel e sua equipe por está limpando a cidade de Resende desses bandidos.

  6. Avatar

    Essa investigação foi prejudicada por mais uma ação desastrosa e duvidosa da PM quando por vingança e incompetência fez uma abirdagem no mínimo duvidosa contra os policiais civis que estavam tentando prender um chefe di trafico da cidade do Rio.
    A PM de Resende ganhou mais um ponto com as organizações criminosas do Sul Fluminense a quem eles devem deferência em troca de cascalhos.
    PM de Resende é uma VERGONHA!

  7. Avatar

    Até quando vai acontecer ?????misericórdia ! Muito tristeza….

Untitled Document